Os pardais eletrônicos e o curso do superintendente da SMTT nos EUA
Tensão política exige presença da PF na apuração de crime no Sertão

Os dois ministros de Alagoas, Marx Beltrão e Maurício Quintella devem deixar os cargos ainda este ano, retornando à Câmara Federal.

O motivo: Temer, segundo o jornalista Ricardo Noblat (O Globo), resolveu antecipar a reforma ministerial, que deverá  acontecer até meados de dezembro.

Os dois entram no pacote dos ministros que serão candidatos nas próximas eleições – todos sairão, ainda que mantenham generosos espaços no governo federal.

A lembrar: Quintella tem o DNIT – Departamento Nacional de Infraestrutura e Transporte, além do Porto de Maceió.

Beltrão, a Eletrobras Alagoas e pelo menos uma diretoria da Chesf, já ocupada pelo advogado alagoano Adriano Soares.

Em tempo: o médico alagoano Adeílson Loureiro pode coupar interinamente o Ministério da Saúde.