Amor ou Apego, não confunda – Vamos Falar da Gente

Será que de fato nascemos sabendo amar ou vamos aprendendo ao longo da vida? A depender das experiências que se teve no passado vamos aprendendo o que é o amor, o porque ele é tão especial e porque sua ausência é tão sentida. As relações que tivemos com nossos cuidadores no início da nossa existência são decisivas na construção da base afetiva e se buscarmos olhar para trás entenderemos as razões de muitos comportamentos que ganham destaque em nosso presente.

Somos seres sociáveis os quais precisamos do contato com outras pessoas, mas entenda uma coisa, a necessidade de contato para interagir, compartilhar, viver e inspirar é uma coisa. O que é bem diferente de estarmos ao lado de alguém por uma necessidade de não nos sentirmos sozinhos, desamparados, abandonados ou excluídos. A carência vai ganhando espaço de uma maneira muito discreta em nossas vidas, quando menos percebemos estamos nos permitindo ao sofrimento, angústia, falta de propósito na vida e ao autoabandono.

De tanto sermos mal tratados por vezes esquecemos que o natural é sermos tratados de forma honesta, leve, respeitosa, amorosa, gentil e afetiva. Como frequentemente as pessoas não nos lembram que não nascemos para sermos infelizes, esquecemos disso e nos contentamos com pouco, migalhas emocionais e amores tóxicos. Devemos diariamente olhar no espelho e dizermos a nós mesmo o que merecemos, o que queremos e o que precisamos, talvez algum dia decidamos acreditar.

A diferença entre amor e apego é que a primeira inspira, motiva, devolve nossas asas, nos torna melhor, nos permite evoluir, nos qualifica, ajuda-nos a ir em frente e a não desistir de quem somos. O segundo aprisiona, sufoca, derruba, corta asas, não incentiva e não permite com que o outro seja genuinamente feliz. Por vezes acolhemos o apego como um amor disfarçado, não se engane.

No jogo da vida só nos é permitido jogar uma única vez, esteja atento, escute seu coração e não se permita ser infeliz. Entre estar apegado e amar alguém, aprenda a escolher o que faz teus olhos brilharem, teu coração acelerar e sua mente descansar.

Atualmente não há comentários.