Depois de uma eleição tão asperamente disputada, com as máquinas públicas de Maceió e de Alagoas quase que paralisadas, a hora é mesmo de desmontar os palanques.

O governador Renan Filho e o prefeito Rui Palmeira têm a obrigação de sentar e discutir o que podem fazer juntos para melhorar a qualidade de vida dos maceioenses.

Por óbvio e pelo que foi a campanha, principalmente no segundo turno, a iniciativa para esta parceria há de partir do governador, entendendo o recado que as urnas lhe deram.

Se o Palácio tem, de fato, projetos de melhoria para a capital – e não só de “cimento” –, a hora de desenvolvê-los de forma civilizada é agora: conjuntamente.

A cidade precisa, mais do que nunca, que esta parceria aconteça na prática. Não se trata de tornar Renan Filho e Rui Palmeira “amigos de infância”, mas é esquecer tanto quanto possível o que pode vir por aí, em 2018.

Se o nosso presente é o do “mais pobre entre os pobres”, o nosso futuro imediato precisa ser de junção de esforços para que Maceió – e não só – consiga atravessar a crise profunda da melhor maneira possível.

Esticar a disputa suja e sangrenta de agora por mais dois anos não é – e nem seria – uma atitude responsável.

Juízo!

 

O futuro possível para Rui Palmeira e Cícero Almeida
O ritmo das coisas
  • JEu

    Nesse meio, juízo, a bem do povo é coisa de somenos importância… principalmente para quem tem o péssimo hábito de “guardar” mágoas… ainda bem que Alagoas e Maceió tem um ministro do PSDB alagoano tentando fazer alguma coisa por essa terrinha caetés…

  • WAL

    Sinceramente, adoece com as propagandas política em nosso estado.
    É bom estudarem novo método para tal, ou se coloca uma emissora para quem quiser ver ou assistir as baboseiras dessas pestes…

  • Joao TT

    Tá na HORA mêRmo de aMÉLIORá a vida de todXs, da muiÉrada tbém: CERTx ou erradX?
    * A FILHA do rico vai fazer curso no JAPÃO
    – Na Grécia na Argentina até Afeganistão/ Pq a filha de RICO só viaja d´AVIÃO
    * A fiA do pÓB n´INTERIOR grosseiro/ Passa 4-5 dias olhando 1 livro primeiro
    – Engasgada na FUMAÇA/ No farol do CANDEEIRO
    * O RICO é quem come tudo/ Tudo que quer ele come
    – Mas o pobre que TRABALHA/ Ganha pouco e passa FOME [ O PÓB I e o RIK ]
    Caju & Castanha, _ http://www.vagalume.com.br/caju-castanha/o-pobre-e-o-rico.html

  • ARTUR GAIA

    kkkkkkkkkkkkkk Tenho acompanhado os comentários do JOÃO TT, confesso que é interessante suas colocações.
    Esse cabra é sertanejo e matuto inteligente, juro. kkkkkkkkkkkkk

  • treal

    Parece que Renan pai não pensa assim. Em recente pronunciamento, Renan pai defende Cícero, reconhece erro na crítica a João Sampaio e se sente arrependido por ter dado emprego a Rui.
    É uma declaração de guerra?