É possível que, a essa altura, muitos dos que compõem o entorno do governador Renan Filho estejam apontado o dedo para o prefeito Rui Palmeira e para o próprio ato Alfredo Gaspar a quem responsabilizam por mais esta derrota da família Calheiros em Maceió.

Desconfio de que o choque de realidade, trazido pelas urnas, não vai impactar a visão do governador e do entorno sobre ele próprio.

Seguramente, eles não farão a leitura franca do enredo que os votos dos maceioenses escreveram.

Não recordo, sinceramente, de uma eleição em que os votos contra foram tão decisivos para escolher um prefeito de Maceió. Quanto mais Renan Filho – e Rui também, apesar de ser um personagem menor nessa história – tomava conta do guia eleitoral, mais eleitores  manifestavam, com raiva, em favor de JHC e contra ele.

Já estava prenunciado ainda no primeiro turno: JHC era, de fato, o único candidato de oposição ao governo do Estado e à prefeitura de Maceió.

Mas, lembremos, Davi Davino Filho ocupou esse espaço com brilhantismo, e, por pouco, não chegou ele ao segundo turno.

Bastou JHC ajustar seu marketing político -“40 neles!” – que conseguiu recuperar espaço na seara que seria dele, naturalmente.

O prefeito eleito de Maceió já terminou o primeiro em ascensão e foi subindo ao longo da campanha do segundo turno.

Creio que só duas pessoas teriam tamanho e voz, nas proximidades de Renan Filho, para dizer a ele: “Foi você quem perdeu”.

É claro que eles não vão fazer isso agora, até porque lhes pareceria um ato de crueldade, além de que eles já disseram isso durante a campanha reiteradas vezes.

Com a derrota em Maceió, o MDB mira de novo em Luciano Barbosa
Alfredo Gaspar perdeu de novo para a abstenção em Maceió
  • Mudança ja!

    O resultado da eleição deixou claro a insatisfação da população para com a gestão atual (governo e município). O povo cansou do ilusionismo e dos “velhos hábitos” e isso mostra claramente que o povo que vive a realidade esta cansado de operações federais, mau uso do dinheiro publico e do descaso com a população. Parabéns ao prefeito eleito JHC!

    • Tarciso

      Melhor nem tentarem, tirar, Luciano Barbosa, da prefeitura de Arapiraca, pois será um tiro no pé, dos Calheiros e seus asseclas, o desespero pelo o poder é Grande, mais com bom senso tudo será resolvido, ágora é melhor não mexer com o povo quê o elegeu Luciano Barbosa, pois daí os Calheiros podem perde tudo… Renan é um estadista, mais está se comportando como um principiante, e isso não é bom para os planos dos Calheiros, retira esse processo dos vereadores e do Luciano Barbosa, e mostra ao povo arapiraquece, quê Renan é um estadista, e ainda ficará na memória do povo…

  • Sampaio

    Quero agradecer a todos os funcionários público principalmente os aposentados é pensionista, quando o povo quer não tem prá ninguém. Também quero agradecer ao sindicato da polícia civil um dos poucos que deu sangue para mostrar esse governador que os funcionários público também votar. A maioria das associações militares se venderam para o governador mais só tem um detalhe todas elas juntas não consegue eleger um vereador. Dinheiro jogado fora! Agora vamos aguardar as eleições para deputados é governador, vcs deputados que votaram contra o servidor público pode começar a colocar currículo o povo alagoano começou a acordar.

  • APOSENTADO DO ESTADO

    40 Neles em resposta ao 14% de um desconto cruel nos vencimentos de aposentados e pensionistas.

  • Castillo

    A educação do estado senhor governador, está entregue às traças. O senhor enterrou o candidato Alfredo Gaspar, no seu orgulho, na sua mal administração e na sua arrogância. Tenha mais humildade se não o senhor terá uma nova surpresa daqui a 2 anos, quando o senhor apoiar alguém. Inteligente será quem andar bem longe do senhor, governador. Agora que acabou a eleição vê se dá valor a educação e melhora a sua reputação.

    • RCesar

      Missão cumprida dizimamos os PTralhas e suas corjas, estamos voltados para a proxima eleição .

  • Francisco Jose Souza

    Está ficando difícil para o Governador. Perdeu o vice que será prefeito de Arapiraca, perdeu novamente em Maceió 2022 é bem ali e será lapada novamente.

  • neto bala

    o povo lembrou dos 14%

  • Paulo Magalhães

    O povo lembrou da canalhice desse governador em FECHAR TUDO e levar a falência de inúmeras empresas e autônomos….o povo também está de saco cheio da arrogância dos Calheiros.

