Uma mulher de muitas causas e com o foco na defesa da dignidade humana. Eis um breve resumo do que é a antropóloga Debora Diniz, entrevistada do Ricardo Mota Entrevista deste domingo, na TV Pajuçara  – que vai ao ar mais cedo durante o horário de verão: 8h25 (com reapresentação na segunda-feira, a partir das 18h no TNH1).

Com uma energia rara em qualquer ser humano, esta alagoana de fala mansa e firme veio a Maceió, esta semana, conhecer o trabalho de resistência realizado pelos profissionais do Hospital Hélvio Auto.

Professora de bioética da Universidade de Brasília, escritora, documentarista, pesquisadora, ela lançou em agosto o livro Zika: do Sertão nordestino à ameaça global, “retomando” um tema que foi esquecido pela mídia e, principalmente, pelos governos.

Este esquecimento, é verdade, tem muitas explicações, mas uma delas é central: a Zika é uma doença que trouxe e traz consequências dolorosas principalmente para mulheres pobres (nordestinas, principalmente). Talvez esteja aí a razão mais plausível para o silêncio dos dias de hoje.

Encarando sempre “boas encrencas”, esta alagoana de aparência frágil – e as aparências continuam nos enganando – faz uma revelação surpreendente: está nas mãos do STF a decisão de determinar (ou não) que o SUS distribuía repelentes para mulheres de baixa renda.

É assustador?

Pois bem: a conversa segue outros caminhos, discutindo o aborto e os Direitos Humanos no Brasil atual.

Ao final, Debora Diniz manda um recado para o governador Renan Filho.

Eu acho que ele deveria ouvi-la.

Ricardo Mota Entrevista

Domingo, às 8h25, na TV Pajuçara (segunda, a partir das 18h no TNH1)

Convidada: Debora Diniz, antropóloga e professora da UnB

Segundo turno em Maceió: três candidatos e os três temores
Ibope confirma mais uma vez os números do Paraná Pesquisas
  • JEu

    Parabéns à alagoana Débora Diniz… é um orgulho para nós todos… que bom saber que ainda temos valores verdadeiros em nossa terrinha… pena que existam tantos outros, principalmente lá no planalto, só para desabonar o povo alagoano…

  • Ferro

    Ricardo bom dia!
    Só quem pode expurgar este tipo de político da sociedade alagoana. São os próprios alagoanos. Enquanto votarem neles e em seus parente. Alagoas vai continuar a ser este estado Subdesenvolvido. Onde a maioria da população mendiga um emprego público de favor para sobreviver.
    Uma vergonha !!!

  • Joao TT

    … “Aos TRANCOS e barrancos – como o BRASIL deu no que DEU”, escrevia em 1985 o Prof DARCY, _ https://pt.wikipedia.org/wiki/Darcy_Ribeiro
    Em ALAGOAS de Graciliano 1927-30 no AGRESTE Palmeira chega 50,3 % de EFICIÊNCIA – a 1.225 a melhor ADMINISTRAÇÃO entre as cidades do BRASIL.
    _ http://www1.folha.uol.com.br/remf/#/compare/4528/santana-do-ipanema-al/1225/palmeira-dos-indios-al
    No SERTÃO Delmiro plantou a Fábrica da PEDRA do Gouveia, e veio a UFAL.
    Em St’ANA no governo GB veio a UNEAL, agora IFAL e UFAL também.
    Da UNB do Prof DARCY e da Profa Debora chegam-nos Cursos à DISTÂNCIA da Universidade ABERTA.
    Bem VINDA, Profa Débora DINIZ! _ http://lattes.cnpq.br/3865117791041119, atualiazado EM 12out16

    … “E eu quero mandar para o ALTO/ O que eles pensam em mandar para o BELELÉU – E que tudo + vá pU CÉU
    [BELCHIOR], _ https://pt.wikipedia.org/wiki/Belchior

  • cassia castro

    parabéns Ricardo Mota pelo seu trabalho.
    obrigada Dra Debora Diniz

  • ÃDAILTON ARAPIRACA

    QUERIDA CONTERRÊNEA, ALAGOAS T M JÓIAS RARAS,C VC.J T GOSTANDO D TI S T CONHECER.POIS, ESTÁ ENGAJADA NUM PROJETO SOCIAL, M IMPORTANTE,ONDE OS GOV DEIXARAM D LADO.MUITO JUSTA A IDÉIA,POIS ATÉ EU,ACHO CARO.ESSES GOV T Q ENTENDER Q GASTAM MUITO MENOS NAENÇ PREV

  • SANTOS ARAPIRACA

    todas as pessoas e politicos, deveriam abraçar a causa da DENISE,pois a pr evenção sai mais barato q a cura. estou a favor dessa causa,DENISE.

  • Amaro do Ferrão

    Jornalista,tem boi gordo? Pois com a desoneração,ia ganhar um bom dinheiro.

  • Eduardo Cardoso

    Ricardo, fala sobre a diminuição recorde da violência aqui no nosso estado. Foi a maior redução do país.
    Se esforça e faz esse elogio ao governo!
    Abraço!

  • Rubens Mário

    Enquanto esse modelo político e essa democracia lateral perdurarem nesse país repleto de hipocrisias, a miséria continuará sendo alimentada. Como vamos acabar com miséria e violência, sem educação básica para os mais pobres? Não adianta amenizar fome sem dar dignidade para essas pessoas no futuro buscarem seus sustentos com trabalho digno! Chega de hipocrisias! Quantos negros das nossas periferias sociais, governadas pelo tráfico, terão direito às quotas e poderão frequentar as Universidades criadas pelo sr. “Lula”? Já estou cheio de bla bla bla…