Teve grande repercussão – ao modo – nas redes sociais a foto do governador Renan Filho, depois do desfile do 7 de Setembro, quando ele se postou ao lado dos manifestantes do Grito dos Excluídos.

Sem dúvidas, um ato político de enfrentamento civilizado, em um tempo em que a fúria fala e a coragem quase sempre cala, em que os líderes políticos não assumem posições e são empurrados pelos gritos emocionais das multidões cada vez mais eventuais (e líquidas) do munto virtual.

O detalhe da foto: a palavra de ordem “Lula livre” está escrita numa bandeira do Movimento LGBT.

Renan Filho, ao descer e ir ao encontro do Grito dos Excluídos, sabia que correria o “risco” de se ver envolvido em um bombardeio dos redistas atuantes/militantes. Ao que parece, foi um ato espontâneo, sem a preparação autorizada do seu guru político-eleitoral.

Mostrar-se disposto a enfrentar a turma do “pega, mata e come”, entretanto, não deixa de ser um gesto importante, principalmente quando – entre outras coisas – o prefeito do Rio de Janeiro, a mais conhecida cidade brasileiro em todo o mundo, fez um papelão internacional na Bienal do Livro.

E, cá pra nós: acho que devem ser temas recorrentes da psicologia e da psicanálise o pavor e o ódio que alguns personagens públicos manifestam em relação aos que lhe são diferentes.

A pergunta é: eles são de fato diferentes ou a diferença está nos mistérios não (auto) revelados da alma humana?

 

Setembro Amarelo: Brumadinho também serve de alerta para Maceió
Collor se tornou o adversário favorito dos majoritários locais
  • silvio

    Quanta inocência de um reporte quando afirma “foi um ato espontâneo, sem a preparação autorizada do seu guru político-eleitoral. não deixa de ser um gesto importante”
    Me engana que eu gosto.

  • Antônio Carlos de Almeida Barbosa

    Pois é Mota, como muito bem anotado acima, a diferença está nos mistérios, já revelados pelos atos, nas almas dos homo fóbicos, que querem matar o espelho.

  • Maria

    É só mais uma estratégia do governador que assim como o presidente resolveu fazer o seu marketing de “Independência”no momento em que ambos tem sentido na pele o aumento da reprovação dos respectivos governos. Passar a ideia de que quem não está a favor de Lula/Bolsonaro está contra o Brasil. Viva a democracia!

  • Rotary

    O nosso governo sabe que não tem espaço para manobra no campo eleitoral devido a seus atos e de seu pai, então ele se alia cada vez mais aos únicos que o aceitam e que fique por lá, não queremos este tipo de gente para contaminar nossa imagem.

  • Carlos

    Já pensou se fosse uma manifestação em favor do Bolsonaro a esquerda com iria se comportar? …. Só podia ser filho de quem do senador traidor e entre outras coisitas…

  • JEu

    Não vejo problema nenhum em o governador mininim se juntar aos que lhe são “iguais”: Lula Livre… agora, quanto ao problema da bienal do livro no Rio de Janeiro, o problema não é que os livros sejam vendidos… porém precisa que sejam classificados conforme a idade e colocados em local onde crianças não tenham acesso… essas coisas devem ser comercializadas a partir de jovens de 16 anos, já no ensino médio, onde suas “escolhas” já tenham sido definidas e não com crianças em fase de descobrimentos e afirmação da personalidade… só isso… vamos dar tempo ao tempo para que as coisas se definam conforme as leis naturais…

  • José Carlos Silva

    A questão não é da bandeira ser do movimento LGBT. Esse não é o caso.

    O caso e o Lula Livre escrito nela. O caso é a apologia ao bandido preso. O caso foi a abertura ridícula do desfile de sete de setembro com a bandeira Lula Livre e mais um sem número de faixas que não tinham nada a ver com a data e muito menos com a festividade.

    Não foi o ato pensado de se ir tirar uma foto com a minoria. Foi a foto com a menção de Lula Livre. Foi a bagunça de manifestantes na abertura do desfile.

    A abordagem deveria, no meu modo de pensar, ser feita de outra forma e não puxando para a dita minoria.

  • Carlos

    Por falar em politica aqui em Coruripe dois forasteiro da Família Beltrão podem disputar às eleições de Coruripe Marcelo Beltrão irmão do Prefeito de Penedo e Maycon Beltrão ex- prefeito de Feliz Deserto estão fixando residência em Coruripe para uma disputa do tanto faz com tanto fez. Quem ganha fica tudo em casa.

