O deputado estadual Antônio Albuquerque, um dos mais antigos integrantes da Assembleia Legislativa, ‘consagrou’ a expressão “tabica e bala”, quando se referiu ao MST, na década de 1990 (seria a sua reação ao movimento.)

Na semana passada, AA, que já teve sonhos majoritários, voltou a distribuir “tabicadas” verbais em grandes proporções.

Numa única sessão da Casa de Tavares Bastos, no último dia 7, o parlamentar acusou de abuso de poder o MP Estadual, Ibama, IMA, Polícias, entre outros órgãos de fiscalização do Estado (dos três níveis).

Foi ainda mais duro com a SMTT, a quem acusou de “furto” por causa do uso de guinchos de empresas privadas para recolhimento de carros.

Ninguém quis se manifestar sobre as tais “tabicadas” (é verdade que Rui Palmeira desdenhou, mas parou por aí).

Até agora, só o silêncio.

Em tempo

Na sessão de hoje, o deputado AA manteve as críticas à SMTT, mas pediu desculpas pelos excessos do seu discurso acima narrado.

 

 

 

Fim dos pardais nas rodovias é desordem sem progresso
O alerta do especialista sobre a gravidade do Sarampo
  • Fernando

    Silenciam porque talvez não valha a pena dar holofote para Taturana. O deputado está carente de atenção, que ninguém nunca mais lhe deu…

  • Há Lagoas

    Se olharmos a própria trajetória de vida do tal deputado – ou melhor, de sua família – perceberemos que a sua permanência na política, seu incansável trabalho em amealhar cargos para seus parentes – inclusive sua irmã – sua forma iracunda de desdenhar inclusive dos poderes constituídos em nossa República das Bananas, e as gravíssimas denuncias, fica claro que o temor de seus oponentes não é simplesmente um ato de covardia, mas de sobrevivência.

  • Porfirio

    Se tivéssemos uma justiça séria, ele nem seria mais deputado.!

  • JEu

    O deputado já esqueceu a “cabeçada” que, recentemente, recebeu de um boi em sua própria fazenda e teve que ser atendido na unidade de emergência do agreste… creio que é coisa da lei de “causa e efeito”, afinal, foi um dos defensores da “cultura da vaquejada”… ele que ponha as barbas de molho, pois quando a Lei começa a avisar, é porque está prestes a ser “cumprida”…

  • HMCR

    Observação perfeita, Fernando.

    Vivemos, acredito, novos tempos. A velha política está definhando. Cego é quem não quer enxergar…

  • Luiz Antonio

    O silêncio e a neutralidade são sinais de sabedoria muitas vezes! E reagir com energia à movimentos terroristas que ameaçam a propriedade privada e a integridade física dos trabalhadores, é uma obrigaçao cívica , na minha casa também, entrou sem convite, é chumbo nas canelas!

  • Maria

    “Diante de um perigo qualquer,o ser humano é paralisado pelo medo. Este o leva a medir o tamanho do problema e o de suas forças e decidir se ataca ou foge. O processo decisório será maduro quando levar a uma atuação corajosa ou será imaturo quando levar a uma atuação covarde ou irresponsável”.

  • Carlos

    Em alguns questionamentos ele pode até ter razão e mesmo sendo da turma, faça o que digo mas não faça o que eu faço. Na questão dos guinchos existe sim sem generalizar que um jogo de comissão no disque guincho alguns agentes ganha um trocadinho e o pior o carro na está estacionado irregular ?… OBS,FORA DOS 5 METROS PERMITIDOS EM ALGUMAS SITUAÇÕES E FICA DIFÍCIL O PREJUDICADO PROVAR SEM AS FOTOS

  • amorim

    Nós habitamos num estado em que as “arturidade” são as mesmas, seu fulano, o filho de beltrano, que é coroné sem patente, sabe com quem tá falando? Essa cultura está enraizada na mente de muitos senhores, e nós contribuímos para tanto. Pouco se faz para uma mudança na hora oportuna, vamos continuar a nossa saga, até quando Deus quiser, porque o povo gosta assim, não todos, mas muitos adoram um benefício particular. Precisamos buscar a nossa independência. Viva Alagoas, viva o Brasil!!!

  • ALAGOANO

    Ele deve ser da turma da terra plana, como os demais deve sentir uma saudade danada da idade média.

