Esta é a terceira Operação da Polícia Federal na Secretaria Estadual de Saúde durante o governo Renan Filho – considerando também o primeiro mandato.

A inaugural envolvia a pasta em um esquema de curso de pós-graduação da UFAL – que foi no rolo compressor da força da grana -, ainda em maio de 2017.

Em agosto do mesmo ano, os alvos foram a ex-secretária Rozangela Wyszomirska e equipe, acusadas de conduzir um esquema fraudulento de compras propositalmente fracionadas.

Agora, veio a Operação Florence Dama da Lâmpada.

Já há quem defenda, na própria secretaria – em tom de blague-, que a PF tenha por lá, na sede, uma porta exclusiva, por onde os agentes possam entrar sem aviso.

 

Até quando o governador e o vice vão calar sobre as operações da PF?
Secretário de Saúde já sabia da investigação da CGU no HGE
  • niv_mace@hotmail.com

    Uma vergonha isso,por isso que é essencial a prisão em segunda instância para deixar esses ladrões do erário um bom tempo na cadeia,mas como esse povo é forte na política, não vão ficar preso não, prisão é para rafamé.

  • CICERO FREDERICO DA SILVA

    Se não tem, deveria ter uma investigação mais profunda com o dinheiro FEDERAL.
    DINHEIRO carimbado que essa gente desonesta usa pensando que é deles.
    Esquece que é dinheiro do povo.

  • Coriolando

    Caro Ricardo Mota.. Na minha visão, se colocar para Federal entrar lá, 10 portas , e uma sub sede da Federal lá dentro com uma sala , e plantão 24 horas na secretaria de saúde , os homes de Preto das letras douradas não vai dar conta dos ratos que lá existem !

  • Jota

    São 15 anos de concursado, sempre trabalhando na sede da SESAU, e a cada gestão sempre um grupo de comissionados que já vêm prontos para ganhar dinheiro fácil, não tem pra onde…A vergonha fica para nós efetivos administrativos, das chamadas atividades meio. …Cenas dos próximos capítulos…

  • sertanejo cagota

    Pra pobre as regras da lei são uma, para os poderosos, outra…concordam?