Cuidado com os relacionamentos em aplicativos – Vamos Falar da Gente

A vida está passando e com ela o forte desejo de encontrarmos alguém para dividir nossos dias, alegrias, conquistas, tristezas e angústias. A busca por uma pessoa repleta de valores e afinidades tem se intensificado e pela frustração do não encontro muitos estão correndo para os aplicativos de relacionamento e encontrando neles uma verdadeira oportunidade para dar vazão as fantasias criadas.

Não sou contra os aplicativos, inclusive conheço verdadeiros cases de sucesso de pessoas que encontraram o amor de suas vidas e hoje já estão casadas e vendendo felicidade. Mas acredito que como para tudo na vida, ingressar neste universo requer critérios, paciência e amor próprio. Tão importante quanto sabermos o que queremos é entendermos o que não desejamos. Na maioria das vezes conhecemos pessoas que não sabem nem um, nem outro, o que dificulta qualquer amadurecimento de contato.

Nossas experiências passadas nos ensinam o que fazer e nos sinalizam o que devemos evitar pela incompatibilidade intelectual, financeira, energética, física e afetiva. Mas por não conseguirmos administrar nossa carência acabamos cedendo a tentação e mais uma vez nos frustrando. Tenta olhar para trás e fazer um balanço de todos os relacionamentos que foram iniciados e do nada evaporaram. Talvez precise refletir sobre o que você tem atraído e o que tem sido entregue.

Outra perspectiva é quando nós iludimos as pessoas, por vezes nos encontramos em um relacionamento sério, dentro de um casamento e não estamos satisfeitos. A alternativa acessível de vivermos algo novo, seja pela fantasia ou pelo fetiche, são os aplicativos de relacionamento. Não é justo enganarmos as pessoas que estão ao nosso lado, trair nossos valores e brincar com o sentimento dos outros. O preço pode ser muito maior do que podemos imaginar. Na cede de tanto querer, certamente acabará sozinho.

Relacionar-se exige maturidade, entrega, vontade e acima de tudo respeito. Antes de estar em contato com outra pessoa avalie se você tem o que entregar e se está pronto para compartilhar.

Atualmente não há comentários.