Hoje à tarde, no seu gabinete no Senado, Renan Calheiros vai se reunir com representantes de entidades sindicais e lideranças da oposição, principalmente do PT e, provavelmente, do PC do B.

A pauta: as reformas trabalhista e previdenciária.

A expectativa é de que a reforma trabalhista, independentemente da situação temerária, deve passar. É uma decisão da maioria do Congresso Nacional – não apenas da turma do Planalto. Além disso, aço contrário da mudança previdenciária, a reforma trabalhista não é uma PEC. Ou seja: não precisa de um quórum qualificado para  ser aprovada.

Quanto à reforma da previdência, por mais que a dupla Temer-Meirelles seja a voz do “mercado”, as mudanças propostas não devem passar. Podem se reduzir ao estabelecimento de uma idade mínima para a aposentadoria.

300 servidores do INSS em Alagoas podem se aposentar se a reforma sair
Santoro sobre reajuste dos servidores: "Não creio que haverá recuo do governador"
  • Williams Roger

    Governador Renan Filho, o que o senhor está fazendo com os servidores. 2 anos sem reajustes, e ainda. Ilegalmente, retira direitos constitucionais dos servidores da insalubridade nas férias.
    Quero o meu dinheiro que descontaram em março de 2017. Preciso!
    E mexendo com quem tá quieto, com os servidores, que realmente trabalham nesse Estado.
    Se devolveram dos agentes penitenciários, os servidores da saúde também têm o mesmo direito.
    Retirando direitos ilegalmente.

    Tá errado, é ilegal. A pge agiu com maldade. O documento trata de aposentadoria. As jurisprudências acostadas, versa sobre a aposentadoria, dos direitos que os servidores perdem, que não se coadunam com quem está na ativa.
    Em todo o serviço público, em qualquer esfera, federal, estadual e municipal, de todo o país, paga nas férias. É lei, já tá pacificado.
    A pge não é legislador!!!
    O governador não pode acatar isso. Ele está sendo induzido ao erro. Não se pode saber que tal ato é ilegal, nulo, e aplicar essa aberração. Não se pode fazer isso e depois dizer: recorra, dê seus pulos… E por ser nulo, tem que ser, de pronto, de ofício, corrigido rapidamente. Para os servidores, é um prejuízo enorme. O Estado não precisa disso, e não tem necessidade de fazer isso.

    São direitos constitucionais, tem várias jurisprudências a favor do servidor.
    Tenho um processo, que a pge decidiu errado, fundamentando norma, que não versava no meu caso. Ela, a PGE errou!

    Pois é senador, como o senhor mesmo AFIRMA no vídeo: “sem revogar direitos”!
    Por favor, fale com o vosso filho, pra restabelecer o meu direito e de muitos! Para que ele tenha o mesmo alinhamento que Vossa Excelência, eu enquanto servidor público, estou sendo prejudicado.
    Para se resolver, tem que ser através de decisão política. Pois ato nulo, a administração pode rever seus atos de ofício!

    São 2 anos sem reajustes. E ainda USURPAM DIREITOS.
    QUE GOVERNO É ESSE?!

    É LEI SENADOR!
    No qual em nada a lei menciona, quando está na ativa:

    LEI Nº 7.817, DE 19 DE SETEMBRO DE 2016. (Lei que regulamenta a insalubridade)

    LEI Nº 5247 DE 26 DE JULHO DE 1991. (Regime jurídico único dos servidores do estado de Alagoas)
    (NR 15) NORMA REGULAMENTADORA. ATIVIDADES E OPERAÇÕES INSALUBRES
    É CONSTITUCIONAL, ART. 7°, XXIII e 37, X. DATA BASE, REPOSIÇÃO.
    A LEI MAIOR DESSE PAÍS, E OS SERVIDORES PÚBLICOS TEM QUE SER RESPEITADA. EU SOU CONCURSADO. NÃO ENTREI PELA JANELA E NEM POR UMA GARAGEM. Avalie PRECARIZADO. EXIJO RESPEITO!

    Basta entrar em alinhamento com o vosso filho, o nosso governador, para restabelecer o meu direito e de muitos servidores da saúde?!

