Agora foi a vez do Paraná Pesquisa mostrar que o mundo virtual está longe da verdade do mundo real.

O que aconteceu? O instituto fez uma pesquisa – entre os dias 13 e 17 – para saber o que a população acha da indicação de Eduardo Bolsonaro para a embaixada do Brasil em Washington, nos Estados Unidos, e menos de 28% dos entrevistados apoiaram a iniciativa presidencial.

Um patamar inferior até mesmo ao piso alcançado por Bolsonaro em todas as pesquisas realizadas até agora – 32%. Ou seja: dois terços, praticamente, dos brasileiros não consideram que saber fazer hambúrguer seja um bom critério de avaliação para um cargo tão importante.

Um embaixador carrega com ele segredos de Estado – não de governo -, não carece de amizade pessoal com nenhum governante, mas tem de ter o respeito e o respaldo da comunidade diplomática, por onde o nº 3 nunca passou.

Discutir negócios, bloqueios econômicos, guerras, temas tão delicados, exige preparo, estrada e formação adequada.

Para se ter uma ideia, no mundo contemporâneo, só o rei da Arábia Saudita indicou um filho para ser embaixador – que, aliás, já foi demitido.

Outro caso, que a ironia se encarrega de trazer à tona, é o da filha de Hugo Chávez, comunista-bolivariano, que se tornou embaixadora da Venezuela – substituta – junto à ONU.

(Ah, esses líderes populistas da América Latina: como eles se repetem, terrivelmente!)

E tem sido assim: o presidente Jair Bolsonaro não tem dado nenhuma chance de protagonismo – usando uma palavra do momento – para a oposição. Sempre que uma crise está sendo superada, ele próprio trata de criar uma novinha em folha (Brasil, um país sem fome?!).

O pior dessa história é que ele acredita que a turma do Twitter representa a maioria do povo brasileiro.

O mundo virtual continua enganando a quem quer ser enganado.

Marcelo Palmeira: "A Braskem já se afastou das ações da prefeitura"
Marx Beltrão já é de novo o manda-chuva do Porto de Maceió
  • sertanejo cagota

    Flávio Bolsonaro é indicação de Trump. Sonho em ver com o Brasil o que aconteceu com o Japão e Alemanha no pós guerra depois do apoio dos EUA…Ou vcs preferem continuar com o apoio de Venezuela e Cuba que pegaram emprestado o nosso R$ e já afirmaram que nunca vão pagar? Será que tem brasileiro contra o Brasil?

  • Maria

    O maior adversário do presidente é ele mesmo.Se ele acreditar nas próprias mentiras…salve-se quem puder! É impressionante como a cada dia sem fazer esforço,ele consegue se superar e ultrapassar qualquer limite racional de sensatez de forma desrespeitosa e irresponsável. A não ser que o que ele queira apenas, seja a mídia voltada exclusivamente para ele. Vai entender cabeça de…

  • JEu

    Até acho que poderia ser de outra maneira, no entanto, como disse o Bolsonaro, trata-se de ação que visa estreitar laços com o país que é a maior economia do mundo e a maior potência militar mundial… é coisa de específica: relação entre dois países: EUA e BRASIL… o embaixador do país para a ONU é outra pessoa… e como se trata, aqui, de embaixadas e embaixadores, transcrevo o texto que li alhures:
    Eis que, agora, sabem tudo sobre embaixadas e embaixadores, cônsules, chanceleres, diplomatas, adidos militares e quejandos, mas sequer sabem os nomes dos atuais nem lembram do seguinte:
    • “Você já ouviu falar nesses países? 🤔🤔🤔
    • ROSEAU… ST JOHN’S… ST GEORGE’S… BASSETERRE… KINGSTOWN. Não? Como não? Verdade, são países que a maioria dos brasileiros nunca ouviu falar.
    • *Países onde o governo Lula abriu embaixadas*.
    • Embaixadas sem utilidade, tudo pra viabilizar o aparelhamento estatal e acomodar os cumpanheiros, os seguidores da seita Petista.
    • *Acreditem, durante os governos do PT foram abertas mais de 50 embaixadas, quase todas inúteis.
    • *Uma das missões do embaixador Ernesto Araújo é fechar gradualmente, uma por uma, acabando com mais uma fonte de desperdício dos recursos públicos.
    • É muita falcatrua, em todos os setores e níveis.
    • *Onde se investiga, tem um golpe aplicado pelo PT para usufruir dos recursos públicos e lesar o povo brasileiro*.
    • Tem que encarcerar, tornar público toda essa imundice, imoralidades, corrupção. 🚨😡😡😡😡😡😡🚨 – (Sic.) – recebido pelas redes sociais de autoria desconhecida.

  • Alagoano sem esperança

    Até uma ex-prefeita de maceió seria mais competente na presidência da república, quem votou nesse é pior do que ele.

