O grupo palaciano que termina mais fortalecido junto ao governador – além da turma jovem e alegre – é o dos Santoro’s Boys.

Eles tão técnicos e tecnocratas atraídos para o governo estadual pelo secretário da Fazenda, num processo de escolha bastante criterioso.

Cabe a eles resolver a equação proposta pelo governador: como e de onde extrair o dinheiro necessário para obras e investimentos nas polícias.

É inegável a competência dos Santoro’s Boys na execução dessa tarefa, na frieza dos números (sem gente, que é para não atrapalhar).

Foram eles, principalmente, que elaboraram o projeto aprovado pela Assembleia do AL Previdência. Aliás, foram mais longe ao viabilizarem o acordo entre o Palácio e os deputados para que a matéria passasse – feito faca quente na manteiga – sem alteração na Casa de Tavares Bastos.

O resultado já é conhecido por todos, mas os efeitos nos bolsos dos servidores só vão aparecer depois do carnaval.

Mas que fique claro: se há méritos entre os Santoro’s Boys, a palavra final cabe sempre ao governador – em sua versão da vida real.

Heloísa Helena mantém a dúvida sobre candidatura à Câmara
FGV: Alagoas é o estado com maior desigualdade de renda do Brasil
  • Macetoso

    Mas meu caro Ricardo,a memória do servidor é breve como um sopro,daqui a pouco todo mundo esquece pode apostar eu já estou fazendo a minha parte;estou doente há vários meses kkk.

    • Meu NOME é Gal desejando rapaz: SEM cultura NEM crença OU tradição, AMO igual!

      > Servidor CONCURSADO é uma categoria, Macetoso
      … conquista CIDADANIA, une-se e sindicaliza-se!
      > Quem prefere TERCEIRIZAR em contratos sub-CLT
      … é quase outra COISA, agora escandaliza-se?
      > Que dizer da QUALIDADE dos serviços oferecidos ao CONTRIBUINTE?
      – Sindicatos desqualificados e apaniguados esqueceram dessa parte!
      # Onde houve CONCURSO PÚBLICO há profissionais preparados e fortalecidos
      – C’a precarização, ‘monitores’ em sala de AULAS que Educação poderiam oferecer?
      Como se diz de 2013 … é um ano Q num acabou ainda. – ‘Té condo?
      > Vimos então a histórica greve dos GARIS no Rio Q continua LIXO
      – e protestos dos PROFESSORES em Curitiba, reprimidos com violência [14set15]
      https://blogdosakamoto.blogosfera.uol.com.br/2015/09/14/2013-o-ano-que-ainda-nao-terminou

  • JEu

    Nenhuma surpresa, no entanto, no caso… afinal, sempre disse aqui que o Santo Horror só enxerga uma coisa: arrecadação… e o governador mininim é daqueles que odeiam o funcionário público… eis aí o quadro perfeito para a prática da maldade… sempre disse aqui que o Estado (de maneira geral) deve buscar o equilíbrio nas contas públicas, ou seja, despesas devem se igualar a recursos arrecadados… mas, o Estado não pode e não deve buscar lucros, por não se tratar de empresa comum… os lucros do Estado são, e devem sempre ser, são sociais: progresso, educação, saúde, justiça social e paz… porém, para isso, torna-se imprescindível que exista amor ao próximo no coração de todos, governantes e governados e que todos procurem uma vida virtuosa, com fundamento na honestidade, abnegação, ética, transparência, respeito às leis e às coisas boas… distanciando-se dos vícios que lhes são contrários: ganância, vaidade, orgulho, paixões degradantes e esquecimento dos fundamentos históricos e culturais que conduzem aos valores morais… por isso, um dia, ao ser interpelado por um soldado romano, que lhe disse que era seu dever obedecer aos seus superiores, Jesus lhe aconselhou a “contentar-se com o seu soldo”!!!…

  • José Márcio Ribeiro

    Blz, mas empregos…

  • Comunista Austríaco

    Só faltou comentar a arrogância, petulância, desconhecimento das demais áreas da fazenda e a síndrome do pequeno poder, devido a proximidade do todo poderoso, dono do prédio em eterna reforma.
    Plus: isso pra não falar dos arrumados, cabides de emprego, entre tantas outras coisas que só acontecem no pasto distante da sede.

  • Kaka

    Sabe lá Deus a que preço tudo isso custou!!!

  • Carlos

    Estamos diante de um Narcisismo perverso… desprovido de empatia. Não é atoa que sempre me refiro o desnaturado. Pesquisar como se comporta uma pessoa com essa característica Narcisismo perverso….