Além do embate com a direção do MDB, o vice-governador Luciano Barbosa enfrenta quatro pedidos de impugnação de candidatura – dois de Tarcizo Freire e dois de Fabiana Pessoa.

Todos estão com o promotor Rogério Paranhos e com a juíza Ana Raquel Gama e Silva, que deve decidir sobre o tema em breve (lembrando que são só “pedidos”).

Há ainda, pelas razões já conhecidas, dois outros pedidos de impugnação, apresentados pelo Diretório Regional do MDB.

No caso dos concorrentes de Barbosa, as motivações são outras, mas sempre relacionadas com a documentação apresentada por ele à Justiça Eleitoral.

Hoje se encerra o prazo para o vice-governador apresentar a sua defesa ao MDB de Alagoas, que não dá sinais de arrefecimento no embate contra o “ex-amigo de infância” dos Renans.

 

Collor é alvo de mais uma operação da PF? Pior para a PF.
Candidatos se engalfinham pelos 27% de eleitores indecisos em Maceió
  • Há Lagoas

    O que fez Luciano Barbosa se revoltar com o seu criador?!
    O episódio da prisão da filha e genro na operação “Dama da Lâmpada” não é a única resposta para essa “conversão” tão extremista!
    E logo ele, cuja empáfia só se fazia sentir entre seus subalternos e pessoas simples, mas não passava de um simples “poodle” na presença de Renan – o pai – seu criador…
    O que fez Luciano Barbosa se lançar contra os desígnios dos Calheiros?!

  • Injustiça!

    Para que raios serve a Justiça Eleitoral?
    Daqui a pouco chega a eleição e a Justiça Eleitoral, que deveria ser célere, não julga nada e corremos o risco de votar em alguém inelegível!
    Do modo como a Justiça Eleitoral funciona não serve para grande coisa, a não ser apenas um carimbador de documentos, o que levando em consideração o que ela custa, é muito, muito pouco

  • Rafael Silva

    Pelo jeito tem candidato com medo de ir pras urnas…

  • Carlos

    Enquanto Luciano Barbosa, em Arapiraca trava uma briga temporária com os ex- amigos de infância para se manter candidatos.
    Aqui em Coruripe, a briga dos primos sobrinhos do atual prefeito de Coruripe, Joaquim Beltrão. Maykon Beltrão , que tem como porta voz o seu irmão deputado Marx Beltrão e do suposta adversário deputado Marcelo Beltrão. É provar para o eleitorado local quem é o que mais responde a processo no Ministério Público Federal por desvios de recursos Públicos.
    Dep. Marcelo Beltrão ( quando foi prefeito do Jequiá e Maykon de Feliz Deserto.
    A corrupção no Brasil, me parece que não chama mais a atenção de ninguém é o “novo normal”
    Pelo menos aqui em Coruripe e parte da região sul se tornou BANALIDADE!

  • Felipe

    Fabiana pessoa, Arapiraca caiu no colo dela, e mostrou que não sabe administrar nem a casa dela, sendo totalmente manipulada por Severino Pessoa, ela não tem condições nenhuma de administrar ARAPIRACA.

    • Alusivo

      Lhe falta preparo, sem isso não há competência.