E em breve. 

É o que garante um integrante do grupo ligado ao prefeito Rui Palmeira.

É notório que as relações do vice-prefeito de Maceió com o deputado Arthur Lira não são lá das melhores – para dizer pouco sobre um tema tão delicado.

No ninho tucano, ele projeta maiores possibilidade de disputar as eleições do próximo ano ou – quem sabe? – de 2022.

Comportamento público de Tutmés Airan o torna um "alvo fácil"
Eleição de Conselheiro Tutelar de Maceió vira prévia de 2020
  • MAURO

    esse ai é um zero a esquerda, nunca fez nada por mació e nunca vai fazer. apadrinhado por Biu de lira, AGORA JA ERA MEU FILHO…
    NUNCA MAIS GANHA PRA NADA

  • Cesar

    PSDB novamente? Marcelo Palmeira novamente? Acho que Maceió já sofreu o que tinha de sofrer e não merece mais.

  • Há Lagoas

    “Pobre” Marcelo Palmeira…
    No caso de Rui Palmeira, é necessário separar o político da pessoa, o primeiro têm mostrado uma letargia – que ultrapassa o próprio Téo Vilela – já a pessoa, parece-me ser boa gente. O problema é que a cidade precisa da figura política, que foi eleito prefeito, mas neste segundo mandato está se diluindo, a ponto de – muito provavelmente – deixar a Capital nas mãos do clã Calheiros.
    Quanto ao vice? “Pobre Marcelo Palmeira…

  • JEu

    Esse negócio de “mudar de sigla” já se tornou algo muito enfadonho, pois o que interessa não é o perfil, programa, fundamentos ou orientação do partido e sim que oportunidades de eleição, reeleição, achar uma boquinha, etc, etc, é o que motiva um politiqueiro a mudar de sigla partidária… então, perdeu-se a essência para ficar a “excrecência” da politicagem… até quando, meu Deus…

  • Rosa

    Marcelo é uma ótima pessoa muito melhor que esse Jhc