Há um consenso entre integrantes do Judiciário alagoano – e não só alagoano – e do Ministério Público (Estadual e Federal) de que o inquérito presidido pelo ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal, pode ser anulado.

Não sou da área, mas é de se indagar: como pode um ministro do Supremo ser ele o delegado, o promotor e o juiz numa mesma investigação (é assim que tem agido Moraes)?

No caso específico do advogado alagoano Adriano Argolo, se ele não tem foro privilegiado – dizem os do ramo -, não poderia ser alvo de inquérito do STF. Ah, depende da “hermenêutica”, certo? Não é o que dizem os vários operadores do direito com quem o blog conversou.

Argolo garante que não foi ele quem fez as ameaças aos ministros, e mesmo se considerando a infatilização de adultos nas redes sociais, há de se imaginar que seria estupidez fazer tais ameaças.

Não acho que seja o caso, mesmo.

Fato é que existe uma briga dentro do próprio Judiciário – inclusive no próprio do Supremo -, com as últimas decisões de parte a parte. Também, por óbvio, entre Ministério Público Federal e o STF.

Ao que parece, o Supremo escolheu o pior caminho para mostrar que tem força. E o que demonstrou, efetivamente, foi arrogância pura e simples.

Defendo e sempre defenderei que o STF há de seja preservado como instituição, mesmo que seja discutível a qualidade da Corte por esses tempos.

Mas, e aí: onde está a virtude? No Legislativo, no Executivo, no Judiciário?

Que mudemos as instituições, mas não podemos em hipótese alguma abrir mão delas.

Dois anos e meio após ser denunciado ao STF, Collor não está nem aí para Lava-Jato
Fábio Farias tem última conversa com Renan Filho e volta ao governo na próxima semana
  • GOMES

    O STF hoje é um puxadinho da escória politica desse país, necessário urgentemente expulsar as laranjas podres que lá estão e colocar pessoas (sem indicação) independentes e capazes para dignificar-lo.

  • Apareceu a margarida, MOROu? – Olê, olê, olá! – ÁS na manga ou cavalo de Troia?

    Haja CONVICÇÃO dos juisticêro fidapeste no planalto da pouca-vergonha … pQp!
    > Uma montagem grosseira. […] postagens q’ele num fez da GUAXUMA, Dr Adriano Argolo
    – Eu tenho perfil no Twitter e faço críticas […] à Lava Jato [..] hje fui surpreendido [5ª 21mar19]
    https://www.tnh1.com.br/noticia/nid/advogado-alvo-de-operacao-contra-fake-news-diz-que-foi-vitima-de-montagens-toscas

  • Carlos

    Só uma pergunta se foi clonado porque não se adiantou os fatos denunciando que estava sendo vítima nas redes sociais de ameaças a um ministro de supremo ?

  • Ze indignado

    Atenção servidores da saúde, que recebe gratificação acerca de 6 ano o mesmo valor nunca reajustado e tem os salários mais baixos pelas defasagens . O estudo “rigoroso” do atual secretário é para diminuir 30%, desses valores é para gratificar os novos assessores com valores altos para os padrões que normalmente é pagos de quem realmente trabalha…

  • Antonio Carlos Barbosa

    Primeiro não acredito que o Advogado Adriano Argolo tenha feita ameaças ao ministro do STF. Mesmo que alguém proferisse ameaças, o inquérito tem que ser aberto pela PGR.
    Na verdade, os ministros dias Toffoli e Gilmar Mendes, querem uma blindagem através da força do STF, mesmo atropelando a legislação, o que acontece todos os dias nas decisões judiciais e edição de leis inconstitucionais. Como existem pedidos de medidas judiciais contra principalmente a dupla de ministros e a recém criada CPI da Lava Toga, alguns membros do STF estão desesperados, pois sabem o que fizeram nos verões passados. Perante a opinião pública, os conceitos de ambos são os piores possíveis. Jamais a dupla se averbam de suspeitos para julgamento dos amigos e até de ex-patrões, caso do Toffolli ao julgar e soltar o José Dirceu, pois a maior aberração jurídica já vista na decisão do Toffoli e demais que liberaram o José Dirceu e o Lula Lalau preso, não se explica, ou os dois ladrões presos, ou soltos, não tem como separar os casos, verdadeiro tiro no pé a soltura do ex-patrão do Toffolli.
    A propósito, Gilmar e Tofolli, já foram acionados pelas defesas do Temer e do Gato Angorá para suas solturas, pois os ministros não consideram a corrupção como crime, e sim mero erro, veja como Gilmar julgou a chapa Dilma/Temer quando era ministro também no TSE, uma vergonha a decisão, para quem tem vergonha, para quem não as tem, julga contra as provas dos autos.
    Temer continuava a praticar seus crimes diariamente, ou seja de forma continuada, tem que ficar preso para deixar de receber propina.
    A propósito, estou esperando o movimento dos petistas e demais políticos pelo movimento Temer Livre.
    Vale lembrar que o Capitão mudou totalmente ao assumir a presidência da república, o mote do combate a corrupção fica para o último dia do seu governo, seu filho senador ficou igualado aos demais que a família na eleição criticava e taxava de corrupto, pois quem tem ladrão vivo, não pode falo de ladrão morto ou preso.
    Brasil sem futuro, cada dia pior.

