Foi no último dia 19 de maio.

No minuto seguinte à publicação de uma matéria, por volta do meio dia, um ataque em massa de bots (robôs) tirou o blog do ar por mais de uma hora.

Uma operação de rastreamento entrou em curso pela empresa que hospeda o TNH1 e, além de restabelecer o conteúdo publicado, descobriu que pelo menos 60 mil acessos simultâneos ocorreram neste espaço, ‘derrubando’ o blog.

Na sequência, verificou-se que os acessos vinham de endereços diferentes, principalmente dos EUA, como disse o relatório que me chegou:

“A investigação apontou para um tipo de ataque por sobrecarga: bots são criados para acessar o site simultaneamente, o que provoca a sobrecarga no servidor impedindo que ele atenda aos acessos verdadeiros”. 

Não se pode dizer de que grupo partiu a ação. Para mim está claro que há várias organizações – pequenas, médias e grandes – que atuam neste território, da internet, que precisa de uma regulamentação, tratando como crime o que é crime.

Desde Andrew Keen (O culto do amador, de 2006), passando pela vasta obra de Yuval Harari, chegando ao cientista Jaron Lanier, do Vale do Silício  (EUA) – há vários outros nomes que merecem destaque neste debate -, que se demonstra a necessidade de uma legislação específica, que não admita a compreensão de que tudo é permitido na internet.

Sem freios, o homem continua sendo um animal terrível.

Bots não exercem o direito à opinião ou a liberdade de expressão. E cada vez mais são instrumentos para a prática de crimes os mais diversos.

Prestem atenção: este é apenas o blog de um jornalista de província, e mesmo assim é alvo (pela segunda vez) de organizações cuja origem ainda não conhecemos.

Bolsonaro consegue sempre ocultar os cadáveres da covid-19
Projeto que pune fake news sobre a covid-19 espera sanção de Renan Filho
  • paulo

    Tem que se buscar na lei,uma maneira de punir isso.As instituições desse país estão funcionando.Agora o que não se pode é uma instituição extrapolar seus limites pra punir algo errrado,na democracia á trâmites e caminhos a se percorrer. Ja pensou se o executivo começar a extrapolar suas funcoes pra mandar prender quem o critique de forma mais acida?democracia funciona com instituições,e as deste país pode ter vários defeitos, mas pro bem da democracia estão funcionando.achar normal que uma instituição faça uma denúncia e ela mesma investigue investigue, prenda e julgue?isso nao é republicano me parece mais ditatorial.Hoje são os do lado do executivo e amanhã?

  • Há Lagoas

    Um fato a ser ponderado: Se o blog não tivesse conteúdo, quem o atacaria?
    E se o mesmo está provocando a ira dos irracionais, é a prova mais que concreta está cumprindo o seu papel.
    Parabéns ao jornalista pela coragem!

    • Patrícia

      Concordo plenamente Há lagoas e é esse o motivo que me faz apreciar esse blog. Ricardo você faz a diferença.

  • Laskdo

    Posso estar errado, mas o Brasil se tornou ingovernável! Começou em 2014 com à reeleição de Dilma, quando o PSDB resolveu não reconhecer a vitória do PT. Agora com os rótulos “esquerda e direita “ estabelecidos vai ser difícil alguém governar com um desses lados batendo panelas. À direita ao contrário da esquerda, que viu seu maior líder ser preso e aceitou pacificamente, à direita é irracional e violenta e vcs jornalistas que se cuidem, pois vivemos “tempos de obscurantismo”. Tempos onde a busca por conhecimento e ciência dará lugar a “oráculos”, pagés e Aaiatolás.

  • Antonio Carlos Barbosa

    A ascensão do Clã Bolsonaro e seus milicianos, é um dos maiores retrocessos que o Brasil já viveu. Estamos voltando ao mundo das trevas. Com o fanatismo politico, religioso e miliciano ameaçando a paz social. Se Lula e o PT não tivessem provocado o desastre dos assaltos aos cofres públicos, o Bolsonaro não teria triunfado. Infelizmente.

  • Antonio Carlos Barbosa

    Veja hoje no noticiário de hoje, estarrecido, o absurdo da atuação do Ministro da Justiça, que impetrou um pedido de Habeas Corpus, em favor do Ministro da Deseducação. Vejam que nível de Ministro da Justiça chegamos a ter, meramente para bajular e lamber o coturno do Bolsonaro e agradar seus filhos presidentes, se transforma em advogado, o que não poderia, por ocupar cargo incompatível com a advocacia. Será que um Ministro da Justiça não tem o que fazer? que o Ministro da Deseducação procure um advogado e se defenda da sua fala contra a democracia. Todos os membros do governo hoje, são meros capachos do Clã Bolsonaro miliciano militar.
    Brasil sem futuro. Os porões fétidos dos sonhos do Bolsonaro, está em marcha, para gozo do perverso e dos seus filhos e fanáticos seguidores sanguinários.
    Vida que segue.

    • marcelo

      Meu caro, Não faz muito tempo que no caso de impeachment da Ex Presidente Dilma Roussef, quem a defendeu foi o José Eduardo Cardozo, estando o mesmo ocupando o cargo de Ministro da Justiça. Isso foi em 2016.

      • Lucas Farias

        O senhor está errado. Quando o impeachment de Dilma foi votado na Câmara dos Deputados, em abril de 2016, José Eduardo Cardozo era advogado geral da União, a quem competia a defesa dos atos do Executivo Federal. Ele não era ministro da Justiça. E após o afastamento da Dilma da presidência, Eduardo Cardozo atuou como advogado particular. Além do mais, é papel da Advocacia da União, e não do Ministério da Justiça, atuar na defesa da Administração Pública Federal. Não espalhe notícias falsas nem ignorância por causa das suas preferências ideológicas. Defenda suas ideias sem recorrer à mentira nem à desinformação.

  • Antonio Moreira

    Olhava para orelhões e pensava:
    Por que tem gente capaz de ligar para Emergências/Prestadores de Socorros para passar informações falsas?
    Por que tem gente capaz de quebrar o aparelho somente porque é de grande utilidade humana?
    Que ódio é esse? Que prazer é esse?

    Essa semana, estava dormindo, às 5:20 horas da manhã, recebi uma ligação de um funcionário da empresa de segurança eletrônica. Ele dizia que invadiram o prédio onde trabalho. Felizmente o alarme disparou, o ladrão fugiu e jogou no chão objetos de grandes utilidades…
    Será que esse ladrão NÃO recebeu o auxílio do governo de R$ 600,00 ?

    Sei que todo mundo tem seu % de defeito, mas por que de tantas raivas, invejas, maldades para com o seu próximo?
    Adorava o ORKUT(ex rede social). Tive bons momentos como se fosse uma praça pública na minha cidade do interior. Mas também fui surpreendido por gente mau, sem merecer…

    * Antonio Moreira , O verdadeiro, que não costuma expressar o símbolo do potássio(kkkk)..