    Senador, vi a folha suplementar dos agentes penitenciários. Eles receberam, em folha suplementar, este mês, maio/17, o que foi descontado em março do corrente ano.
    O deles é periculosidade, mas nada difere da insalubridade. A FINALIDADE, EQUIVOCADA, POR PARTE DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA E A PGE FOI A MESMA.
    RETIRAR, ILEGALMENTE, O DINHEIRO DO SERVIDORES.
    EU QUERO O MEU DINHEIRO. É USURPAÇÃO. É MÁ FÉ. É APROPRIAÇÃO INDÉBITA.
    EU TRABALHO, É DIREITO MEU.
    TO INDIGNADO!
    AS MINHAS FÉRIAS DEVERIAM SER PAGA SEM DESCONTOS, POIS VERSARIA SOBRE O ÚLTIMO OU TRÊS ÚLTIMOS CONTRACHEQUES, UMA MÉDIA – OU SEJA – NÃO DEVERIA TER DESCONTOS.
    E SÓ AVISARAM DO DESCONTO AOS SERVIDORES, DEPOIS DO FATO CONSUMADO.
    Ainda continua o desconto.
    Já Dos agentes penitenciários, devolveram e suspenderam o desconto. Ainda vai ser incorporado ao subsídio.
    O nosso não!
    São dois pesos e duas medidas!
    SE PUDER AJUDAR. AGRADEÇO!
    Tenho certeza que o senhor e o governador, Renan Filho, não quer prejudicar os servidores públicos de Alagoas. E nem precisa do dinheiro descontado.
    Att. Williams Roger. Servidor público da saúde/Samu, que trabalha, arrisca a vida e quer o seu direito restabelecido!

    São Tiago 5

    1Vós, ricos, chorai e gemei por causa das desgraças que sobre vós virão.2Vossas riquezas apodreceram e vossas roupas foram comidas pela traça.3Vosso ouro e vossa prata enferrujaram-se e a sua ferrugem dará testemunho contra vós e devorará vossas carnes como fogo. Entesourastes nos últimos dias!4Eis que o salário, que defraudastes aos trabalhadores que ceifavam os vossos campos, clama, e seus gritos de ceifadores chegaram aos ouvidos do Senhor dos exércitos.5Tendes vivido em delícias e em dissoluções sobre a terra, e saciastes os vossos corações para o dia da matança!6Condenastes e matastes o justo, e ele não vos resistiu.

  • JEu

    Pois é, e os sindicalistas estão protestando somente contra a perda da contribuição sindical… pois é tudo o que eles querem e almejam: manter a boquinha sem trabalhar… assim, essa o Reinão já venceu… pois não existe mais sindicalismo de verdade… o que se tem é só manutenção de fonte de renda sem esforço… eita Brasil sem jeito…

  • treal

    Todo dia ele faz tudo sempre igual.

  • SH

    Até os paises nordicos de conhecida tradição em preservação de direitos previdenciarios se rendeu a matematica e reformam suas previdências.
    Mas na Bananalândia queremos receber desproporcionamente a nossa contribuição e que o governo arque com a diferença…
    Ou seja os outros tem de pagar a diferença do que vc pagou e o que quer retirar…
    É justo?

    • Cesar

      Que se faça reforma depois de se fazer CPI. Fazer reforma com grandes devedores como a Globo e a JBS devendo bilhões não é honesto e tampouco coerente pois quer atingir o de baixo que é o trabalhador que contribui todos os meses. Que se faça um levantamento de quem deve, que em seguida se cobre para depois fazer uma reforma honesta, contradizendo essa aberração que está tramitando no congresso.

    • Democrata

      Vc já pensou se todo esse dinheiro desviado APENAS dos delatados pela Odebrecht e pela JBS fosse reaplicados na previdência?

      Sabe de nada inocente…

  • wal

    ´Não se engane; é bíblico, o diabo vem em forma de cordeiro, dizendo que é JESUS, por isso que os de DEUS serão arrebatados,pois a maioria não ia saber saber se o diabo era mesmo JESUS.
    QUEM NÃO TE CONHECE QUE TE COMPRE…

  • flexaldecima

    Essa PEC da previdência do jeito que está, só lasca o trabalhador do setor privado, quem é que vai conseguir trabalhar contribuindo por 40 aninhos em um único emprego??? poucos sortudos!e ainda quando completa , o cálculo da média não é pelos maiores salários como é hj,e sim a média de todos, a perda é enorme, entorno de 30%, é meter a mão no bolso dos trabalhadores, e ainda, favorece os banqueiros que venderão planos de previdência privada como água,imagine a negociata deles com o presidente da câmara Rodrigo Maia, presidente do senado Eunico e com o TEMER,sem contar com o papudinho falador, e com o relator,me dá nojo!! ver e escutar essas caras irem para a televisão falar, o cinismo é grande, é um sentimento de revolta,sabemos quem são os maiores devedores, porque o governo não cobra deles???” e como se um ladrão estivesse lhe roubando vc vendo é não poder fazer nada,sensação de IRA!! so DEUS.

  • carlos

    Nossa bancada federal, olho neles! Temos os contra de sempre pelo histórico politico
    Pedro Vilela,Carimbão,Nivaldo Albuquerque, Max Beltrão,Cícero Almeida e o Paulo que era favor da reforma até um dia quando a Dilma e PT,deixou de ser e agora é contra…Já Max Beltrão tem suas razões está defendendo sua permanência como Ministro do Turismo e esta´segundo um jornal local,tocando um mega projeto bilionário com o terreno de Marinha.