O vice-governador Luciano Barbosa continua acenando com a possibilidade de ser candidato a prefeito de Arapiraca.

O momento, por óbvio, não é o melhor para governo do Estado, mas o vice mantém sob forte pressão política o governador Renan Filho – em plena pandemia.

Se for mesmo candidato, Barbosa tem ótimas chances de vitória, e ele sabe disso.

O detalhe importante neste momento: ele é “um pote até aqui de mágoas” com o governador Renan Filho e com o secretário Alexandre Ayres.

O motivo: a operação da PF, no ano passado, que envolveu familiares dele com supostas irregularidades na Saúde.

Se Barbosa sair mesmo da Secretaria de Educação, ainda temos de esperar as convenções partidárias para saber se é pra valer a disputa com Rogério Teófilo, candidato à reeleição.

É possível que ele ainda mude de caminho, se o senador Renan Calheiros quiser mesmo, pra valer.

A questão é o governo do Estado em 2022, quando Renan Filho deve sair para disputar o Senado.

Sem vice, assume o deputado Marcelo Victor ou um candidato escolhido pela Assembleia Legislativa.

Só que o presidente da Casa de Tavares Bastos também tem o seu plano: a reeleição, duas vezes – de deputado e para o cargo que hoje ocupa. E o compromisso primeiro do parlamentar é com seus pares, os deputados.

Barbosa, por outro lado, acha que ser prefeito de novo é a única chance de não sumir do cenário do poder local daqui a dois anos.

Pode ser.

Reunião de ontem do governo com empresários não definiu data para flexibilização
Candidato da família Freitas em Piranhas será o irmão de Mellina
  • Há Lagoas

    Arapiraca está colapsando o seu sistema de saúde devido a pandemia do coronavírus.
    Enquanto isso, o tal hospital de campanha é só uma promessa do governo do Estado.
    Lembrando que os vários hospitais prometido por Renan – o Filho – a cidade de Arapiraca foi preterida, por simples birra política.
    Com relação a Luciano Barbosa, um gestor que faz muitas obras e quebra financeiramente uma cidade, não pode ser considerado um bom administrador. Já o imbróglio de Barbosa com os Renan’s, é só ele verificar o que aconteceu com Cicero Almeida…
    PS. Rogério Teófilo, perderá para si mesmo com uma administração pífia, o que realmente é uma pena…

  • Quarentena.

    Não tá nada fácil para o Luciano Barbosa, se eu fosse ele me contentava e ficava, não disputaria a eleição,mesmo com chance, ninguém duvide, ele pode até perder se for pra disputa, o acontecimento “queimou a sua credibilidade”, mas como politica é um jogo! quem sabe!

  • Antonio Carlos Barbosa

    A mágoa de Luciano contra Renan Filho não tem motivo, a não ser que o esquema da sua filha e do seu genro na Secretaria de Saúde do Estado, contemplasse o Governador. Luciano era ciente do risco que sua filha e genro corriam no esquema criminoso de corrupção na Secretaria, crime que deveria ser hediondo, pois é contra a humanidade. Luciano ainda tem a cara de pau de permanecer na política, aliás, como quase todos. Ficará no governo até o final do mandato. Após, irá viver além mar, em outras paragens, curtindo os investimentos bem sucedidos, degustando um bom vinho tinto alentejano.

  • Isaura

    Supostas irregularidades ???? Kkkkkkkkkkkkkkkkkk