A imprensa nacional já se deu conta de que o senador Fernando Collor é um dos novos amigos de infância do presidente Bolsonaro.

O blog já havia identificado esta aproximação, agora apontada como obra do deputado Arthur Lira.

O ex-presidente tem se esmerado em defender o atual, que o criticava duramente e obtinha resposta no mesmo nível.

Mas assim sempre foi e assim sempre será – nessa seara não existem nem amigos nem inimigos para sempre, e os três agora fazem parte do mesmo grupo político em Alagoas.

Para Bolsonaro a questão é “nacional”; para Collor e Lira é “paroquial” – todos visando 2022.

O que vale é o resultado final que eles buscam: manter-se no poder – sem pecados e sem perdão.

Procura-se um candidato viável a governador de Alagoas
MP Eleitoral é contra novas eleições em Marechal Deodoro
  • Carlos

    Collor também custurou grandes alianças na região sul. O PP, garantiu a sigla para o ex- deputado Marcelo Beltrão, ser candidato do partido de Lira, em Coruripe. Lira foi fundamental importância com os incentivos emocionais políticos para o candidato vitorioso motivar os eleitores Beltrão na sua maioria eleger Marcelo Beltrão.

  • jorge

    Viva a democracia.

  • Há Lagoas

    É a nova política! Collor aquele que ERA da tv gazeta ? Sei

  • Sérgio Eduardo

    Chapa fecha: arthur lira governador e collor senador do outro lado Alfredo Gaspar governado e Renan filho senador e correndo por fora Rodrigo cunha governador e lessa senador. Que venha 2022

  • FEI.JÓ

    COLLOR SEMPRE FEZ PARTE DA LINHA DE FRENTE DOS GOVERNOS MILITARES NO BRASIL.FOI ESCOLHIDO PARA SER PREFEITO DE MACEIÓ POR INDICAÇÃO DA DITADURA MILITAR.LEMBREM-SE DE SEU PAPAI, O SENADOR ARNON DE MELLO, FOI BIÔNICO ,INDICADO PELOS DITADORES.E AGORA EXATAMENTE NESSE MOMENTO CRUCIAL, ELE TENTARÁ SALVAR SEU MANDATO AO SENADO EM 2022.MAS É POR DEMAIS SABER FERNANDO COLLOR TEM DISCURSO PLUS QUE SE ENCAIXA EM TODO SISTEMA POLÍTICO,DESDE QUE SEJA PARA TIRAR PROVEITOS PRÓPRIOS.

  • Antonio Carlos Barbosa

    É a nova política.

  • Messias

    Com a palavra os defensores das “famílias” e contra a corrupção.