O Ministério Público do Trabalho tem realizado um trabalho contínuo de fiscalização em hospitais públicos e privados, desde que teve início a quarentena em Alagoas.

Esta semana – de 6 a 9 – foi a vez do Pam Salgadinho, na Unidade de Saúde da Família Arthur Ramos, do Hospital Portugal Ramalho e do Hospital Escola Helvio Auto.

Em todos, foram encontradas irregularidades, mas a surpresa maior é, sem dúvida, o HEHA, referência em doenças infectocontagiosas.

Diz o relatório do MPT:

Já no Hospital Escola Helvio Auto, o MPT verificou que não há testagem preventiva nos profissionais de saúde e, aparentemente, o treinamento voltado a trabalhadores terceirizados não foi suficiente para instruí-los sobre a utilização correta de equipamentos de proteção individual (EPIs), a exemplo do manuseio e acondicionamento de máscaras N95. Dentre as irregularidades encontradas, também foi possível identificar que o local destinado ao alojamento e refeições dos empregados terceirizados não é separado por sexo e possui infiltrações aparentes e mofo.

O Helvio Auto é vinculado à Uncisal, mas não deixa de ser responsabilidade da Secretaria de Saúde.

Esposa do Queiroz segue conselho de ministro do STJ e volta para casa
Uma semana após a retomada, índice de isolamento permanece o mesmo
  • Zé indignado ,

    Obs: Preconiza o uso da máscara cirúrgica segunda recomendações da OMS, ser trocado de 2 e 2 horas. No entanto os fiscais esqueceram de perguntar quantas máscaras são fornecidas no turno de 6 , 12 e 24 horas. A realidade 6 horas ( 1 máscara); 12( 2 máscaras); 24 horas ( 4 máscaras). Não é culpa da gestão é o relacionamento e no entanto está explicado o porque do índice alto de contaminação dos profissionais da saúde…

  • Servidor da Uncisal

    Não é por falta de denúncia! Nós, servidores da Uncisal, cansamos de denunciar o que acontece lá dentro aos órgãos de controle e fiscalização, mas nada ou pouco é feito. Talvez as autoridades tenham caído nessa normalidade. Não aceitamos isso! Servidores estão sofrendo muito há anos! E não é por causa da Covid-19. É pela falta de gestão.

  • Servidor SESAU

    AAAhhh! Que novidade! E a grande Gestão da dupla Rozângela e Rosemeire!? Bem servidas e assessoradas pelo Dôtor Marcelo!? Nunca vi tanto desastre e com uma cereja do bolo promovendo um concurso público para servidores com – estranhamente – dezenas de prestadores de serviços “aprovados”. Vários “velhos amigos” desse trio! E o que o governador fez? Chamou essa galera pra acabar com a Saúde desse estado!
    Parabéns, Governador RF!!!
    E agora com Alexandre!? Inaugurando vários hospitais, lindos na propaganda e vazios por dentro! Varios servidores precarizados, tecnologia improvisada, equipamentos reaproveitados de unidades…