A Assembleia Legislativa recebeu hoje um projeto do deputado Davi Maia (DEM) suspendendo o desconto de 14% do AL Previdência para os aposentados.

Eles pagavam zero – depois de chegar á aposentadoria – e como formam o grupo de maior vulnerabilidade, na grande maioria, em relação ao coronavírus, a matéria tem tudo para ser aprovada com urgência.

Seguindo até a lógica de outras medidas adotadas pelo governador Renan Filho (?).

A cobrança da nova alíquota começa em abril, mas a proposta estabelece a suspensão do desconto para os aposentados deve durar o tempo previsto da calamidade.

Seria um caminho para a Assembleia se redimir, ainda que parcialmente, da aprovação do projeto de Reforma do AL Previdência, em dezembro.

Sem ouvir os servidores, especialistas, sindicalistas – apenas a voz maior do Palácio República dos Palmares: “Faça-se a reforma”.

A votação tem de ser rápida, mas é possível fazê-la com a tecnologia que a casa dispõe: basta o presidente Marcelo Victor querer.

E tomara que ele queira.

Para Bolsonaro, a morte é culpa do morto
Fecoep tem chance de voltar às origens: o combate à miséria em AL
  • Aderval Viana

    Caro Ricardo Mota,
    O que os Deputados Estaduais deveriam fazer, era corrigir o projeto da Reforma da previdência que eles aprovaram, o mais cruel de todos, passando a considerar para efeito de isenção o teto da previdência, hoje 6.101,06, e não o salário mínimo, prejudicando os que ganham menos, já que todos serão penalizados com o aumento da alíquota de 11% para 14%.

  • JEu

    Concordo plenamente com o Aderval Viana… isso sim seria corrigir um erro crasso… agora, se quiserem fazer uma meia sola, que estabeleçam, pelo menos, um percentual gradativo, começando em quem ganha acima de R$ 2.200,00, ou seja, a partir dos que ganham na segunda faixa, e talvez estabelecendo alíquotas que variem de 5% até 14%, por exemplo… seria menos danoso para os aposentados e um pouco melhor para o governo… agora, continuar como está é uma maldade sem tamanho do governador mininim, sua equipe e deputados da ALE/AL…

    • Carlos

      Em parte concordo com o seu comentário Meu… Os servidores estão sem reposição salarial há muitos anos. Ele deve usar o fator do governo federal acima de seis mil reais a tabela de desconto.

  • Carlos

    Esse ilustre desconhecido vem batente nessa tecla onde o governador o desnaturado governador Renan Filho, vem pressionando o governo federal com mais recursos e isenções e no entanto dá uma de João sem Braço, em relação aos pensionistas e aposentados. Os servidores da Saúde, que perderam a insalubridade e ainda – 3% , nós salários de abril e o governador Renan Filho, no venha nos e ao vosso reino nada. Se manifestar é bom governador