(Atualizada às 18 horas.)

Governador Renan Filho apresentou o novo decreto sobre a flexibilização das atividades econômicas em Alagoas com poucas mudanças substanciais.

Maceió ficou no azul amarelado, excluindo teatro e cinema da reabertura, com ampliação da ocupação de tempos e igrejas, principalmente.

Os números continuam caindo, o que é bom, e o avanço mais expressivo na retomada da economia aconteceu no interior, que passou para o amarelo, com exceção de parte do Sertão.

O índice de isolamento social está estabilizado em torno de 37% e não deve subir mais, ninguém espera por isso. É preciso que os cuidados, entretanto, permaneçam – o uso de máscara, por exemplo (o que não está acontecendo).

O que foi o mais importante, objetivamente?

A volta às aulas deve ficar para o mês de setembro (pelo menos), assim como o trabalho presencial no serviço público (com exceção do que já está aberto).

 

Nova aliança em Arapiraca empurra Luciano Barbosa para disputa pela prefeitura
Promotores do caso Pinheiro vão ao Conselho Nacional do MP contra procuradores
  • arapiraquensee

    Escolas fechadas? Corretíssimo.
    Serviço Público em home office?
    Verdadeira piada de um gestor incompetente.

    • Alexandre

      Eu sou servido público e trabalho em uma escola. Servidor público não é só trabalhando nas suas respectivas secretárias. Sim, estou trabalhando em home office.

    • JAQUELINE DA SILVA

      Concordo! O feirante, o vendedor ambulante, por exemplo, se arriscam para ganhar o pão de cada dia, o servidor, que em sua maior parte labora no interior do ´´´ ´órgão e de maneira bem acomodada, não pode se “expor”. O privilégio é desnecessário!

  • Salatiel dos santos farias

    Até as eleições tudo voltarar a funcionar,depois isola denovo. porque a covid não infecta eleitores kkkkkk. jogo sujo e politico, onde muitos pais de familia estão desgastados e sem sustento para suas familias. Onde não morre mais ninguem com outras doenças só covid.

  • Antonio Moreira

    Uma pequena amostra de um grupo de pais de alunos – WhatsApp:

    Hoje – até às 20 horas.

    O que vocês acham do retorno dos nossos alunos à escola?
    Respondam Sim ou Não.

    A maioria dos pais/responsáveis até agora responderam “Não”.
    Muitos também justificaram o “Não”, mas tem quem entrega tudo na mão de Deus.

  • Antonio

    O Governador deveria entender que é necessário abrir as escolas particulares.
    As públicas, com todas as mazelas, infelizmente, não tem condição de reabrir.
    O grande problema é assinar a incompetência em reabrir as privadas.
    O Sindicatos das Escolas Particulares não trabalha, só atrapalha.
    O Sindicato dos Professores deveria entender que se não voltar, as escolas fecharão as portas e o sindicato também!
    Vamos abrir o olho!

    • Sergio

      Nenhuma escola tem condições de abrir, independente de ser pública ou privada, Nenhuma escola tem condições de controlar os adolescentes, com certeza eles não irão querer ficar o tempo todo de máscara na sala de aula, nas aulas vagas ou no intervalo, a maioria dos adolescentes e das crianças não tem consciência da atual situação que o Brasil está, se abrirem as escolas, pode ter certeza que o número de crianças e adolescentes infectados irá aumentar, sem contar que irão aumentar as chances desses alunos trazerem o vírus para dentro de sua casas e infectarem seus parentes, está corretíssimo o governador em não reabrir as escolas!!!

  • Robson

    esqueceram da fase azul !!

    cade a fase azul ?

    enquanto os setores esperneiam e o governador vai liberando de acordo com a histeria de academias, salões de beleza que foram os últimos a serem liberados, tem também os transportes alternativos, que depois de muita insistência liberaram. Mas a fase azul nunca chega !!!!!! ou é falta de pressão dos setores que se encontram nela ???

    Esse governador não tem meu voto nem para sindico de prédio. Um verdadeiro incompetente

  • Claudiomar

    Sugiro colocar data nas postagens.

  • Sampaio

    Com todo o respeito aos funcionários público, eu acho que essa medida de afastar do serviço precenscial com excessão dos professores é mais uma armação desse ditador. Eu digo isso porque tive dificuldade em pedir uma ficha financeira para esse brilhante órgão do Al previdência que está sendo usado como maguina de fazer dinheiro com o sangue dos aposentados é pensionista. Mandei vários imail pedindo esse documento é só consegui um mês depois . Uma vergonha tá chegando a hora de dá o troco vamos nós unir.

  • Karen Sakata

    Esse ano, meus filhos não voltam mais para a escola. Tenho filho no grupo de risco.

  • Sérgio Bernardo

    E o povo que tome na jaca

  • Cristiano da silva

    Acho que a volta as aulas deveria ocorrer em janeiro.pois até a vacina chega esses meses seria de total segurança pra todos.

    • Cristiano da silva

      Acho que a volta as aulas deveria ocorrer em janeiro.pois até a vacina chega esses meses seria de total segurança pra todos. Que os gestores da Educação pense com a coerência.esse Ano já era pra lecionar.organizem pra 2021 a volta as aulas .