  • Lucas Farias

    Prezado, apesar da vida real fora das redes (anti)sociais, o que continua a me surpreender é a quantidade de pessoas que, por desinformação, ingenuidade ou má fé, contribui para espalhar as mais toscas e inverossímeis fake news. Agora os robôs virtuais bolsonaristas inventaram que o PT criou embaixadas em países com nomes desconhecidos, mas que, na verdade, são capitais dos países, localizados no continente americano, e que foram criadas com o objetivo de expandir a influência política do Brasil e favorecer a integração econômica do bloco regional. Qualquer pessoa minimamente sensata que compreenda a dinâmica do comércio exterior sabe que a dependência comercial e a subordinação política de um país pobre a um país rico são coisas perversas, porque o colocam numa condição de nova colônia. O Brasil, que já teve protagonismo no G20, no BRICS, no MERCOSUL, que foi tido como exemplo mundial de diplomacia da paz, de respeito às diferenças, de mediador de conflitos e de acolhimento de refugiados e migrantes, hoje possui uma política externa ideologicamente enviesada, empobrecida, confusa, que briga contra a integração latino-americana, que despreza Rússia e China (nosso maior parceiro comercial), que implode relações com países árabes. Tem um chanceler que de tão alinhado aos escatológicos pensamentos do astrólogo Olavo de Carvalho é desprezado nas instâncias diplomáticas globais, e é desautorizado pelo filho do presidente, que vai a eventos oficiais como chanceler extra oficial do país. É uma esculhambação, não há limites para o desrespeito à moralidade, à impessoalidade, à ilegalidade. O Brasil, que já teve todos os seus embaixadores como integrantes de carreira de corpo diplomático, sem esse tipo de conchavo, hoje amarga vez sua reputação internacional abalada por um ato do presidente que, se concretizado, configurará improbidade, crime de responsabilidade e nepotismo. Agora imagine se fosse o filho do Lula. Tempos sombrios, mas vai passar (chove em Maceió). Um abraço. https://www.google.com.br/amp/s/noticias.uol.com.br/internacional/listas/ultimos-embaixadores-nos-eua-desde-2003-tinham-longa-carreira-diplomatica.amp.htm

    • JEu

      O interessante é que esses “países” da América Latina que receberam as tais “embaixadas brasileiras” sempre ficaram de “braços e bolsos abertos” para o Brasil… assim foi que bilhões de reais foram mandados para muitos desses países, sem qualquer retorno, e com total prejuízo para o erário e para o povo brasileiro. Então esse era o “plano” do Foro de São Paulo: criar uma grande área comunista na América Latina (limitado às áreas central e do sul), com total “financiamento” pelo suor e trabalho do povo brasileiro… e o resultado seria o que vemos na Venezuela… muito boa lógica e muito bom destino esse que a esquerda comunista queria (e ainda quer…) para o país e para o cidadão… muito bom…

      • Lucas Farias

        Interessante mesmo é essa crença irracional em teorias conspiratórias de planos de golpes comunistas liderados pelo PT. Sem nenhum dado, sem provas, nada minimamente concreto, apenas a pura especulação nada criativa de seus replicadores. Estivesse o Brasil aparelhado por “comunistas”, do Congresso ao Judiciário, e tivesse um plano de dominação por toda a América, Dilma Roussef não teria sido cassada nem Bolsonaro seria eleito. Mas essas e outras mentiras mirabolantes, espalhadas pelos disparos em massa dos robôs bolsonaristas e de seus fiéis de extrema direita, só são capazes de se proliferar no terreno fértil da ignorância e do preconceito, tão comuns nas redes (anti)sociais e na ferramenta WhatsApp.

  • Ricardo

    Por esse seu raciocínio o Bolsonaro não teria sido eleito. Com relação a populismo, existe alguém no mundo mais populista do que o vigarista do Lula ?

  • Ricardo

    Quem votou no PT é ladrão também?

  • Renaldo

    Estão querendo cria uma forma de homenagem aos policiais Americanos, como se fazia no Rio de Janeiro.

  • Petrucio Raimundo de Medeiros

    O presidente abriu uma boa janela para discussão sobre as nomeações já realizadas e a realizar. Até hoje eu não tinha visto ninguém criticar ou fazer qualquer tipo de comentário a respeito de uma nomeação de um embaixador e também ficamos sabendo que existe embaixadores brasileiros mundo a fora só não sabíamos o que eles faziam ou fazem por lá. O presidente errou e vem errando muito porém vem expondo coisas que poucos brasileiros sabiam e fingiam que sabiam.
    O Brasil precisa de emprego e da verdade coisa que nas últimas décadas tudo por aqui é uma caixa preta.

  • JUNIOR

    concordo com vocês, Sertanejo e Ricardo, agora uma pessoa que tem um de ALAGOANO SEM ESPERANÇA, REALMENTE TEM QUE SER GOVERNADO POR UM DETENTO.

    • Alagoano sem esperança

      Esquece o luladrão, já foi, já passou, tá preso e não sai mais. Nem todo mundo que é contra o bozo é defensor do nove dedos. Qualquer micróbio é melhor que o bozo.

  • DBLA

    O que estamos vendo BRASIL, é que em tempo record a transparência da incompetência de um Presidente sem preparo nenhum ficou ainda mais visível para aqueles que não enxergaram durante as eleições e juntos com seus comandados fazerem besteira uma atrás da outra e isso foi tragédia já anunciada antes das eleições e com uma linguagem totalmente sem noção e cheia de preconceito com o povo do nordeste,lamento que ele venha confirmando aquilo que já era esperado por nós que não o elegemos,o que fica de lição é que não existe salvador da pátria.

  • Adilio Faustini

    Quem é Tarcisio de Freitas?