Todo mundo do meio político sabe que a permanência de Luciano Barbosa como vice-governador foi a principal concessão de Renan Filho a Renan pai.

Barbosa, um sujeito inteligente, mas de difícil convívio, não conseguiu aumentar seus aliados no governo durante o primeiro mandato.

Afirmar o contrário é se aproximar da verdade.

Nesse cenário, ele deve ser empurrado para a disputa pela prefeitura de Arapiraca, onde fez uma boa administração, embora tenha deixado uma herança de dívidas que inviabilizou a gestão de Célia Rocha, a quem era muito ligado (mas amizades e afetos não contam nessa seara).

A questão para emedebistas de peso, como Olavo Calheiros, é que a permanência de Barbosa no governo do Estado pode afastar aliados de que Renan Filho vai precisar em 2022.

Além do que ele é considerado inviável para disputar uma reeleição, se for o caso.

E em favor de Barbosa, o que pesa?

O substituto de Renan Filho, sem seu vice, seria o presidente da Assembleia (ou quem a Casa escolher).

Pode ser fugir do espeto para cair na brasa.

Ação contra a Braskem ainda não voltou para o juiz Pedro Ivens
Por que Bolsonaro, Dallagnol e outros preferem 'falar' nas redes sociais
  • JEu

    Eu não entendo como é que uma “boa administração” possa deixar a administração pública “mergulhada em dívidas”, inviabilizando as administrações posteriores… talvez essa tenha sido a tônica dos últimos quatro (des)governos do país… quanto ao governo do mininim, o pouco que tinha feito pode vir por água abaixo por causa de sua insensibilidade perante as necessidades do povo alagoano… aliás, depois de sua atitude de “lavar as mãos” perante a situação dos cidadãos moradores dos bairros do Pinheiro, Mutange e Bebedouro, acrescido da maneira como trata o funcionalismo do executivo, principalmente comparado com o tratamento dado aos demais poderes, sem nada falar sobre o reajuste anual do IPCA, demonstra que não se interessa de maneira nenhuma pelo ser humano, pelas pessoas, e deixa claro sua “paixão” por si mesmo e por seus interesses familiares… é mesmo uma lástima e o povo vai se lembrar disso nas próximas eleições…

  • Há Lagoas

    Barbosa, Barbosa, como se parece em essência com seu Coronel – o atual governador do Estado – cujo pior pecado é a falta de humildade. A questão é que Renan – o filho – tem o seu pai como fiel escudeiro, enquanto o nosso secretário da Educação não tem “padroeiros”, muito menos amigos, já que não sabe cultiva-los.
    Fez uma boa gestão e inviabilizou o município de Arapiraca.

    • Maçons matando 1 leão ao DIA com agonia ao molho ROTARyAño, êpa!

      Talvez, Há Lagoas … Comarca SERVIL à bandidagem monárquica CARIOCA dsd 1817!
      na metrópole Recife NUA e crua NÚ Pernambuco nóIx $ofre + nóiX fatura trocados e goZZa, ‘[email protected]
      Já diziam A-C Jobim (maestro) e Newton M no carnaval 1959 pregravação finada a novembro 1958.
      Gravado n’U$ estÊytes, táOkÊy? … Stan Getz 1960 youtubado e tudo, o5’ 43″, pQp!
      Com marcas famosas: UMG e WMG (Move), Warner Chappell e EMI Music Pub, SODRAC e BMI – Broadcast Music Inc.
      E :: Saregama Pub e LatinAutor, Un Bras Compositores e LatinAutor – ACODEM, UBEM e Wixen Music Pub, PEDL e + 20!
      https://youtu.be/MqYwyeRtnSo

  • breno

    “Ele fez uma boa administração embora tenha deixado uma herança de dívidas” . É assim que se ilude o eleitor.

  • Sérgio Eduardo

    Acho difícil Luciano barbosa sair candidato em Arapiraca pois sabemos q Renan filho será candidato natural ao Senado em 2022 e com isso terá por força da lei deixa o governo seis meses antes. Nesse cenário Luciano vira governador com forte chances de se eleger e eleger Renan filho senador. Candidato em Arapiraca será o deputado Ricardo nezinho. Essa jogada aí dar certo se o deputado Olavo Calheiros vira-se presidente da assembleia. Aí Olavo viraria governador

    • Adalgisa

      O que é isso Sergio Eduardo, é um filme de terror?

  • Jose

    Fico lendo os comentários, que luciano deixou dívida, ai pergunto ao vcs gestao boa e essa de RT?