Ninguém, nem na prefeitura nem entre os pedetistas, acredita que o ex-governador Ronaldo Lessa venha a disputar o governo do Estado, este ano.

Mas foi ele, mais uma vez, quem pediu um novo encontro com o prefeito Rui Palmeira para discutir o tema.

Tudo certo: será na próxima segunda-feira.

Fato é que a direção nacional do PDT continua pressionando o deputado alagoano a enfrentar Renan Filho nas urnas, embora tudo o que ele menos quer, agora, é correr o risco de ficar sem mandato – mais uma vez.

Mas talvez seja a possibilidade de ter mais chances de reeleição no grupo de oposição aos Calheiros que tenha levado Lessa a pedir uma nova reunião com Rui.

É bem verdade que ele passou a receber um novo tratamento do Palácio desde que a possibilidade de disputar o governo – o que é improvável – surgiu na mídia local.

O governador Renan Filho, que nem mais atendia aos telefonemas do pedetista, passou até a convidá-lo para eventos especiais do Palácio, aqueles a que só os “de casa’’ era dado o direito de estar presente.

Não por acaso, a mídia do governo tem insistido que Filho e Lessa estão cada vez mais “amigos de infância”. E Otávio Lessa, que tem um genro como secretário estadual, seja o mais enfático na defesa da atual aliança.

Só que ainda há problemas a resolver: no Chapão de federal dos Calheiros, Lessa é apenas o mais pobre e aquele que depende majoritariamente dos votos soltos, de opinião. Os demais têm condições objetivas de bancar – com sobras – a própria campanha e manter seus redutos bem alimentados.

Mais: o preferido dos Calheiros para a Câmara Federal é Isnaldo Bulhões, o único a disputar o cargo pelo MDB e para quem os Calheiros estão transferindo suas bases proporcionais.

Ainda: na disputa de estadual, os pedetistas – Judson Cabral, certamente; Inácio Loiola, não  – serão engolidos pelos demais integrantes do Chapão de Olavo Calheiros, que não admite que ninguém saia do seu controle.

Lessa não perde nada em manter a porta aberta com o prefeito Rui Palmeira, com quem tem conversado bem mais do que Renan pai e Renan Filho gostariam de ver.

Mas é aquela história: é melhor perder a eleição para governador do que para deputado federal.

PF cruza dados fiscais e bancários de envolvidos no Surugate do Sertão
Chico Tenório ao Padre Eraldo: "Mexeu com você, mexeu comigo"
  • wal

    HÁ UMA MEIA VERDADE, NO ASSUNTO ( GOVERNO DE ALAGOAS ).
    levando em consideração a esse lixeiro,a essa carnificina,a esse esterco e tudo que há de sinonimo para tal; entre os antigos, ainda acho que para limpar os CORONÉIS DO SERTÃO, OS CLÃS DOMINANTES,OS MUNHECADAS, OS NAVALHOS,OS TATURANOS e TATURANINHAS, OS DA MÁFIA DA MERENDA,bem como seus familiares e seus mui amigos, a luz seria:
    RONALDO LESSA / HELOÍSA HELENA.

  • Jorge

    Esse é um que se perdeu no caminho, junto com Maurício Lessa Quintela…

    • São primos!

      Não à toa, amigo Jorge, que eles são primos! Família que se vende junta permanece unida!

  • JEu

    O problema é que o Lessa se acha mais do que realmente é… seu eleitorado está cada vez mais miúdo… e só se enxerga com lupa… creio mesmo que só vai ter alguma votação melhor se disputar o governo do Estado… o reso é conversa para boi dormir…

  • Cidadão

    Esse senhor não merece mais o respeito de ninguém, mais um que se vendeu pros RENANS.

    • Você merece!

      Ninguém respeita mais o lessa! Acabou com a biografia dele ao apoiar renan pai e filho, além de collor na última eleição!

  • Maricota

    Do jeito que as coisas andam, até o Lobão leva essa do Renan Filho. Esse rapaz não engana mais ninguém. Além do mais, Ronaldo Lessa foi um excelente governador e não tem rejeição do eleitorado alagoano. Ronaldo Lessa, entra de cabeça nessa eleição, pq os prefeitos estão caladinhos pq recebem pressão, mas odeiam esse governador. Os servidores tb têm pavor dele. Os deputados não gostam dele, nem mesmo os da base dele. É assim, bem assim: quem segura os aliados é o Renan pai pq é um diplomata nato, pq se fosse o filho só teria os votos dos baba-ovos, mas o filho não tem, ainda, a rejeição do pai. Ronaldo, vc deve essa ao povo alagoano, força na peruca pq vamos fazer campanha para vc.