  • carlos

    Só esperamos que o abuso do STF seja reconhecido e combatido como tal, e não que essa preocupação com este advogado se deva ao fato dele ser filiado ao PT. Sabe como tá a imprensa hoje em dia né?!

  • GOMES

    O STF hoje é um puxadinho da escoria politica desse País, necessário urgentemente retirar todas as laranjas podres que lá e colocar pessoas sérias, independentes e

  • Antonio Moreira

    No longo de 44 anos de trabalho, passei por empresas nos ramos – Comércio, Banco e Indústria.
    Vivenciei funcionários perderem seus empregos por subtrairem coisas/valores irrisórios(adulterar a
    nota de despesas; prestar conta com notas repetidas; passar o cartão de crédito e ficar com o dinheiro de quem pagou a compra em dinheiro e etc). Foi aqui na Terra, não foi no planeta Marte, não!. Tudo isso sem precisar recorrer a JUSTIÇA do brasil.
    Estou como servidor público concursado, e infelizmente também acontece coisa da mesma
    natureza – A diferença é que quase não há consequência para quem errou.
    Por que tanta celeuma sobre o pacote do Ministro da justiça SÉRGIO MORO?
    Há séculos, quando o pequeno pisa na bola, o castigo não tarda, vem de imediato.

    Certos intocáveis da lei, de conduta (Des) ilibada, pintam o sete
    e não querem serem questionados!
    Vai, vai baixar em outro centro … !!!!

  • JEu

    Quem não se lembra quem foi que o Michel Temer nomeou para o STF?!!! será que foi o Alexandre de Moraes?!!! morou?!!! e ainda há quem defenda essas figuras “erráticas” e “sem qualquer senso” (alguém entre os internautas diria: nonsense…), e não concordo com a mudança das instituições… o que precisamos é mudar as pessoas que fazem as instituições… afinal, não é a instituição quem decide… é uma ou várias pessoas que, ou quem, decide, ou decidem, em nome das instituições… e isso me faz lembrar que li alhures que: “não adianta decretar leis suntuárias se o amor ao bem e à justiça não se encontrar no coração dos homens, pois somente por pouco tempo os efeitos das leis durarão e encontrarão meios, mais agressivos, de deturparem as mesmas”…

  • williams Roger

    A PREVARICAÇÃO É A MÃE DA IMPUNIDADE!

    Nesse país não se pode mais nada. Não temos mais opinião e nem direito a liberdade e de expressão.
    Artigo 5° (omissis)
    IX – é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, independentemente de censura ou licença;

    TANTA COISA PARA O STF SE PREOCUPAR, AÍ VEM COM ESSA CENSURA, QUERENDO AMEDRONTAR E AMORDAÇAR A POPULAÇÃO CIVIL ORGANIZADA EM SEUS DIREITOS.
    TANTO A SE JULGAR, TANTO MANDADO DE INJUNÇÃO PARA DECIDIR ANTE AO DESCASO DO CONGRESSO E CLASSE POLÍTICA.
    O STF DEVERIA FAZER JUS AO QUE RECEBE, AOS ALTOS SALÁRIOS (SUBSÍDIOS) E LUXOS COMO CARROS BLINDADOS, PLANO DE SAÚDE GOLDEN PARA TODA A FAMÍLIA, SEGURANÇAS, “AUXÍLIOS” PALETÓ, TELEFONE, GASOLINA, ASSESSORES, “AUXÍLIO” MORADIA MORANDO NA MESMA COMARCA, “AUXÍLIO” ALIMENTAÇÃO COM VALORES ASTRONÔMICOS… TUDO LEGAL, MAS IMORAL.
    FAÇAM JUS A TUDO ISSO. PAREM DE SOLTAR BANDIDOS DO COLARINHO BRANCO E DEIXEM OS CIDADÃOS DESSE PAÍS EM PAZ.
    FRENTE A ISSO, sem GENERALIZAR, parte da sociedade que tem dinheiro, com a “ajuda” das “instituições “, quer calar o cidadão. Uma total inversão de valores.
    Não querem que saibamos de nada. Querem nos calar. Não querem nem que demos pulicidade dos desmandos.
    Ora! Gente pública está sujeita a isso.
    O que querem é a censura. A mordaça.
    Se estão incomodados, andem certo!
    Nós cidadãos que pagamos nossos impostos temos o direito de saber das coisas, de fiscalizar, de dar publicidade, de criticar e denunciar.
    Se dizem que as leis são para todos, que para todos sejam. Não dois pesos e duas medidas.
    Diminuíram o número de repasse de portagens no Whatsapp de 250 para 5, estão querendo calar a população a todo custo.
    O suposto ato que o advogado Adriano Argôlo está sendo acusado é crime contra honra. Não cabe o rito que está sendo usado. É uma total aberração. E lamentavelmente, essa asneira vindo do STF! Que deveria entender das leia e ritos!
    Isso aconteceu com a cidadã Maria Aparecida que prenderam ela quando não caberia prisão. Para ameaçar e tentar calar ela. Tentaram desmoralizar ela, mas fora o contrário. Foi um tiro no pé que o governo estadual, a polícia civil e o MPE deu. Um fiasco!
    Estão usando o aparelho estatal/máquina pública em benefício próprio, isso é crime de improbidade.

