O prazo de filiação partidária para os militares que querem disputar eleição termina no próximo dia 15 – três meses antes da votação do primeiro turno.

E as surpresas ainda aparecem, apesar de sabermos que o número de militares no pleito seria grande.

A eles se agrega agora o capitão Emanuel Costa, que comandou a Operação Lei Seca durante praticamente cinco anos.

Fez um ótimo trabalho, e vai tentar uma vaga na Câmara Municipal de Maceió (provavelmente pelo PSC, embora ele ainda não esteja filiado à legenda).

A eleição de 2018, quando o Cabo Bebeto se elegeu deputado estadual – o único com votos exclusivamente de opinião -, ainda terá muito reflexo aqui no estado este ano.

São vários praças e oficiais – alguns na reserva – que vão se afastar para brigar pelo voto dos alagoanos.

Entre os mais conhecidos estão o Coronel Jota Cláudio e o Coronel Ivon Berto.

Investigados pelo Ministério da Justiça têm direito de saber já o conteúdo da espionagem
Com o lucro de R$ 1,3 bi da Equatorial, Marx pede que corte de energia continue proibido
  • Sergio

    O tenente Emanuel Costa fez um excelente trabalho na PM e mais recentemente na Operação Lei Seca. Muito preparado, comunicativo, cumpridor do dever e tem um perfil educado. Chega ao fim da carreira, promovido que foi recentemente ao posto de Capitão. Tem gás para continuar prestando um grande serviço a sociedade alagoana. Que bom.
    Agora já tenho em quem votar.

    Que mais alagoanos se candidatem, com este perfil para melhor nos representar.

  • Pedro Antônio

    Pede pra ele perguntar pra mim se ele terá o meu voto. Pergunta pra quem ele e o pessoal dele que aplicaram multas no povo, multas bestas, só pra enricar o governo, se esse povo vota nele.

    • Gilberto Sandro

      Realmente

    • Chega

      Fala sério… realmente estamos um estado e numa cidade que não tem que dar certo. É lamentável ver que o egoísmo e a falta de reconhecimento dos próprios erros falam mais alto que a razão e o senso de cidadania.

  • NIVALDO

    Excelente opção de voto o Cap Emanuel Costa, com certeza será a surpresa boa nas urna para as próximas eleições, por ser um cidadão que tem um perfil direcionado para a preservação de vidas pelo trabalho de sucesso realizado a frente da operação lei seca,e com certeza virá com idéias novas para melhorar a mobilidade urbana e outros meios para felicitar a locomoção da população alagoana, tem meu voto e respeito.

  • Bárbara

    Essa é uma excelente notícia, precisamos de novos rostos na política alagoana, mas que ao mesmo tempo já tenha bons serviços prestados à sociedade, como o Capitão Emanuel!

  • Santos

    Sempre ouvi falar que tem uma Lei que diz que servidores das forças de segurança, servidores do judiciário, entre outros servidores públicos, recebem por dedicação exclusiva e não podem exercer outra profissão, mas o que eu vejo são militares da PM e CBM, servidores do judiciário, exercerem atividades fora de sua profissão, principalmente na área de comunicação, segurança patrimonial, entre outras e o Ministério Público nada faz para acabar com o descumprimento da Lei. Mas voltando ao assunto eleição de militares, Capitão Emanuel Costa será mais um “poca-urna” nessa eleição. Vai se juntar aos Coronéis Jota Cláudio, Ivon Berto e tantos outros militares que se candidatam para eleger com seus pouquíssimos votos, os chefões partidários.

  • Edson Ferreira

    Parabéns ao Cap Manoel por ter servido a sociedade com excelente trabalho, infelizmente quem andava errado não irá votar mas aqueles que puderam viajar com seus familiares em segurança terão uma ótima opção.

  • Eduardo

    Eu e minha família votamos em Sargento Moura, está na reserva remunerada e há muitos anos vem desempenhando trabalhos sociais na região Abc, Fernão e Rio Novo.
    Com certeza fará a diferença na Câmara de vereadores de Maceió.
    Antes que esqueça Cabo Bebeto também era um poca urnas, mas em 2018 obteve quase 33 mil votos, o deputado mais votado na capital.
    A onda de repórteres policiais que se elegeram e não conseguiram se reeleger acabou, a onda agora são os militares.
    Gravem bem esse nome Sargento Moura.

  • ANTONIO ARECIPPO NETO

    CORONEL JOSÉ CLÁUDIO O MAIOR NOME JÁ LANÇADO!

  • Alagoas

    Que Mané Coronel, Rapaz!
    Vamos acabar com essa besteirada de votar nesses carreiristas!
    Todo mundo agora quer uma boquinha!
    Pergunta se eles pensam em ajudar o povo com ações e políticas públicas !
    E se sabem como fazer isso!
    Querem acabar com tudo de uma vez?
    Votem logo no Rocha Lima!

  • FEIJÓ

    VEM POR AÍ MAIS UM CONCURSO ELEITOREIRO PARA A POLÍCIA MILITAR DE ALAGOAS, A FAMOSA PM. O REFERIDO CERTAME OCORRERÁ EM 2021 E COM CONTRATAÇÃO PREVISTA PARA 2022.

  • FEIJÓ

    PESSOAL, VAMOS VOTAR NO ASPIRANTE A CABO DE NOME NENAN PENSE UM HOMEM DESTEMIDO, QUANDO O ASSUNTO É SOLIDARIEDADE E AJUDAR AO PRÓXIMO. ACHO QUE EM MACEIÓ ELE VAI TIRAR DE LETRA E CONSEGUIR UNS 40 MIL VOTOS.

  • Jairo

    Estou decepcionado com o cabo Bebeto, que deixará sua cadeira na assembleia legislativa para ser candidato a vice prefeito, o que como vice prefeito ele ajudará aos militares que o elegeram? Elegemos ele para lutar pela classe como deputado, brigar por nossos direitos ,aí sai com essa de ser vice prefeito sem nem completar 2 anos de mandato. Se fizer isso vai terminar como o major Paulo Nunes.

  • Sampaio

    Já tive várias experiências com candidato militares do nosso Estado. Nenhum deles vingaram, esqueceram a tropa é se aliaram aos poderosos. Esse cabo Bebeto é um exemplo disso. Fizeram um projeto para prejudicar nossos aposentados é pensionista é ele ném aí. A discupa que foi um projeto federal. Mentira tudo isso poderia ser evitado aqui na assembleia legislativa se eles tivessem interesse ou deixasse de receber aquela ajuda do ditador.