O prefeito Rui Palmeira tem uma nova audiência hoje, em Brasília, com o ministro do Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto.

Ele vai tentar assegurar que 750 moradias do Minha Casa, Minha Vida que estarão prontas em agosto sejam entregues aos moradores do Mutange – que precisam abandonar a área onde moram, por causa dos riscos.

Vai pedir mais ainda: outras 500 casas que serão entregues em dezembro, no mesmo programa, para atender à toda a população da região.

Palmeira, assim como qualquer pessoa que tenha compreensão do mundo real, há de saber que a questão envolvendo a Braskem vai demorar muitos anos até o trânsito em julgado (e se a empresa vier a ser responsabilizada).

Já a vida das famílias atingidas continua com seu cotidiano comprometido, exigindo uma solução imediata.

Rio Largo e sua trágica história de prefeitos presos
Saiba quem é o deputado de Alagoas conhecido como 'Selva' no Palácio do Planalto
  • Há Lagoas

    Ao que parece, nosso letárgico prefeito é um humanista.
    Sei que isso é uma das prerrogativas que se espera de seu cargo, mas ao contrário do governador, Rui Palmeira tem batalhado pelos moradores das comunidades atingidas.
    Meus parabéns ao prefeito, e minha torcida para que Renan – o filho – faça a parte que lhe cabe.

  • JEu

    Parabéns ao Rui Palmeira, por seu trabalho para minimizar os efeitos da atividade exploradora da Braskem. Já o governador mininim, esse não está nem aí para a dor e o sofrimento desses cidadãos alagoanos. Que o povo se lembre disso no próximo pleito eleitoreiro. E por falar em sofrimento para o cidadão, o mininin continua sem nada falar sobre o reajuste do funcionalismo público. Isso também não será esquecido.

  • Carlos

    Pois é Alagoas filho de peixe,peixinho o desnaturado governador Rena Filho e pai senador só respiram poder 24 horas e fica na moita e só aparece quando tem algum ganho positivo e vem com aquela falação que vai fazer ainda muita mais no caso dos índice de violência onde a marginalidade na sua maioria são frutos da corrupção dos milhões desviados da educação, saúde e investimento de politicas públicas e sua historia do desnaturado governador Rena Filho dispensa comentários.No caso dos moradores da áreas atingidas Pinheiro, Bebedouro e Mutange o morador do Palácio República dos Palmares, desdém com o silêncio é uma maneira covarde de lidar com questão tão grave do povo das áreas atingidas. Que diga os servidores públicos… ” desde criança foi preparado para governar Alagoas”Que frase infeliz governador.

  • Valmira Barbosa de oliveira

    Parabéns por sua infinita coragem, querido e necessário Ricardo Mota, acompanho sempre seu trabalho , o que seria de nós, simples marionetes nas mãos desses sugadores do povo Alagoano, sem as suas pontuosas criticas. Parabéns mais uma vez por seu brilhante trabalho.
    Ah, sobre o prefeito está em busca de soluções imediatistas para a população atingida? Não faz mais do que a sua obrigação.

  • Juliana Pereira

    Justo o que eu procurava sobre minha casa minha vida

  • Zé indignado

    Já o governador programado para iludir o povo vai a China em busca de fantasia e na certeza que vai ser o novo Collor…. Será que o Brasil é Murici e quem sabe Alagoas já dá sinal que aceita às mentiras. Pato no bucho e muita estrada sonhar é viver. Olá Carlos, gosto da observação o desnaturado governador Renan Filho.