Ao longo da nossa trajetória nesta vida vamos experimentando as oportunidades de acertarmos e de errarmos, experiências essas muito ricas no quesito amadurecimento emocional, afetivo e intelectual. Em algumas fases da nossa vida nos percebemos muito seguros do que somos e do que temos a oferecer, mas existem outros momentos que deixamos de acreditar em nossa capacidade e nos distraímos ao longo da jornada. Nesta conversa de hoje quero lhe encorajar e prosseguir e a avançar, afinal de contas, retroceder não é uma opção.

 

Nossas experiências de vitórias nos mostraram como acertar e o que podemos fazer para chegar onde desejamos. Existem aqueles que colecionam vitórias das mais variadas ao longo da vida e quando passam por alguma derrota não sabem se comportar. Os mais experientes aprenderam que ambas as situações fazem parte da vida e possuem seus encantos e ensinamentos. Feliz daquele que caiu e aprendeu a levantar, que assim o fará quantas vezes forem necessários.

 

Nossa determinação e ousadia nos faz avançar, permitindo com que cheguemos onde desejamos ou que possamos resistir a mais uma légua nessa estrada da vida. Mas quem nunca se sentiu cansado, sem energia e por vezes se sentiu perdido. Esse é um momento o qual devemos parar, rever nossos planos e olhar para dentro, muitas vezes temos dificuldade em nos ouvir e escutar o que nosso coração está dizendo. É aqui onde temos a possibilidade de fazer uma retrospectiva do que nos trouxe até aqui e quais foram nossos motivos que sempre nos fizeram avançar.

 

Reconhecer nossas habilidades, competências e virtudes é um exercício muito útil para não esmorecermos. Quando duvidamos do nosso potencial significa que algo não vai bem e se faz necessário uma pausa para ampliarmos nossa visão sobre as possibilidades, escolhas que precisamos tomar e situações que precisamos alterar. Também devemos entender que não somos mais as mesmas pessoas de 10 anos atrás e se comportar como tal seria uma tragédia anunciada.

 

Acredito em seu potencial, lembre de tudo o quanto já passou e de todas as fogueiras que pulou. Talvez você só precise de uma boa noite de sono e conversar com um profissionais mais experiente que você.

Atualmente não há comentários.