  • Andréa

    exatemente, tbm acho afs

  • Evelyn

    Espero que Deus toque no coração desse governador.
    Estou apavorada com a possibilidade da minha única filha voltar a faculdade.

  • Carlos Miguel de Nóbrega

    Nós falamos que esse ano não tem condições de ter aulas como as crianças não estão saindo de casa estão em isolamento total mais não é isso que vemos o que acontece é que as praças estão cheia de criança nas ruas interagindo com seus colegas qual a diferença das ruas pra uma sala de aula com todo protocolo de segurança ?

    • Analisando

      Infelizmente é verdade! também observo isso! Acho que deveria retornar e quem não quiser enviar o filho para escola não manda. Vejo uma ditadura do “umbigo” onde cada um olha pra si e quer decidir a situação dos outros. Tem mãe que precisa trabalhar e precisa da escola para deixar o filho. Tem pais que acham que se o filho perder o ano todos os colegas “obrigatoriamente” tem que perder também. No final das contas, o shopping está lotado, os consultórios e as praças também, mas o problema é a volta as aulas.

      • Sandraline

        Mas se os shoppings tão lotados é TB por consentimento e responsabilidade dos pais liberarem essas crianças e adolescentes em irem . Quanto as escolas não tem funcionários suficientes pra ficar monitorando alunos individualmente nos protocolos sanitário s. É difícil , e aos professores TB em sala, o risco. Diferente de shoppings , praças que essas crianças estão sob olhares de responsáveis

  • Analu

    Servidor tbm pega covid. Não ao retorno!!!!

  • Analu

    Não mandarei meu único filho para escola ate q saia a vacina!

  • MARCONDES LAURINDO

    Boa noite. Eu trabalho em uma empresa de segurança privada e fiquei sabendo que, as ESCOLAS de formação e reciclagem do curso de vigilante, foram impedidas de iniciar suas atividades. Deixo claro que, são escolas que formam profissionais e não escolas onde os alunos vão para estudar e concluir o ano letivo. Gostaria de pedir para que fosse olhada de uma forma diferenciada essas “ESCOLAS DE FORMAÇÃO E RECICLAGEM”, para que possamos ter mais candidatos à trabalho devidamente qualificados.

  • Ciliro

    quero ver esse ” FIQUE EM CASA ‘ no dia da eleicao, 15 de novembro precisamente!
    seria uma boa oportunidade de dizer ELES NÕ

  • Rafael Rodrigues

    Por mim as escolas era pra ter voltado às aulas presenciais! Oque era pra ta fechado era os bares! Brasil…

  • Sampaio

    Verdade meu amigo Cirilo,no dia 15 de novembro vc vai vê vários cabos eleitorais se matando por um voto para e seus ídolos. Pessoas do grupo de risco com camisa desse semi-deus. Mais eu acredito que a força dos funcionários público é seus parentes vai mudar Alagoas. Vamos aguardar!

  • Eduardo Vasconcelos

    Antônio, como presidente licenciado do Sindicato dos Professores, acho que o senhor desconhece que nem todas as instituições privadas do ensino básico dispõem de condições financeiras para respeitar qualquer protocolo sanitário que venha a proteger a comunidade escolar. No seu comentário, fica claro o seu desconhecimento da realidade da maioria das instituições privadas de ensino, a pensar que em todas há a condições para a implantação dos protocolos que vêm sendo utilizadoa em vários estados. Infelizmente essa não é a realidade. Existem escolas privadas que não possuem nem email, quanto mais recursos para disponibilizar uma quantidade razoável de EPIs para os seus profissionais. Não tire a realidade de todas as escolas privadas pelas maiores e renomadas instituições. Grande abraço. Eduardo Vasconcelos

  • Laskdo

    Quem decide quem fecha e quem abre é o dinheiro. O serviço público, a maior parte não rende muito dinheiro, exceto os cartórios, que acho que nunca fecharam. Templos religiosos, seus líderes vivem da exploração financeira dos fiéis, por eles nem era pra ter fechado. O comércio nem se fala, parte nem chegou a fechar e com os dias dos pais, a pressão foi grande pra abrir o resto. Escolas, quem decidem não são os pais, são os professores e dirigentes, todos estão recebendo seus salários, então melhor ficar em casa. As particulares, nunca ganharam tanto dinheiro como agora, afinal a maioria dos pais estão pagando pelos telecursos. As academias, não dava pra receber por telecurso, já abriram. Construção, quase não parou. O profissional que está sofrendo, mas entende que ainda não dá, são os odontólogos, esses sim, serão os últimos.

  • jessica

    Morrem as crianças e os cachaceiros ficam bem sem ir no bar

  • Sandraline

    Mas muita coisa pode se dar um jeito como até agora tão dando os pais com suas crianças mesmo tendo que trabalhar…. O importante é a preservação da vida, saúde pq tudo isso no tempo certo vai passar mas não de forma precipitada. Pq tem que olhar prós funcionários e professores do risco que correm TB .