  • carlos

    Estes acertos dos Calheiros,com o único objetivo de salvar pai e filho, sendo bancado pelo erário dos pobres entres os pobres. só faz aumentar a vontade de votar para senador Rodrigo Cunha e dep. Federal Helena Helena! Estou pesquisando quem vai vai levar o meu voto e de minha família para deputado estadual e o segundo voto para senador. Já para governador,se não aparecer um candidato do bem para enfrentar a reeleição do gov. Renan Filho ou se este for candidato único pela primeira vez como eleitor vou anular o meu voto. Peço como cidadão comum e me sinto sintonizado como os reclamos da população que tem respeito com os seus filhos, dando exemplo de não votar em corruptos a anular o seu voto para governador como forma de protesto e mostrar o Brasil o nível de consciência do povo de Alagoas.ABAIXO O CORONELISMO…FORA CALHEIROS,ALBUQUERQUES, TOLEDOS, QUINTELLAS, COLLOR,BIUS, TENORIO E BELTRÃO.

  • Muito triste!

    Infelizmente ninguém pode confiar no Lessa, depois que ele se vendeu para o renan em 2014, antes de ser usado por ele como bucha de canhão na eleição de 2010.

    Alguém já esqueceu o lessa, em 2010, pediu votos para color, quando em 1992 ele o chamava de “príncipe da corrupção”.

    Que mudança! Lamentável!

  • De olho!

    Lessa jogou toda a biografia no lixo ao apoiar renan(s), collor e companhia em 2014.

    Trocou a sua história por um mandato de deputado federal!

  • Eita Alagoas!

    Sem dúvida Lessa recebeu mais do que merece!

  • É piada?

    Lessa, o vulgo “sindicalista de botequim”, ser candidato ao Governo do Estado de Alagoas? Contra Renan Filho?

    KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK!

    Rindo até 2022?

  • Bel

    O POVO SÓ QUER SABER DE COPA!

  • carlos

    ” MEXEU COM O MEU MEXEU, MEXEU COMIGO”…EM PLENO SÉCULO 21,OS CORONÉIS FIZERAM ESCOLA ATÉ DELEGADO DE POLÍCIA QUE DÁ UMA DE CORONÉ DA POLÍTICA. NA REGIÃ SUL, ONDE O PROJETO DO EXPANSIONISMO COMEÇOU EM CORURIPE, ESTE DISCURSO DE BRAVATAS NÃO MEXA COM ELE NÃO,NÃO É CÃO SEM DONO ASSIM FOI E É O DISCURSO DOS CORONÉIS DA POLÍTICA NÃO TEM PROJETO ENTÃO OFERECE O MEDO.

  • Alguém duvida?

    Mais uma reunião reunião em que mais um dirá que desistiu da candidatura em que ninguém acreditou!

  • Julio Porto

    Enquanto isso, Ricardo, o Renanzinho assiste a inalterável situação péssima da educação em Alagoas. Quem diz é o INEP do Ministério da Educação no relatório de acompanhamento das metas do Plano Nacional de Educação 2018, Disponível em http://portal.inep.gov.br/informacao-da-publicacao/-/asset_publisher/6JYIsGMAMkW1/document/id/1476034

    Vejam, alagoanos, os números que o governador só muda na propaganda:

    Percentual da população de 4 a 5 anos que frequentava a escola ou creche – 2004-2016:
    Alagoas é o último do Nordeste com 88,7%. O penúltimo é a PB com 92,1%. Alento: Alagoas foi o segundo que mais aumentou o percentual entre 2004 e 2016.

    Percentual da população de 0 a 3 anos que frequentava a escola ou creche – 2004-2016
    Alagoas é o antepenúltimo, à frente apenas de Sergipe e Piauí.

    Percentual da população de 6 a 14 anos que frequentava ou já tinha concluído o ensino fundamental –2012-2017
    Alagoas é o último do Nordeste com 97%.

    Percentual da população de 16 anos com pelo menos o ensino fundamental concluído– 2012-2017
    Alagoas está com 67,3%, no 3º lugar, atrás apenas do Ceará e RN.

    Percentual da população de 15 a 17 anos de idade que frequentava a escola ou havia concluído a educação básica – 2012-2017
    Alagoas é o pior do Brasil, com 86,8%.

    Percentual da população de 15 a 17 anos de idade que frequentava o ensino médio ou havia concluído a educação básica– 2012-2017
    Alagoas é o antepenúltimo, à frente apenas de Sergipe e Bahia.

    Escolaridade média, em anos de estudo, da população de 18 a 29 anos– 2011-2016
    Alagoas é a pior, com 8,8 anos.