  • Há Lagoas

    Ao menos um alento com a eleição de JHC, alguém no palácio República dos Palmares terá uma noite de enxaqueca e insônia com este resultado!
    Uma pena que, diante de tantos candidatos, os maceioenses optaram pelas duas figuras que chegaram ao 2º turno…
    Torço para que JHC – que possui o mesmo temperamento e personalismo de Renan Filho – saiba governar com humildade a cidade que tanto amamos!

  • Interiorano

    É aquilo que eu comentei várias vezes : “Eu ouvi muitas pessoas dizendo que não iam votar no Dr. Alfredo Gaspar (que diga se de passagem, é um homem honrado, honesto, competente, qualificado e corajoso) devido aos apoios em torno dele! E o resultado está aí”! A população deu um não para o Prefeito e o Governador!

  • Petrucio

    No jogo do xadrez político quem saiu perdendo mais uma vez foi o povo.
    A mistura do novo com o velho de JHC +RL só o tempo dirá. Enquanto o outro sem experiência política e atrelado ao velho aí está o resultado. Agora é hora das raposas se recolherem para em breve o novo palanque está armado para 2022 e veremos quem estará no palanque.

  • Antônio Magalhães

    Bela resposta para o governador e prefeito, pena que o Gaspar foi enganado pelos 2, fiquem sabendo que os megalomaníacos dos Renans estão com os dias contados. Sr. governador um conselho, termine / conclua o restante do seu mandato, pois se sair candidato já sabe, vais passar vergonha.

  • Samuel

    Não consigo expressar o tamanho e intensidade da alegria e felicidade que tomou conta de mim !!
    Estou em verdadeiro estado de êxtase !!
    Essa derrota do Gov. Renan Calheiros Filho e do Prefeito Rui Palmeira reflete verdadeiramente a revolta, repugnância, rejeição da maioria da população por esses dois, que demonstram serem péssimos como gestores e cruéis como seres humanos.
    A resposta da população consolida a inequívoca derrota daqueles que se achavam donos do poder e que buscavam incessantemente o domínio e continuidade.
    Há que se destacar a importância estratégica e o protagonismo dos nobres servidores públicos estaduais e municipais, bem como aos colegas aposentados que se juntaram numa corrente de fé e através do “boca a boca”, conseguiram convencer familiares, vizinhos, e até outros colegas até então indecisos, a aplicar na urna o “40 Neles!”
    Quanto ao Ex-PGJ Alfredo Gaspar, este merecidamente recebeu a “melhor das melhores” (com redundância e tudo mais) sanções pedagógicas que alguém poderia receber… Ou seja, pagou caríssimo por abandonar uma carreira vitoriosa, até então respeitada e promissora, por uma fragorosa derrota anunciada, graças aos delírios, fantasias, fascínio, devaneios e megalomania patológica da qual foi infectado por aqueles que se diziam seus amigos (e credores).
    O velho adágio popular já dizia: “..
    quem junta-se aos porcos, farelo come”(sic).

  • James

    REInanzinho HIPÓCRITA! Na lei dele os decretos dele contra o covid-19 só valia para quebrar os empresários, ele não respeitava com comício, caminhadas etc .

  • Gustavo

    Renan Filho e seu papai perderam Arapiraca no primeiro turno, o vice governador,aceito e, se quiserem garantir a segunda vaga no senado, vão ter que colocar o palácio dos martírios no colo da assembleia legislativa.

    Em um 2020 tão bagunçado, poder complicar a vida dos Calheiros será um alento.

  • Beroaldo

    Infelizmente, o maceioense teve que escolher entre o menos pior para prefeito. Quem sabe nas próximas eleições de 2022 e 2024, haja uma evolução e os eleitores escolham, pelo menos, o menos ruim. Já será uma alento.

  • Odilon Caetano

    Agora falta dar uma resposta em 2022 aos candidatos deputados que votaram a favor do governador dizendo sim para a maléfica “reforma” dos 14% e,uma vez que não foram obrigados a votar a favor,e votaram UNÂNIME, houve apenas uma abstenção,significa que os servidores públicos, principalmente os aposentados,foram literalmente TRAÍDOS!
    Portanto não devemos de jeito nenhum esquecer essa traição em 2022.

