Já se sabe que na próxima quinta-feira haverá um novo decreto do governo do Estado sobre  isolamento social. O atual, em vigor, tem a duração de apenas uma semana.

Muito dificilmente, pelos dados disponíveis, o Alto Sertão e o Agreste – na região de Arapiraca – escaparão de retroceder para a Fase Laranja, com ampliação das restrições de atividades e horários.

E a Grande Maceió?

O que acontecer neste final de semana dará a medida do novo decreto.

A expectativa das autoridades sanitárias é de que os empresários e frequentadores de bares e restaurantes – além das empresas de eventos – respondam bem às medidas anunciadas na quinta-feira passada.

Se isso não acontecer, a decisão já está tomada: haverá um fechamento maior.

A lição de um gigante
Tereza Nelma: "Rodrigo Cunha não fala comigo desde a crise do PSDB de Maceió"
  • Macilio

    Recado pro gov: 2022 ta chegando

  • Carlos

    Difícimente , os empresários e frequentadores irão cumprir o que está inscrito no decreto.

  • Marcelo Silva

    Recado para os ignorantes: O vírus mata e tá matando gente jovem e saudável agora!

  • JOÃO ALVES

    Há um ano já foi comprovado que Lockdown não funciona.

    Mas segue o baile.

    • Lucas Carlos

      Quem disse que não funcionou? Em setembro de 2020 chegamos a ter uma média móvel de apenas 40 casos diários e 2 mortes diárias, mas os negacionistas ecos irresponsáveis estragaram tudo e hoje a situação tá pior do que no ano passado.

    • Laskdo

      É verdade e esse povo não aprende, países ditos desenvolvidos já vão com 3 Lockdowns e não percebem que não funciona, tudo bem que alivia o sistema de saúde liberando as UTIs, mas eles insistem. Até a Índia país similar ao nosso, com extrema pobreza, porém com hum bilhão quatrocentos milhões de habitantes, quase 7 vezes nossa população, o governo de Direita deles lá, no começo da pandemia fez um Lockdown de 20 dias, missão quase impossível, mas fez. Segundo ele em 20 dias quem pegasse com sintomas leves, em 14 desaparecia e os com sintomas graves, que era uma minoria, mesmo assim uma minoria lá é maioria na maioria dos países, seriam internados e só sairiam curados ou mortos. Resultado: hoje um ano depois eles tem 150 mil mortos. Quase metade dos mortos aqui no Brasil, só que lá tem 1.359.000.000 habitantes. Então aquele Lockdown no início da pandemia não deu certo, concorda?

  • Carlos

    Alemanha avançando!
    Teste rápido nas farmácias para liberar restrições. Se for negativo volta às atividades mesmo os testes rápidos não serem confiáveis . Para compensar a lentidão das vacinas.

  • Carlos

    Lockdown só não funciona aqui. Em toda parte do mundo funciona. Lá tem pessoas inteligentes e que se preocupam com o próximo.

  • Carlos

    Só não funciona aqui. Em todo lugar do mundo trás ótimos resultados. Mas em países civilizados. Aqui ninguém sabe nem o significado da palavra REGRAS.

  • Carlos

    Criticar a vacina é andar na contramão da ciência!
    Agora querer passar a informação que o Brasil, é o único país do mundo que falta vacina é mais política de que a realidade que os notícias internacionais da falta de vacina para atender o necessário para controlar o vírus!
    Alemanha está em lentidão e adota os teste rápidos em farmácias tão eficaz quanto a hidroxocloroquina ….

  • ALAGOANO SÃO JORGE

    Parabéns aos maceioenses envolvidos neste retrocesso. Parabéns para as pessoas que não usam máscaras no comércio, nos ônibus, nas ruas e praças. Parabéns aos maceioenses que se aglomeram nos bares, praias, fazem filas nos restaurantes na orla e não respeitam o isolamento social. Como sugestão, peço que a reportagem do TNH1 façam matérias no comércio de Maceió para constatar a quantidade absurda de pessoas que não usam máscaras. Parabéns aos maceioenses que se aglomeram nos bancos e lotéricas da cidade. Parabéns às autoridades alagoanas que não fiscalizam os locais supracitados para coibir a aglomeração. E não me venham dizer que os coitadinhos dos empresários irão ficar sem ganhar $$$$$$$$$$$$$$ com o fechamento de bares, restaurantes e comércio! Essa é mais uma desculpa esfarrapada criada durante a pandemia!

    Como o brasileiro só aprende no bolso, que sintam no bolso tamanha irresponsabilidade durante o período eleitoral, festas de final de ano, festas clandestinas de verão e festas clandestinas durante o carnaval e pós-carnaval. Parabéns a todos os envolvidos! COVID19 não é gripezinha.