Na mesma semana, três defensores inflexíveis dos valores e da moral da família brasileira viraram alvos de operações policias: a deputada Flordelis, o pastor Everaldo e o governador Wilson Witzel, pelo outro batizado.

Vale lembrar Michel de Montaigne, para quem o “espelho do discurso deve ser o curso da vida”.

As palavras mentem muito, embora sejam o caminho mais fácil para capturar os tolos.

Já as ações, estas revelam as almas dos homens.

A dúvida em Arapiraca é sobre qual Barbosa vai disputar a prefeitura
Parecido não é igual
  • Há Lagoas

    Jesus chama esta pessoas de “túmulos caiados”!
    Não demonizo a política, mas sempre me indago o que um evangélico faz nela?!
    Por isso tenho uma máxima para a minha vida. Não voto em candidato evangélico de maneira alguma!
    Ao que parece, essa gente não compreende quando o Mestre diz: “o Meu Reino não é deste mundo”.

  • APOSENTADO DO ESTADO

    Como diz o ditado: “de falso moralismo, o inferno está cheio.”. Religião e política não devem ser misturadas, tenho medo de certos “cristãos”, “patriotas” e “pessoas de bem”(bem de vida).

  • Sampaio

    Aí de quem escandalizar o nome de Deus, pode até escapar da justiça dos homens porque também tá corrompida . Mais já mais escapará da justiça divina.

  • Laskdo

    Política e Religião são como um “cabo de guerra”!
    Como assim?
    Porque a religião nos aproxima de Deus e a política nos afasta.
    Pra religião, a descrita na bíblia, a solução de todos problemas está em Deus.
    Na política a solução de todos os problemas está no Homem.
    Portanto, não tem como dar certo, pois como bem disse o fundador do Cristianismo:
    “Ninguém pode ser escravo de dois senhores; pois ou odiará um e amará o outro, ou se apegará a um e desprezará o outro”.

  • Pedro

    Flordelis, Edir Marcedo, R Soares, Valdemiro, Malafai,Pastor Everaldo, Padre Robson…etc. Minha nossa, que companhias boa para passar eternidade. Tudo macabro! Tudo com o livro sagrado debaixo do sovaco!