Imagem: Disney / Pixar

No dia em que recebi alta do meu ortodontista senti um alívio difícil de descrever. Não só por retirar os famigerados bráquetes, mas também porque lutei contra mim mesma para levar o tratamento até o fim.

Antes de chegar ao Dr. Walmar Breda já tinha passado por quatro profissionais, todos eles com boas referências, mas que pecavam no mesmo quesito: lidar com minha ansiedade. Ao perceber os anos passando e nada de previsão de retirada do aparelho, eu simplesmente desistia. Foram quatro desistências por falta de paciência.

Na quinta e última tentativa, duas amigas me indicaram o mesmo profissional pela eficiência no tratamento. E lá fui eu novamente, carregando uma geladeira nas costas de tanta animação. Exames, consulta e procedimentos que eu já conhecia de cor.

Imagem ilustrativa

Depois de alguns meses de irritante incômodo bucal, fui surpreendida com a primeira previsão de retirada da plantação de níquel cromo da arcada superior. Pensem numa boca de lata sorridente nesse dia. “Agora vai! ”, comemorei.

LIVRE

Hoje tô rindo até em enterro de tão satisfeita que fiquei com o resultado ‘tempo X investimento’. Foram apenas dois anos de tração, dores, alguns machucados, aftas e olhos revirando ao lembrar da necessidade crucial do fio dental trançado. Ah! Eu também sonhava que estava falando e, de repente, os dentes da frente começavam a cair do nada. (Deus tá vendo você lendo isso e rindo do meu desespero).

No dia que estou retirando os famigerados bráquetes (quem já usou, sabe o porquê do “famigerado”), Walmar me diz que durante suas férias aprendeu uma nova técnica no exterior, onde a reorganização do sorriso pode ser feita apenas com o fio. Eu vou repetir: SÓ COM O FIO, nada mais.

Depois de uma breve explicação, fiquei impressionada com o resultado de alguns pacientes e decidi divulgar apenas para você, que assim como eu, não tem muita paciência e prefere algo invisível. O fio fica imperceptível e é muito mais fácil de manter limpo, além de zero lesões nas gengivas.

Apenas 25 profissionais brasileiros estão capacitados com esta nova técnica. Aproveite que um deles mora e atende em Maceió e leve seu tratamento até o fim. Será bem mais confortável e só incomodará pela tração.

  • Guilherme

    Excelente matéria, porém faltou informar o valor do novo método ou pelo menos a média cobrada no país.

    Sucesso!