    Escolaridade média, em anos de estudo, da população 25% mais pobre de 18 a 29 anos– 2011-2016
    Alagoas é a pior com 7,1 anos. (comentário do INEP: “A desagregação do indicador por grandes regiões e unidades da Federação demonstra que ocorreram avanços em todo País. Apesar disso, algumas unidades registraram valores baixos quando comparadas às demais, especificamente Alagoas e Sergipe, com médias de 7,1 e 7,4 em 2016, respectivamente”)

    Razão percentual entre a escolaridade da população negra e não negra com idade de 18 a 29 anos – 2011-2016
    Alagoas é a pior com 87,3. Comentário da análise: “Já as situações de maior desigualdade foram registradas em Santa Catarina, 86,7%, e Alagoas, 87,3%”

    Taxa de alfabetização da população de 15 anos ou mais de idade – 2012-2017
    Alagoas é a pior do País com 81,8%. Comentário da análise do INEP: “ Além disso, percebe-se que todos os estados da região Nordeste não chegaram a uma taxa de alfabetização de 90% e Alagoas exibiu, em 2017, o menor percentual de população alfabetizada do País: 81,8%”

    Taxa de analfabetismo funcional da população de 15 anos ou mais de idade, por Brasil, grande região e unidade da Federação – 2012-2016
    Alagoas ficou com a segunda pior taxa, melhor apenas que o Piauí. Comentário do INEP: “Em 2016, todos os estados do Nordeste apresentaram taxas de analfabetismo funcional superiores a 23,0%, com Alagoas e Piauí tendo os maiores percentuais: 29,9% e 28,6%, respectivamente.”

  • CHIQUINHA GONZAGA

    O QUE PODEMOS OBSERVAR NISSO TUDO, É A FORMA COMO AS COISAS ESTÃO SENDO DESENHADAS… QUEM ERA INIMIGO NA ELEIÇÃO PASSADA, AGORA É AMIGO E VICE-VERSA❗️
    COMO SEMPRE FOI E SEMPRE SERÁ PARA SE MANTER NO PODRE PODER….
    O OBJETIVO FINAL QUE É O POVO, CAI NO ESQUECIMENTO‼️

  • ARTUR GAIA

    Ontem tive o prazer de participar de um encontro entre amigos em apoio ao nosso candidato a Dep. Estadual JUDSON CABRAL.
    Não VOTO em partido, VOTO em pessoas livres de qualquer denuncias nas esfera POLICIAL ou NA ESFERA JUDICIAL.
    Torço e lutarei pela vitória de: JUDSON CABRAL para Dep. ESTADUAL , RODRIGO CUNHA para o SENADO. Dep. FEDERAL haverá divisão de VOTOS na família entre EMANUEL FORTES e HELOÍSA HELENA. Vamos mudar as cadeira para oxigenar a política em nosso Estado e no Brasil.

  • ARTUR GAIA

    2º opção para o SENADO ou um novo nome, ou NULO. PARA governo, não podemos negar que está trabalhando sério, vamos ser justo. O problema é… é… sei lá. kkkkkkkkk as velhas companhias e apoios.

    • Alagoas não merece!

      O problema, Artur Gaia, é só um: O atual Governador só ocupa tal cargo em razão de ser filho de Renan Calheiros, não tendo qualquer preparo para desempenhar tamanha atividade. Foi um prefeito de Murici sem expressão e um deputado federal idem!

    • Pedro indignado

      Homem, na saúde a situação da falta de medicamentos continua firme e forte. A propaganda falsa de que a saúde vai bem e está construindo outras unidades de saúde para oferecer mais leitos e consequentemente cuidar da saúde é balela. As atuais funcionam de maneira precária. Então as que vem para somar com a miséria.

  • Dona de casa sem orgulho

    Um dia, já admirei muito o senhor Ronaldo Lessa… hoje, não mais! Foi-lhe dada a oportunidade de ter sido um dos melhores políticos da história alagoana, mas se perdeu! Perdeu-se nos liames do poder! O poder, Ricardo Mota, não somente cega e muda o fazer das coisas, como também corrói e destrói caráteres… foi o que aconteceu com esse senhor… infelizmente!
    Cada notícia que leio sobre esses conchavos políticos e sobre quem os lidera, me dá ascos, urgh!

  • Sérgio Eduardo

    Os Calheiros vão dar o troco no Ronaldo lessa e Maurício quintella vão fica os dois sem mandato. Aguarde

  • Pobre Alagoas!

    O Ronaldo Lessa será o candidato VIÚVA PORCINA, aquele que foi sem nunca ter sido!