    Por fim, com raríssimas exceções de alguns agentes públicos de bem, pessoas, pouquíssimas, as “instituições” estão falidas, corruptas, prevaricadoras, $eletivas, omissas, coniventes e desmoralizadas.
    Vivemos num estado de ANOMIA.
    Acordemos!
    Não existe estado democrático de direito. Ninguém respeita mais nada. A lei está sendo desrespeitada. É aplicada pela “hermenêutica” – para os inimigos, os rigores das leis – para os do grupinho as benesses! Pior, a prevaricação.
    Ou seja, a lei é aplicada a toque de caixa. $$$ JUMAR é prova disso. Veja Renan Calheiros!!!! Aécio, Collor, Sarney, Jucá, Marun… Todos cheios de processos e todos soltos ou aposentados com os seus altos salários e benesses.
    Quem tem dinheiro fica livre!
    Por sinal, TEMER já já ta solto.
    Agora cadê que soltam Lula!!!

    A partir do momento que as próprias instituições PREVARICAM, ELAS ESTÃO SE AUTODESTRUINDO!

    NÃO TEM COISA PIOR QUE A PREVARICAÇÃO.
    A CORRUPÇÃO PERDE. POIS NÃO DÁ PRA COMBATER A CORRUPÇÃO COM AS INSTITUIÇÕES PREVARICANDO. COM DOIS PESOS E DUAS MEDIDAS.

    Digo porque tenho moral para tal. Além de provas.
    Não confio mais em ninguém.
    É como o Ricardo Barbosa afirmou: “com um cabo e um soldado se fechava o STF. Em outro caso, se quebrava tudo”.
    Isso pode Arnaldo?????
    A PREVARICAÇÃO É A MÃE DA IMPUNIDADE!

  • Há Lagoas

    “Mas, e aí: onde está a virtude? No Legislativo, no Executivo, no Judiciário?”
    É uma pergunta retórica ou capciosa? Em se tratando no nobre blogueiro, fico com a primeira opção.
    É bom refletir!

  • Carlos

    Passando só pra lembrar os esquecidos seletivos….A maioria do ministros foram nomeados na era do PT. Temer era “odiado” pela esquerda até o dia em que foi eleito o novo presidente do Brasil, então o ódio foi transferido pata Bolsonaro e Temer agora é vítima….

  • Consigliere Alagoano

    .

    O PUXADINHO do STF seria mais transparente nas QUESTÕES práticas: [ ÁREA CINZA DO PODER ]

    .
    Lobby no Brasil: uma regulamentação frágil a caminho [ ás CLARAS JÁ]

    O projeto de Lei (PL) 1202 de 2007 tem como principal objetivo regulamentar a atividade, que consiste na defesa de interesses e influência na tomada de decisão de órgãos públicos. Regulamentado em mais de 17 países e também no parlamento europeu, a legalidade e legitimidade do lobby, argumentam seus defensores , podem contribuir para a discussão democrática na tomada de decisões das instituições públicas.

    Se o lobby tivesse sido regulamentado há anos, casos de corrupção e de tráfico de influência poderiam ter sido evitados, e investigações como a da Lava-Jato poderiam ser bem menores do que são atualmente, uma vez que a prestação de contas daqueles que tentam influenciar as instituições públicas seriam mais transparentes. A sociedade civil e a imprensa, por exemplo, saberiam os meandros de negociações enquanto elas são feitas.

    MAS O STF, ESTÁ OCUPADINHO DEMAIS COM QUESTÕES RAZAS.

    .

  • Luiz

    Caro Ricardo.
    Até o maior rábula da advocacia sabe disso, só não sabe a côrte suprema cujos integrantes agem como semi deuses.
    Para nós brasileiros o STF está mergulhado em um lamaçal sem precedentes.

  • Luiz Antônio Maciel de Araujo

    Ameaçar autoridades constituídas ou um cidadão comum é crime, cabe ao acusador comprovar que as ameaças postadas nas redes sociais do advogado, aliás um notório comunista radical, são mesmo de sua autoria, o terrorismo virtual é a arma dos covardes.