Foi o Brasil grosseiro, machista, que na verdade despreza e humilha as mulheres – o quinto país mais perigoso do mundo para elas -, que se manifestou em crítica à esposa do presidente Emmanuel Macron, da França.

A professora de Letras e Literatura Brigitte Macron é respeitada no seu país como intelectual e primeira dama, não merecendo ser motivo de chacota em redes sociais, principalmente quando operada por misóginos, em mensagem compartilhada por um presidente (seja de que país for).

Fica uma dica do filósofo alemão Friedrich Nietzsche para aqueles que acham que a mulher quando envelhece dever ser trocada por outra, novinha em folha:

“Ao iniciar um casamento, o homem deve se colocar a seguinte pergunta: você acredita que gostará de conversar com esta mulher até à velhice? Tudo o mais no casamento é transitório, mas a maior parte do tempo é dedicada à conversa.”
E cá pra nós, gente: um idiota nas redes sociais é apenas um idiota nas redes sociais.

(‘As redes sociais deram voz aos imbecis’ – Umberto eco.)

JHC está prestes a ganhar dois importantes vereadores em Maceió
Pagando o 'dízimo' do Levy, deputados estaduais querem deixar o PRTB
  • Há Lagoas

    Definir parâmetros de beleza ou jovialidade como primordial em detrimento de caráter, é pura canalhice.
    Trocar o velho pelo novo, apenas para satisfazer o ego, ou saborear a juventude do cônjuge, e esquecer-se da própria finitude, é algo cada vez mais natural em nossa sociedade hedonista.
    Neste quesito, Bolsonaro e Brigite Macron estão de mãos dadas, abandonaram seus respectivos cônjuges e hoje pousam a tiracolo com suas jovens beldades…

  • Meu NOME é Gal desejando rapaz: SEM cultura NEM crença OU tradição, AMO igual!

    Êita capitão ANTENADO em novinha … num me xame de XIFRE! [16ago19]
    > Michelle 40 duplamente arrasada: calote da MÃE aos 60, idade do BoZo … áÁfFfff!
    – FamíGlia achegada à contravenção ancestralmente: AVÓ aos 80 presa por tráfico.
    https://www1.folha.uol.com.br/poder/2019/08/michelle-esta-arrasada-diz-bolsonaro-apos-revelacoes-sobre-familia.shtml

  • Sertanejo ENLUTADO esperando Justiça e PAZ com FÉ

    Essa cabrão gosta de mulé meRmo? … Võte!
    > Angela Merkel agiu pra retirar a tese de Macron: crise ambiental brasileira X Acordo comercial
    – União Europeia e Mercosul envolvem o Brasil no debate amazônico. Telefonaria pra Bolsonaro!
    > Lero vai, lero vem, Macron ficou isolado. – E o BoZZo num atendeu, coisa de homO? [26ago19]
    – BoZZo recusa ajuda pra deter QUEIMADAS: 20 milhões de euros, ~R$ 90 milhões. Uma mixaria!
    https://josiasdesouza.blogosfera.uol.com.br/2019/08/26/merkel-oferece-aula-de-pragmatismo-a-bolsonaro

  • Apareceu a margarida, MOROu? – Olê, olê, olá! – ÁS na manga ou cavalo de Troia?

    É brejo agrestino, diria João da `PRAIA (1950-1988) em Arapiraca … [26ago19]
    Seu Antônio Jorge Zacarias, sorveteiro de RUA em Copacabana-RJ, música com Jacques Ayres, PRODUTOR.
    > Eu NUM vô na sua casa p’Vc num Y na minha: tens boca grande de comer minha galinha, apud R Azevedo.
    https://reinaldoazevedo.blogosfera.uol.com.br/2019/08/26/olavo-e-eduardo-detonam-deltan-serve-a-esquerda-e-o-paralelo-pt-lava-jato
    > Namorei Joana: moro na Tijuca e ela em Copacabana … é BARRA pra miliciano!
    > AMOR tão grande nunca e desfaz: bicharada e boi já é D +, abre o olho rapaz!
    – Aonde a VACA vai, o boi vai atrás em o2′ 39″
    https://youtu.be/CIcPInBskP4

  • Martha Aulete

    Bom…,
    Tem gente que adora falar mal de jornais e noticiários.
    Se jornal (e se o jornalismo) são desonestos, é preciso provar.
    O importante no entanto, no momento é o seguinte (hiper importante, primordial): Sr. Moro é HERÓI brasileiro. Nº 1.
    O PT é Kitsch, picareta e vigarista. O PT é brega. O PT é Ersatz. Moro é elegante.
    Nesse governo atual Sr. Moro é o mais brilhante de todos. E o mais PRI.MOR.DIAL.
    Querem verdade? Eis aí uma verdade gritante!!

