É bastante incômoda a situação política do secretário Ronaldo Lessa, da Agricultura.

E ele está incomodado.

Ao invés de se fortalecer e ao seu partido, o ex-governador tem visto a legenda se desmilinguir, sem que nada possa fazer.

Perdeu dois prefeitos para o MDB (o último foi Davi Brandão, de Viçosa) e um para o PP de Biu de Lira.

Restaram apenas dois prefeitos interioranos: “O PDT está morrendo de inanição”, diz um dirigente do partido.

O único deputado estadual do partido, Inácio Loiola, não tem vínculo com o trabalhismo e é mais ligado politicamente ao governador – a sobrinha dele, Melina Freitas, é secretária Estadual de Cultura.

Já durante as eleições do ano passado, Lessa que já adversário histórico dos Calheiros, sentiu a força dos governistas: obrigado a permanecer no Chapão, ficou como primeiro suplente de deputado federal.

Era o candidato menos aquinhoado e que não contou com o peso da máquina governista, que terminou por eleger Isnaldo Bulhões.

É jogo jogado.

Agora, na Agricultura, Lessa já se manifestou publicamente para reclamar da dificuldade de nomear assessores, ainda que o Palácio considere suas queixas injustas.

Internamente, Lessa tem reclamado por ser tratado sem o prestígio que acredita que ele e o PDT merecem.

O problema é saber qual o tamanho político-eleitoral que ele vai atingir até a próxima eleição.

(Para quem gosta de citações, aqui vai mais uma, atribuída ao filósofo chinês Lao Tsé: Mantenha os amigos sempre perto de você e os inimigos mais perto ainda.)

Renan, Rodrigo Cunha e Renildes Bulhões votam contra Decreto das Armas
Braskem está fora da recuperação judicial da Odebrecht
  • Robson

    Estar colhendo o que plantou!!!

  • Antonio Carlos de Almeida Barbosa

    Jogo político que o Lessa também já jogou no passado, tratando outros aliados e no seu entorno da mesma forma que é tratado agora. Meramente o efeito bumerangue da política.

  • JEu

    Fim de carreira política lamentável: sem qualquer reconhecimento, seja do povo, seja de seus “amigos” politiqueiros… seu destino é um só: ostracismo político… adeus RL… Deus te guarde…

  • Paulo

    Pelo bem retorne feito fenix,longe dessa trupe de Murici. Ninguém se perde no caminho de volta.

  • Arthur

    Fez isso mesmo no seu governo, não respeitava ngm e qnd era incomodado dava seus famosos “ CHILIQUES” .. Eu acho é TOOOOOME.

  • José francisco

    O ex Governador Ronaldo Lessa está fazendo o possível pela pasta da agricultura! O governador deveria agradecer por ter esse grande homem ao seu lado! #QueroRonaldo12

  • Fabio Poeta

    Cada alagoano sabe da gigantesca contribuição que o Dr. Ronaldo Lessa para o estado como governador e para Maceió como prefeito. O problema reside justamente em alguma mídia focar nos aspectos negativos objetivando atender interesses políticos específicos. Não esqueçamos que por estas bandas as notícias serão de alguma maneira “conduzidas” como meio para determinados fins. Aqui se faz debate dessa forma, apontando com o dedo sem mostrar as contribuições deixadas por Ronaldo Lessa e que muitos usufruem: o aeroporto, o Centro de Convenções etc. Interceptemos o que há de bom e fazemos lembrar ao povo o quanto o ex-governador Ronaldo Lessa foi para Alagoas. O resto é propaganda, paroriando Glenn Grennwald.

  • Traira

    Se vc conhece um. Pouquinho,só um pouquinho de política,mas ainda a do nosso Estado….isso é muito ruim,pois,apesar de errar nas suas estratégias e de deixar pessoas incompetentes ao seu lado ,além de por vezes ser prepotente e arrogante,como político Alagoano Ronaldo Lessa é muito,mais muito,mais melhor que a imensa maioriamas….como já foi dito,pode ter plantado