  • Servidor público

    Tbm! Com um secretariado desse que o governo Renan tem, não vai ganhar nem para síndico! Começando por Maurício Quintela, vizinho dele o baiano da seplag Fabrício, depois Alxendre Ayres, junto com balança ovo, tal de Marcelo e os adjuntos, Moisés do Alagoas previdência e um cabuloso que ninguém aguenta o Horácio, Edberto do ipaseal, que não paga a ninguém! Esses ai se sair para rua para pedir voto, o povo joga pedra! Abra o olho Renan, secretário de que gostar do povo tbm! No seu secretariado você não tem ninguém apto para concorrer ao governo! Abra o olho Renan! Faça uma reforma administrativa grande para tentar reverter essa situação, se não vai ser xeque mate pra você e em 2024 para o seu pai! Fui…

  • José Maria Oliveira

    Confesso que a emoção de vê os Calheiros perde é a mesma que sentia quando a Argentina perdia para o Brasil no futebol. Não acredito que o JHC seja o melhor para Maceió mas foi a escolha do povo,.bom mesmo foi a lapada nos Calheiros. Rui? Esse acabou. Gaspar deixou o MPE onde protegia os Calheiros e o Rui mostrou sua verdadeira face e isso a população não tolera.

  • Pedro

    Foi bom o castigo infligido aos desgovernos estadual e municipal. Mas não espere coisa boa do novo eleito. Tu, ó infeliz votador, continuará se arrependendo do voto que deste. Isso que assumirá a prefeitura continuará o processo histórico de exploração e subtração dos teus direitos. Na próxima eleição, outro abutre virá roer tuas entranhas!

  • Sertanejo

    As eleições esse ano trouxe um choque de realidade para muita gente e um importante recado para os políticos que pregam o desenvolvimento e vivem do marketing. O povo acordou e sabe o que sente diariamente na pele. Se engana quem pensa que é só na capital. A vitória de Luciano Barbosa foi apenas uma resposta aos Calheiros, mas sem méritos até mesmo pela falta de opções. Os Pereiras não conseguiram eleger Isabelle em palestina, mesmo com seu currículo impecável. O irmão do secretário de saúde ganhou por um triz em marechal e com muita insatisfação de boa parte da população e Santana Mariano não conseguiu eleger seu filho que aparecia disparado nas pesquisas desde o início e tantas outras situações. E o mago das coligações não conseguiu eleger o seu candidato . Novos tempos Ricardo Mota e não basta conhecer de perto o sofrimento do povo e sim mostrar resultados reais e de fato.

  • Carlos

    O governador desnaturado Renan Filho, que sempre apostou no marketing e na frieza dos marqueteiros de que deve ser implacável com os servidores públicos e aposentados e pensionistas, que não tem força política e articulação para decidir no voto. Deixou de fora os servidores, reajuste e ainda por cima juntos com os seus forasteiros cariocas no comportamento de sadismo enviar para assembleia o projeto da Al previdência, onde os deputados estaduais, por trocar cargos e um duodécimo topado ferraram de vez com com essa sofrida categoria.

  • LimaJR

    Eu quero agora, o João Caldas (Pai), para a secretaria de saúde!

  • BRUNO MARINHO

    O voto do servidor público pesa,querendo ou não.

  • Roberval

    De todo modo não haverá grandes prejuízos para o candidato Alfredo Gaspar de Mendonça. Pois, como se presume, já tem uma vaga aguardando ele lá no Palácio de Vidro da Avenida Fernandes Lima.

  • Carlos

    Servidores públicos são da três esferas estadual, municipal e federal. Devem se unir juntos com a família e não votar em candidatos que na onda de uma parcela do povo que generalizada de que todos os servidores públicos são desnecessários e trata mal o contribuinte é uma grande injustiça! Olha aí na pandemia os profissionais da saúde, morrendo e muito sequelas dos que sobrevivem!

  • Victor

    40 Neles!!!😉

  • Maria Cicera

    Sua vez vai chegar, se prepare que a lapada em 2022 será maior ainda.
    Meus 14 % será vingado.

  • Maria José

    Meu voto não foi contra Alfredo Gaspar, foi contra os políticos que o apoiaram.
    Trabalhei a vida toda e o governo do Estado me deixou sem condições de ter uma alimentação digna e de cuidar da minha saúde ao descontar 14% da minha aposentadoria.
    Quando esses políticos adoecem, vão se tratar no Sírio-Libanês ou Albert Einstein, e tiram de mim e de milhares de aposentados e pensionistas o direito de comprar um remédio?!
    O meu voto, dos meus familiares e amigos foi decisivo e a partir de agora sempre será! Cansei!… Não votem também nos deputados que votaram a favor desses 14%, ou quem for apoiado por eles!

