Conselho Regional de Medicina vai apurar a morte de pessoas com meningite nos hospitais públicos de Alagoas (e não só no Helvio Auto, eis o alvo da investigação), depois de provocação da Defensoria Pública.

A crise no HEHA existe, assim como tem ocorrido com frequência nas demais unidades de Saúde do estado.

Notas oficiais não resolvem o problema, admitido apenas em parte pela Uncial.

Além da Defensoria e do MP, o Conselho Regional de Medicina e o Sindicato dos Médicos – e demais entidades representativas dos profissionais da área de Saúde precisam retomar o protagonismo que já tiveram em outros tempos.

Prisão de José Carlos Lyra não pode manchar serviços prestados por SESI e SENAI
Renan Filho precisa entender que a Saúde é tão importante quanto a Segurança
  • Pedro Antônio

    Se for “apurar” como foi apurado as mortes dos bebês da antiga maternidade Paulo Neto. Vai ter prevaricação.

  • Triste realidade

    Esperamos que os Orgãos competentes não só apure, mas puna os responsáveis de lá e em qualquer outro hospital. Verifiquem também as situações dos pacientes com câncer que é de dar dó. “A saúde é um direito de todos!” E não um negocio. Chega de tantas manipulações de pessoas que só querem defender um”status” e vive de omissões as custas da desgraça alheia. Chega de tantas fantoches que dão a cara a bater só para satisfazer o ego. Onde a busca pelo poder é constantemente motivada.Vamos todos a luta por um único propósito que é o bem de uma sociedade.Me recordo de alguns gestores que se propuseram a dizer a verdade quanto a escassez(foram exterminados do governo) o homem bom, honesto e verdadeiro representa um perigo e falar a verdade vira ofensa.Ao mesmo tempo que a mobilização dos médicos em frente a Santa Monica nos deu uma esperança de que mesmo sendo uma minoria não estamos sozinhos e que ainda existem pessoas boas e justas e sabe qual o seu verdadeiro papel na sociedade.Mesmo assim fico com a minoria!!! Juntos somos mais fortes!!!

    • Roberto

      A população que não aguarde por averiguações e por respostas. Não vai sair da materia de um jornal “infelizmente “ como tantos outros casos. Os iguais se atraem…O bem PROCURA o bem e o mau PRECISA do mal. Queria muito acreditar nesse protagonismo…

  • JEu

    Creio que seria preciso o povo fazer uma pressão tão grande que se tornasse impossível os parlamentares não aprovarem uma lei que obrigasse a todos os ocupantes de cargos públicos (eletivos, comissionados ou de preenchimento por concurso) a buscarem atendimento em unidades de saúde pública quando necessitarem, tanto para si quanto para seus familiares… aí com certeza em pouco tempo teríamos hospitais e demais unidades de saúde com pessoal, equipamento, remédios e demais materiais e serviços com os melhores índices do país, isso sem falar nos salários, que seriam justos… agora, enquanto tiverem seus planos de saúde particulares e, ainda mais, pagos com “auxílios, verbas especiais, etc”, ressarcidos com o erário público, então o sistema de saúde pública continuará ser o que sempre foi: matadouro (e olhe que a grande maioria dos profissionais da área são capazes, responsáveis e cumpridores de seus deveres)…

  • Zé indignado

    Pois é o plano de cargos e salários dos servidores da uncisal o reitor não tem coragem de enfrentar o governo Renan Filho, para aprovação e de reboque os recursos para tocar os hospitais. Fica como tivesse pedindo esmola. Reitor honesto e de bem só precisa ter coragem para cobrar o que tem direito.

  • A culpa é nossa!

    Elegemos esses políticos que não pensam em nada a não ser o benefício próprio somando a falta de emprego e a crise só resta o “sim senhor”.Alguns órgãos até tentam fazer algo, mas não é permitido passar de fase nesse jogo.O melhor indicador de caráter de uma pessoa é como ela trata as pessoas que não podem lhe trazer benefícios algum.

  • ASSÉDIO MCZ

    Ricardo os casos de assédio moral no ambiente de trabalho só cresce no nosso estado e o pior não dá em nada, aliás dá sim pra quem sofreu que além de muitos fatores prejudiciais a saúde vivem com medo. Dessa vez foi no HOSPITAL SANATÓRIO e HOSPITAL DO AÇÚCAR.

  • Alex

    Será que ninguém estudou o que seria Ética profissional???