  • Maria

    Infelizmente nosso país está andando na contramão de todo o resto do mundo e esse episódio infeliz foi a gota d’agua para pessoas que tem sã consciência do que é certo e errado.Parabens ao presidente Mácron…”Como sinto muita amizade e respeito pelo povo brasileiro,espero que tenha rapidamente um presidente que esteja à altura” e quanto ao mandatário do nosso país eu sinto muito por ele limitar a própria esposa a beleza e juventude.

  • Antônio Carlos Barbosa

    Bolsonaro não tem a menor noção da liturgia do cargo de presidente. É deselegante, não possui boas maneiras, faltou-lhe educação doméstica e cultural. A declaração no comentário do imbecil, foi resposta de outro imbecil.

    No final das contas, Bolsonaro é desprovido de qualquer relacionamento humano, e sim um desumano, pois seu herói e exemplo de ser humano a ser seguido, é o do torturador sádico e assassino Coronel Brilhante Ustra, que Bolsonaro tem em sua cabeceira de cama, o livro do torturador.
    É o que basta.

  • Eduardo Lopes

    Bolsonaro 2022

  • JEu

    Já o disse aqui, mais de uma vez, e repito: não votei no Bolsonaro por ele ser a pessoa mais educada, cordial, diplomática e outras “delicadezas” mais… votei nele porque ele identificou os anseios do povo brasileiro por combate à corrupção e defesa de determinados valores da comunidade cristã no Brasil, que estavam sendo destroçados e jogados na cesta do lixo por aqueles que queriam, e querem, destruir a nação brasileira e transformá-la em mais uma Venezuela ou coisa pior, como a Coréia do Norte… e já sabia, de antemão, que não seria uma tarefa qualquer, fácil de fazer com um simples estalar de dedos… por isso votei nele, a ainda votarei, se preciso for, desde que não surja, no caminho um Mensalão, Petrolão, BNDESão ou Friboisão… aí, vou fazer o que for possível para vê-lo sofrer um impeachment, como ocorreu com a Dilma. Agora, é preciso entender que o governo Bolsonaro, doa em quem doer, vai até o último dia de seu governo, e quem quiser que chore à vontade… e sobre o governo Bolsonaro, queimadas e defesa da Amazônia e mudanças climáticas, li alhures:
    Bol.uol.noticias – 26/08/19
    Para Järvensivu e seus colegas, os Estados e governos são os únicos atores “com legitimidade e capacidade” para tocar essa série de mudanças, porque “obviamente isso precisa de algum tipo de planejamento e coordenação e também um financiamento que não estamos vendo agora”. De qualquer forma, se considerarmos a maior potência econômica do mundo, os Estados Unidos, o governo de Donald Trump não só não está destinando recursos para concretizar essa transição e reconstrução ecológica como está insistindo em formas de energia altamente poluentes, como a indústria de carbono. Em algumas ocasiões, inclusive colocou em xeque a existência das mudanças climáticas. O economista considera que a chegada desses tipos de governos ao poder, que negam os efeitos das mudanças climáticas, se deve, em parte, ao fato de os “partidos progressistas não terem proporcionado respostas suficientemente boas para resolver os problemas de desigualdade e ambientais”. “Portanto, houve mais espaço para movimentos populistas que oferecem soluções fáceis e que, na realidade, não são soluções.”… – Veja mais em https://www.bol.uol.com.br/noticias/2019/08/25/por-que-alguns-estudiosos-dizem-que-o-capitalismo-como-conhecemos-esta-chegando-ao-fim.htm?cmpid=copiaecola.
    Então não adianta nada ficar lamentando o leite derramado, pois, quando estiveram no poder por 18 anos (contando com o Temer…) os tais defensores de tudo e de todos não foram capazes de mudar nada para melhor, sobrando, no final de seus governos, somente corrupção, desemprego, destruição de valores morais e éticos e outras coisas mais, como o ataque frontal contra crianças nas escolas (a famigerada ideologia de gênero) e o ataque contra a família cristã. Agora vão ter que engolir o Bolsonaro por mais três anos, pois o primeiro ano está quase no final, e se querem fazer alguma coisa de útil, então passem a ajudar o país e não tentar destruí-lo tentando destruir o governo Bolsonaro.