  • Carlos Maceió

    1988, Renan contra Guilherme Palmeira e deu Guilherme;
    1992, Renan apoiou Téo Vilela e nem foi pro 2 turno. Deu Ronaldo Lessa;
    1996, Renan apoiou Albérico Cordeiro e nem foi pro 2 turno. Deu Kátia;
    2000, Renan apoiou Régis Cavalcante e Kátia reeleita;
    2004, Renan apoiou José Wanderley e nem foi pro 2 turno. Deu Cícero Almeida;
    2008, Renan apoiou Solange Jurema e Almeida reeleito;
    2012, Renan apoiou Lessa que teve candidatura impugnada a 4 dias da eleição e deu Rui Palmeira;
    2016, Renan apoiou Cícero Almeida e Rui foi reeleito;
    2020, Renan com Alfredo Gaspar e Maceió de novo disse NÃO a ele.
    Quero saber quem vai ter coragem de receber apoio do Renan em 2024

  • Laura

    Em 2022, lembrem-se do governo do Estado e dos deputados que votaram a favor dos 14%.
    Cidadão, você vai continuar dando mordomia a quem tira sua dignidade?
    NÃO REELEJA QUEM TIRA O PÃO DA SUA MESA!

  • Santos

    As duras derrotas nas duas maiores cidades do estado revelam a insatisfação do povo ante ao já combalido poder dos “reis”…. Podem aprender com essas derrotas e voltarem a hegemonia com o reconhecimento das derrotas ou amargar mais uma grande para o senado daqui a 2 anos, ou ainda, correr o risco de não se elegeram mais no cenário nacional… As derrotas são um prenúncio de que a onda dos “reis” estão recuando cada vez mais… não foi o “gaspar” que perdeu para as abstenções!

  • SF

    Renan torrou o dinheiro do contribuinte fazendo propagandas institucionais para eleger o Alfredo. É bom que ele entenda que JHC foi eleito pelo povo pobre, melhor ainda, o pobre consciente. Não sei o que esse cara ´pensa da vida. Entregou a Secretaria da educação para um sujeito que não dá nem para descrever. A SESAU duas gestões com advogados completamente inexperientes e suas equipes mais ainda. Qual o seu problema, Renan Filho? Temos milhares de grandes profissionais na área da educação e da Saúde, qual o seu problema em colocar técnicos nessas pastas??? Ricardo, é inacreditável, o setor de compras da Sesau, o coração da SESAU, na gestão Christian foi entregue a uma BACHAREL em direito- sobrinha do Ministro do STJ- que não tinha nenhuma ideia de compras públicas. Agora com o Ayres foi entregue ao primo legítimo dele, engenheiro, recém formado, sem experiência nenhuma na área. Vc Tem noção de quanto dinheiro público foi jogado no lixo por conta dessa inexperiência??? O bom de JHC ter sido eleito é que ele não faz parte do aparelhamento estatal, aí quem sabe, o MP veja as mazelas da prefeitura, pq o governo é blindado. Exemplo disso é a SESAU , todos os cargos trazido pelo Ayres são parentes entre si, a maioria casais, mas o MP não vê ou faz que não vê, Tenho certeza que JHC não vai poder colocar nem um primo de 657 grau que o MP vai estar batendo na porta. Ei Renan Filho!!!! Troca o nome da SESAU para ” A SECRETARIA DA GRANDE FAM´LIA”.

  • Breno

    Se Alfredinho entrasse por qualquer partido sem vereadores com ele e tivesse ima campanha independente talvez ele conseguisse….. mas ele quis a mamata, pegou logo uma seceetaria pra mamar

  • José Márcio Ribeiro

    Levou nada…próxima eleição vota nele e ganha um novo cargo.

  • Aposentada a

    A terrota não foi de Alfredo Gaspar de Mendonça, a derrota foi dos Calheiros, essa aliança foi o que derrubou, a revolta dos servidores em todas as esferas era esplicita ,meu voto Calheiros nunca terá não esquecerei nunca do assalto aos meus 14%de um saláriozinho já tão pouco, que maldade governado .
    Agora vamos derrota os deputados que compartilho com o governador dessa inconstitucionalidade em 2022 não famosos nos esquecer, porque o governador não diminuir o duodécimo dos poderes, não tenhe coragem só merche com os pequenos, JHC nunca foi minha opção de voto mas era o que tinha pra o momento, melhoras essa arrogância Renan e ver se faz alguma coisa pelos servidores em quanto é tempo.