O apoio anunciado por Eduardo Bolsonaro ao deputado JHC – não só a ele -, que disputa a presidência da Câmara Federal, pode atrapalhar mais do que ajudar.

Que fique claro: o apoio do presidente Jair Bolsonaro, principalmente neste momento, ajuda, mas o filho dele deputado federal tem sido fonte de problemas, inclusive com a bancada do PSL.

São públicos os bate-bocas de Eduardo Bolsonaro nas redes sociais – o novo octógono da política brasileira, em que “ganha” quem grita mais. Este tem sido o comportamento dominante do jovem e imaturo parlamentar carioca.

JHC, que também é bastante jovem, tem se mostrado articulado em Brasília e ontem conseguiu fechar um acordo com 4 outros candidatos a presidente da Câmara: Fábio Ramalho, Capitão Augusto, João Campos e Alceu Moreira – todos contra Rodrigo Maia.

A essa altura, JHC  já deve ter consciência de que contar com o Bolsonaro mais velho pode ajudá-lo; o outro, ao contrário, pode tirar o que ele já conquistou.

Santoro: Alagoas vai receber dinheiro da CEAL mesmo com a privatização
Renan Filho recusa se envolver na briga política entre Albuquerque e Lessa no TC