  • Lucas Farias

    Prezado Ricardo, expus aqui meu humilde entendimento de que Bolsonaro incorreu em diversos tipos de crime de responsabilidade somente neste episódio da Amazônia. Violou tratados internacionais de proteção ambiental (art. 5º, item 11); praticou abuso de poder e desvio de finalidade ao cortar 95% de investimentos em políticas ambientais, determinar punições a fiscais ambientais que aplicaram multas, paralisar os processos de demarcação de terras e de reservas (art. 7º, item 5); incorreu em crime contra a segurança interna ao permitir, de forma tácita e também expressa, a infração de lei federal, ao estimular o avanço de madeireiros, grileiros, mineradores e milícias privadas sobre reservas e áreas de proteção ambiental, prometendo anular sanções para combater a indústria da multa, além de não ter adotado em tempo hábil as providências de ofício para investigação e punição de culpados (art. 8º, itens 5, 7 e 8); cometeu crime contra a probidade na administração, ao ameaçar com retaliações funcionários do IBAMA, da FUNAI e do INPE, cujo diretor foi demitido apenas porque cumpriu a lei e divulgou dados que não agradaram ao presidente (art. 9º, item 6); agiu em desacordo com a dignidade, o decoro e a honra do cargo, o que na verdade sempre fez em sua vida política (art. 9º, item 7); também cometeu crime contra a guarda e a conservação do patrimônio nacional, ao desmantelar o sistema de fiscalização do meio ambiente e desprezar a destruição da Amazônia (art. 11, item 5). Não somente as ações deliberadas de Bolsonaro são prejudiciais ao povo brasileiro, mas até suas falas repercutem no mundo dos fatos, estimulando ódio, violência e ignorância e, no cenário internacional, resultará em sanções econômicas e diplomáticas, afetando a confiabilidade de investidores e prejudicando as exportações do agronegócio, que tanto apoio lhe deu. Esta é a lição da realidade aos ignorantes e ingênuos que acham graça no “mau humor” do presidente, como se não houvesse consequências desastrosas para cada loucura manifestada por Bolsonaro. Logo, a duração da permanência de Bolsonaro no poder é diretamente proporcional à destruição do que nos resta de processo civilizatório, direitos sociais e higidez social e econômica. Apesar disso, o impedimento de Bolsonaro depende de uma tempestade perfeita: os crimes estão configurados e a perda de apoio popular se expande a cada dia. Não vejo, no entanto, uma articulação política consistente das lideranças da oposição, com o setor econômico produtivo, entidades da sociedade civil e representantes da classe trabalhadora, para empreender esse movimento. Com o aprofundamento da crise econômica e a percepção popular sobre o caráter perverso das medidas regressivas que atentam contra direitos sociais, trabalhistas e previdenciários, este cenário se desenha, muito embora, como você sabiamente costuma dizer, tudo pode acontecer, inclusive nada. Abraço.

  • JEu

    Aos insatisfeitos, sempre resta o juris esperneandi… coisas de crianças que deixaram cair o pirulito…rsrsrs… até 2022…

  • ANSELMO CARVALHO DE OLIVEIRA

    Prezado Ricardo, sou sergipano radicado em Alagoas hà 23 anos, o acompanho diariamente no tnh1 e Rádio Pajuçara, mesmo com a crise dos meios de comunicação do estado. Por que não mudar a vinheta do rádio de 12 e dez notícias para 12 hs e qualquer minuto?

    Resposta
    Aceito de bom grado a justa provocação.
    Saudações democráticas,
    Ricardo Mota