O vice-governador e secretário de Educação Luciano Barbosa está fazendo uma “pesquisa” particular para saber de onde partem informações e notas críticas a ele, publicadas principalmente em blogs alternativos da imprensa local e que se multiplicam nas redes sociais da turma da seara política.

A desconfiança de Barbosa é de que as matérias divulgadas – algumas cheias de adjetivos – são “fogo amigo”. Ou seja: oriundas de dentro do próprio governo.

O perigo é o ex-prefeito de Arapiraca, homem de confiança do senador Renan Calheiros, cometer injustiças.

É lembrar que Barbosa só se livrou de uma saraivada impiedosa na Assembleia Legislativa, onde não fez bons amigos, graças à interferência e ao trabalho árduo do secretário Fábio Farias, do Gabinete Civil.

Ainda que as notas sejam consideradas por ele demasiadas e injustas, o vice precisa ampliar a relação dos seus possíveis detratores para não errar o alvo.

Mobilização contra privatização da Casal pode ter chegado tarde demais
Cai para R$ 190 milhões o valor que Alagoas receberá do leilão do pré-sal
  • Meu NOME é Gal desejando rapaz: SEM cultura NEM crença OU tradição, AMO igual!

    É como evocam fogosa-MENTE os Três do NORDESTE dsd 1972 … Rabo de palha? … rsRs
    > Deixa a PORTA encostada, de madrugada vou passar por lá
    – Sozinho pra te visitar, c’a fogueira e CORAÇÃO acesos, mÁ nê[email protected]?
    > Ponha a CAMA e apronta a mesa, vamos festejÀ nús e ligad’u$!
    – Deixa o povo falar … NEM ligue pá língua do povo, sô + as 2 de nóiX! [1989]
    https://youtu.be/hrr81Te9r1c

  • Há Lagoas

    Barbosa tem a empáfia como modus operandi, mas não deve ser considerado um tolo. Mas diante desta caça as bruxas nos corredores palaciano, eu me pergunto: ele realmente acredita que tem amigos?!
    Talvez Antoine de Saint-Exupéry tenha dado a ele a eterna procura de encontrar um…

  • JEu

    Deve lembrar que sempre se colhe o que se planta… não tem outra saída… a PF e o MPF que o digam…

  • Maria

    Ao mesmo tempo que o ofício jornalístico tem o dever de revelar as mazelas,de cobrar do poder público avanços de toda ordem,de fiscalizar o bom andamento social em todos os seus eixos,eles também mobilizam para o o justo. Em um país que se diz democrático a população tem o direito de expor sua opinião,pois são os mesmos que sofrem diariamente com essas mazelas. Minha humilde sugestão é que o secretário leia “Os ombros suportam o mundo” de Drummond.

  • Zé indignado

    Quando se faz educação pequena pensando em politica o resultado não podia ser outro.

  • Carlos

    O desnaturado governador Renan Filho, ´´e oposição do governo Bolsonaro…Só tem alguns detalhes em comum. Privatização, não reajustar salários dos servidores,perda da estabilidade,aumento da alíquota de 11%,para 14%,, reforma da previdência, reforma econômica, não promoções dos servidores públicos entre outros…Se alguém souber o que diga o governador de Alagoas e oposição a que a Bolsonaro?

  • Zé indignado

    Exatamente Carlos, acho que o governo federal, está só copiando esse pacote de maldade do atual governador “desnaturado”do nosso estado de Alagoas.