  • Paulo

    Infelizmente o povo continua votando nessas figuras e idolatrando políticos que durante sua trajetória só buscam os seus interesses. Não adianta protestar se o povo gosta desse tipo de “representante” e Alagoas é o maior exemplo disso.

  • Lucas Farias

    Prezado Ricardo, interessante notar que os políticos costumeiramente adeptos da violência física e verbal no trato de problemas sociais, de apelo à Lei De Talião (olho por olho, dente por dente), de rejeição aos direitos humanos, ao devido processo legal e às regras de civilidade, de exaltação da barbárie com ideias do tipo “bandido bom é bandido morto”e afins, não raras vezes suspeitos de envolvimento com pistolagem, são em boa medida os que se preocupam em fabricar uma imagem de cristãos e pessoas de bem. Curioso, não? Um abraço.

    • Hélio

      Vamos falar também do que está dando certo no país, com palavras positivas e de entusiasmo…l

  • Pedro Antônio

    Cadê Paulão?

  • Alagoano Crítico

    Acredito que se estes órgãos de fiscalização estão incomodando tanto o nobre deputado, é sinal de que, apesar dos ´´péssimos serviços (públicos) prestados por tais instituições, as leis estão se fazendo cumprir com imparcialidade, através de gestores indicados tecnicamente e não mais “politicamente”, nas três esferas, … e isso é um excelente indicativo de mudança… O indignado deputado precisa entender que os tempos mudaram, que situações difíceis já não são mais resolvidas na base da “tabicada”, que as redes sociais, apesar do seu lado obscuro, estão dando voz ao povo e de que o alicerce da velha política, começa, finalmente, a ruir, para desespero de alguns poucos privilegiados (políticos e apadrinhados), que deverão ser convidados a se retirar do setor público, a seu tempo, a cada eleição.

  • Bob

    Ricardo, tenho a impressão que a deputada Cibele respondeu ao A. Albuquerque no mesmo dia no plenário.

  • Gianfrancesco

    E o sujo fala do mal lavado?

  • Ribamar

    A velha política está com sangue novos com seus filhos, um deputado federal e outro como secretário do renan, ou sej, se antes tinhamos um taturana agora temos 3 sanguessugas

  • FABIAN

    MAIS, UMA VEZ VEM A TONA, A PÉSSIMA ADMINISTRAÇÃO DO PREFEITO DE MACEIÓ: RUI PALMEIRA. ALÉM DOS PARDAIS IRREGULARES E SUSPENSOS PELO MP, O ATUAL PREFEITO VEM DEIXANDO UM PÉSSIMO LEGADO DE ABERRAÇÕES JURÍDICAS E TAMBÉM A FALTA DE VALORIZAÇÃO DOS FUNCIONÁRIOS PÚBLICOS MUNICIPAIS, DEIXANDO-OS HÁ MAIS DE 3 ANOS, SEM AUMENTO SALARIAL!!!! AONDE FOI PARAR OS 70 MILHÕES DE REAIS, DO PROJETO:”DE FRENTE PARA A LAGOA”??? COM A PALAVRA O PREFEITO DE MACEIÓ??? AONDE ESTAVA O ATUAL PREFEITO DE MACEIÓ, QUANDO FOI CONVOCADO, PELO “SOS PINHEIRO”, PARA RESOLVER OS PROBLEMAS DOS BAIRROS: PINHEIRO, MUTANGE E BEBEDOURO??? E ATÉ HOJE NÃO FEZ NADA, ABSOLUTAMENTE NADA!!! ENTENDERAM??? ESSA BRIGA POLÍTICA, SÓ TEM UM ÚNICO INTERESSE: ARRECADAR MUITO DINHEIRO PÚBLICO PARA GASTAR NA POLITICAGEM DE 2020 E PARA ESBANJAR, NOS SEUS PRAZERES PESSOAIS!!! ENTENDERAM??? ACORDA MACEIÓ E ALAGOAS!!! ESTAMOS PRECISANDO DE MUDANÇAS URGENTES: NA EDUCAÇÃO, SAÚDE E SEGURANÇA PÚBLICA!!! “MUDA, QUE QUANDO A GENTE MUDA, O MUNDO MUDA COM A GENTE”.(GABRIEL O PENSADOR)