Se o leitor e a leitora prestaram alguma atenção, devem ter observado que não apenas os senadores de Alagoas ficaram fora das eleições para prefeito de Maceió.

Também os deputados federais estão excluídos do guia eleitoral dos candidatos do segundo turno na capital. Aliás, eles praticamente não foram vistos nem no primeiro turno.

Excetuando JHC, com a maior votação que um federal já teve em Maceió (em 2018), e Tereza Nelma, ainda enfrentando problemas de saúde, os demais não têm força eleitoral na capital.

E se têm alguma, como deputado Paulão, não conseguem ser uma referência junto ao eleitor maceioense.

Sérgio Toledo, Arthur Lira, Severino Pessoa, Marx Beltrão, Nivaldo Albuquerque e Isnaldo Bulhões passam longe, em suas campanhas eleitorais, do maior eleitorado do Estado.

Os redutos desses parlamentares estão no interior, que elege do mesmo jeito, embora cobre menos dos eleitos.

Foi-se o tempo em que os candidatos cortejavam os parlamentares federais para que eles gravassem na propaganda eleitoral do rádio e televisão.

fazer o quê?

Caso CBTU: maioria no STF vota por manter Arthur Lira réu em ação penal
Debate entre JHC e Gaspar acende o alerta de um futuro sombrio para Maceió
  • Mário

    Perguntar não ofende: esses “ditos representantes do povo” no congresso nacional fazem o que por alagoas?

    • Luiz

      E o Rodrigo Cunha? Conta não é?

  • Carlos

    O que fazer praticamente nada onde um estado dos currais eleitorais com peso no interior mesmo com toda tecnologia da comunicação com os nomes sujos somos obrigados a conviver com esses políticos do sertão, do agreste, da Região sul e norte. Olha o que sobrou uma prova de fogo entre os eleitores formadores de opinião e o desnaturado governador Renan Filho, dono de um narcisismo imensurável ,onde o poder tem tem limite. Não posso negar que no primeiro mandato votei no desnaturado pensando no poder que pai desfrutava em Brasília, para desenvolver estado e no entanto foi um grande. Hoje sempre lembro aos meus filhos e netos não votar nunca no jovem do mal governador Renan Filho. Olha que ele fez como os idosos. JHC, neles é a opção .

  • Jorge

    Nunca tivemos tão pobres e órfãos de representantes federais…

  • POBRE POVO ALAGOANO!

    Sérgio Toledo, Arthur Lira, Severino Pessoa, Marx Beltrão, Nivaldo Albuquerque e Isnaldo Bulhões são verdadeiras NULIDADES!

  • Henry Santos

    Luiz, o Rodrigo Cunha tá muito queimado, não é bom ele aparecer pela decepção causada a quem votou nele. Fosse hj a eleição ele não levaria e se pensa em governo 2022 ele pode recuar.

  • Povão

    O próximo governador tem q ser a deputada jo Pereira ou tereza nelma uma mulher no PODER …