O mês de março chegou e com ele a sensação que o tempo está voando, parece que precisamos acelerar os nossos passos para podermos realizar tudo aquilo que desejamos. Diante de muitas circunstâncias precisamos nos afastar para podermos enxergar com clareza, esse movimento é importante quando estamos muito envolvidos com situações as quais não conseguimos tomar decisões ou quando nenhum sentido é possível de ser construído.

A vida vai passando e tendemos a nos envolvermos emocionalmente com muitas questões, seja no âmbito profissional ou pessoal, esse comportamento pode surgir sempre que desejamos nos conectar as pessoas ou nos sentirmos pertencentes a determinadas circunstâncias. É sempre válido refletir sobre o porquê das nossas decisões, sejam elas conscientes ou inconscientes, a falta de reflexão pode nos colocar em apuros ou talvez em uma inércia dificilmente percebida.

A depender da forma como lidamos com as questões, talvez possamos nos envolver mais do que deveríamos, o que nos coloca em uma posição pouco privilegiada e um tanto vulnerável. Por isso a necessidade de desenvolvermos o autoconhecimento para não nos excedermos ou confundirmos as relações as quais nos envolvemos. Quantas vezes você já deixou com que suas emoções e sentimentos falassem mais alto e isso não lhe ajudou a se perceber na situação. Quantas vezes você deixou sua racionalidade de lado em nome do “amor” e “dívida de gratidão” que alega vivenciar e por quantas vezes você se viu frágil por viver situações as quais não desejaria estar vivendo.

Para enxergarmos com clareza precisamos nos afastar daquilo que acreditamos estar nos fazendo mal ou consumindo a nossa energia. Dar alguns passos atrás reduzirá o nosso envolvimento com a situação, aumentará nosso campo de visão, nos permitirá respirar um pouco e teremos o tempo necessário para refletirmos sobre o que queremos e sobre aquilo que precisamos. Há tempo de achegar-se e a tempo de afastar-se, não erre neste tempo, tampouco neste movimento.

Atualmente não há comentários.