A Reforma da Previdência chega ao Senado no próximo semestre. É de lá que esperam alguns deputados, os governadores e os prefeitos que saia a PEC paralela, que os inclui na “nova Previdência”.

O trabalho “sujo”, para o bem e para o mal, já está sendo feito pelos integrantes da Câmara Federal, que filtraram a proposta do governo Bolsonaro, tornaram-na mais palatável e receberam a pancadaria dos tuiteiros (que só repetem, repetem, repetem).

Não há de se negar: o senador Renan Calheiros continua sendo um nome de destaque entre os seus pares, principalmente entre os remanescentes da “velha guarda”, os que não foram engolidos pelas urnas.

Há dois caminhos para ele: ajudar o Filho, governador de Alagoas, e brigar pela inclusão de estados e municípios na reforma, ou se vingar do governo Bolsonaro, qual um Augusto Matraga improvável e tardio.

Pode ser um dilema a enfrentar – se é que ele tem algum dilema a considerar depois do susto nas urnas.

 

 

Pesquisa no Congresso deixa Renan Filho fora da lista dos 10 melhores governadores
Voto de Isnaldo Bulhões é ponte entre Renan Filho e nova PEC da Previdência
  • Carlos

    Não minha visão o senador que marcha a passos firmes para o último mandato e sabe que o filho não vai em bola dividida com o desejo do desnaturado governador, vai incluir os estados e municípios! Pode não conseguir aí vai depender da velha guarda que não vai deixar saudades!

    • Márcio Valadares

      Acho que Os q desejavam q RC não s elegesse tentam agora falar em último mandato. São 8 anos pela frente. Daqui até lá, aposentado estarei eu. A depender se o governo Bolsonaro permitir.
      RC só se aposenta se quiser. Estive em Brasília esses dias e não consegui audiência com ele pq o gabinete estava lotado. Fila no corredor aguardando conversa com ele. De prefeitos a presidentes de agências… o dia acabou e não conseguimos espaço. O sinal disso é q ele ainda é o cara forte de outrora, embora muitos não desejassem isso. Renan sobreviveu e segue dando as cartas, como bem já disse nosso Ricardo Mota.

      • Carlos

        Márcio Valadares… vc estava para fazer o que? …. Pela sua observação vc deve ser um puxador de saco dos grandes…

    • Idosamente MONGE no Sertão: busca SUS sem úi nem Ái!

      De FATO, Carlos … Brasis amadurecemos, e já tem galho PODRE: frutas as destilar em ÓCIO!
      > Finalizada a votação na Câmara, o texto será apreciado pelo Senado:
      – Depois do recesso dos parlamentares 18julho-1º de agosto. [SEXTA 12jul19]
      https://economia.uol.com.br/noticias/redacao/2019/07/12/camara-reduz-de-20-anos-para-15-tempo-minimo-de-contribuicao-para-homens.htm

  • JEu

    Pois é, RM, infelizmente o povo só faz repetir, repetir e repetir que não querem mais essa safadeza que é a maneira “tradicional” com que se faz a “politicagem”… é hora do povo usar sua força, e o poder reconhecido pela CF/88: todo poder emana do povo… e, então, se isso acontecer, os malandros, ladrões de colarinho branco e outros mais, vão sentir o que é o “anseio popular pela justiça”…. até lá, vamos sofrendo com o que temos no congresso nacional, ou seja, uma grande parcela que não quer ver o país avançar, principalmente no combate à corrupção (já retiraram a prisão em segunda instância do pacote do Sérgio Moro)… e nesse aspecto aí está incluso o Reinão, que foge da justiça como o diabo foge da cruz…(credo!!!)… e ele sabe que, ao contrário do que está no texto, já não tem tanta “influência” entre seus pares… e ele sabe que o melhor, por estes próximos 8 anos, é ficar bem caladinho…!!! (é só lembrar que, recentemente, a justiça federal cassou as concessões de rádio e televisão da família Collor… por que será que ninguém toca no assunto?!!!)…

  • breno

    É o início do fim de um politico decadente. Deve se aposentar ao final de seu mandato.

  • Adilio Faustini

    Influência de Renam, onde?Só se for em Murici, um fos municípios com menor IDH de Alagoas.

  • Marcelo

    RENAN CALHEIROS ACABOU!!! SEM CARGOS NO GOVERNO FEDERAL, SEM CARGIS NO SENADO, É UM MERA SENADORZINHO CAMPEÃO DE PROCESSOS Q AINDA TEM NAS MÃOS ALGUNS MINISTROS DO STF. NAO OPINA MAS EM NADA, NAO PARTICIPA DE NADA É COM CERTEZA SERA SEU ÚLTIMO MANDATO EM BRASÍLIA, VAI SAIR A DEPUTADO PRA NAO PERDER O FORO.

  • Márcio Valadares

    RC continua sendo o grande nome, gostem ou não. Concordo com Ricardo. Ele pode conduzir as negociações da previdência. E se decidir ir para o embate, estaremos salvos. Pq não entra pra perder.
    É só assistir a tv senado para ver q quando Renan abre a boca, todos os outros se calam para ouvi-lo. Cunha não decolou, não fala, não participa. É um desconhecido senador silencioso q vc só percebe q tá no plenário fazendo um grande esforço nas vistas.

    • Maria

      É melhor ser produtivo do que ser ocupado e Rodrigo Cunha esta fazendo um excelente trabalho. Tem seus valores e convicções e não precisa fazer jogo duplo muito menos publicidade de si mesmo.

    • Carlos

      É muito conhecido pelos processos que responde na justiça e um camaleão dos grandes! Já o filho que acredita mais em publicidade do que trabalhar realmente para desenvolver o estado ” pobre entre os pobres”! Onde ele é uma cria do atraso do coronelismo da política Alagoana!

  • Carlos

    Matéria da THN1, prefeito de Ouro Branco sofre atentado…. Dois delegados vão apurar os fatos! Pronto já seu o resultado não vão chegar a lugar nenhum e no entanto vão pedir para prorrogar o prazo no final nada sobre nada.

  • Pedro Antônio

    A hora e a vez do SENADOR irá chegar.
    Pode aguardar. Ele não irá se esquivar a todo tempo.

  • Cidadão

    O nobre jornalista ainda vive na velha mídia, Está na hora de aceitar as redes sociais meu caro, isso é fato.

    Resposta
    A bomba atômica também é fato.

  • Lion

    RC ser um grande nome é uma piada. Está anônimo. Até os novatos estão dando um banho nos velhos senadores que realmente só fazem repetir, repetir o velho. Realmente o RC está descendo a ladeira, rumo ao ostracismo político. O fim realmente será optar o que fez os mesmos pares: Gleisi e Aécio, sair como deputado, para arriscar uma vaga e não perder o Foro privilegiado, sob risco de ser preso. E ainda torcer para que um de seus processos não caia na mão do novo membro do STF em 2020. Quem viver….

  • Cidadão

    Estou lisonjeado em ter uma resposta do nobre jornalista, Muito obrigado pela atenção e pela comparação, me foi muito peculiar.