O cancelamento da visita de dirigentes da CPRM em Maceió, esta semana, aconteceu a pedido da Defensoria Pública e do MP Federal.

Motivo: o geólogo Thales Sampaio e equipe, responsáveis pelo laudo sobre o afundamento de Maceió, não viriam ao encontro – apenas dirigentes da CPRM.

O cientista discordou, e com ele concordaram os representantes das duas instituições.

Eles vinham apresentar a nova Nota Técnica que defende a ampliação das áreas a serem beneficiadas pelo acordo com a Braskem.

Panelaço contra ex-amor também pode
Eu e o coronavírus no supermercado
  • JEu

    O cuidado que se deve tomar é não trocar uma crise por outra… e usar a crise do coronavírus como motivo para desviar a atenção da situação dos bairros do Pinheiro, Mutange, Bebedouro e Bom Parto… afinal, quando se trata de “lucros financeiros” tudo é possível…