  • Há Lagoas

    Interessante…
    Não sei se faz bem a imagem do sr. Lula ter um Calheiros o defendendo, ou se faz bem a imagem do Calheiros filho vinculado ao Lula. Mas parece o abraço dos afogados.
    De qualquer forma, respeito a livre manifestação do governador, até porque, sei que defende um seu igual.

  • ALAGOANO

    Os psicólogos dizem que estudos apontam que a homofobia está ligada a um desejo reprimido.
    são os estudos e faz sentido isso, então cuidado homofóbicos, você quer ser aquilo que detesta.

  • Carlos

    Será preconceito nas escolas a matéria heterossexual ou liberdade de ser diferente. Acho que a sexualidade de cada um deve ser respeitada caro jornalista e não propaganda que a minha preferência sexual é melhor e no entanto venha para cá. Na adianta já nascemos com as nossas preferência sexual e sim não assumimos vai ser infeliz na vida…

  • Fernando Lima

    O caro jornalista não perde a oportunidade de criticar os que apoiam Bolsonaro, mesmo que o assunto seja local, se não bastasse o petista e presidente do TJ, Tutmes Ayran, postar uma foto de uma bandeira Lula livre, agora o Governador tb o faz, ou seja, o executivo e o judiciário, reverenciando um presidiário, julgado e condenado em todas as instâncias, é porque Bolsonaro não é vingativo, e é patriota, senão deixava essa terra dos Marechais a pão e água.

    Resposta

    Tem alguma referência ao presidente ou foi você que se identificou em algum trecho do texto?

    • Junior

      Vc esqueceu do” trânsito em julgado”, em um país onde os poderes deveriam serem independentes conforme a CF88, decisões políticas são tomadas no âmbito judicial. Estou com um processo na área civil a maís de cinco anos e nem tão pouco chegou em 2- instância, porque no caso referido se condenou tão rápido sem respeitar as instâncias correspondentes até o final do processo? Isso é fato! Mas, o Brasileiro precisa de super heróis de respostas rápidas e de bastante senso comum. Brasil “país da piada pronta”.

  • Fernando

    Ricardo, parabéns pelo belíssimo e coerente texto !

  • edvan

    Em relação ao Rio de Janeiro, seu Ricardo Mota e a proibição do livro na BIENAL, duvido muito que você e os que proibem a venda, compre e presenteiem seus filhos, sobrinhos e Netos, porém, levanta uma bandeira, para que o filho do vizinho e os que nao sejam parentes, adquiriram esses exemplares. Lembrando, que tal livro, sao oara crianças de 10 anos, falei crianças. Em relacao a Alagoas, Tal pai, Tal Filho………….Defendendo que lhes beneficiou.

  • Thiago

    Renan Filho estava ali como representante maior do nosso Estado, postou uma foto com um cartaz de um criminoso condenado. Absurdo! Por mais que tenham muitos que gostem do Lula, o fato é que ele é criminoso e condenado, Renan Filho não poderia fazer isso. Engraçado sua visão e dificuldade para falar isso, Ricardo. Você sempre foi em minha opinião o melhor formador de opinião do nosso Estado, alguém que a gente pode acreditar e julgar como isento, mas depois que o Bolsonaro ganhou, parece que se perdeu nos comentários. Abraço e Reflita.

  • Rosi

    Um governador apoiar um ex- presidente que está preso por corrupção e é conhecido mundialmente por isso, já indica seu caráter.

    • Pobre Alagoas!

      Falou tudo Rosi! Os iguais sempre se defendem! Principalmente os corruptos!

  • Marcelo

    O Alagoano resumiu tudo

  • Lene

    Perfeito!!!

  • Isaura Pádua Campos

    Interessante notar o governador tão zeloso dos direitos de um condenado, Lula, e tão agressivo à postura profissional de um repórter no exercício de sua profissão, Arnaldo Ferreira. Afirmar que o governador mostrou-se disposto a enfrentar a turma do pega pega é exagerar demais. Alagoas viu do que nosso governante é capaz, num cenário não controlado e amigável, quando contrariado, ou melhor, quando lhe perguntam o que incomoda.

  • rotary

    Deve ser um perfil falso ou um puxa saco de plantão em ALAGOAS estão em todas as esquinas.

  • Sérgio Eduardo

    Conversa mole. Os Calheiros sabem q no governo bolsonaro eles n arrumam nada. Aí pra agradar o eleitorado nordestino onde o PT ainda é forte eles tiram essa foto. É só lembra q na semana passa Renan pai estava ao lado de haddad e Dilma na câmara dos deputados. O filho segue o PAI

  • sertanejo cagota

    O problema aí não foi a bandeira LGBT. O problema foi está pedindo a soltura de apenas um desviador de dinheiro dos brasileira em particular. Por que, também, não pede a soltura dos mais de 700 mil presos Brasil afora?