Entre os peemedebistas com poder em Alagoas, Olavo Calheiros é o que parece ter mais influência sobre o governador Renan Filho.

E vem do primeiro-tio a posição divergente, hoje, na família em relação às alianças eleitorais em Maceió.

Olavo defende que o PMDB lance um candidato próprio, aproveitando aquilo que as pesquisas palacianas apontam: uma grande aprovação do governo de RF (?).

Quem seria?

Eis o problema: não há, por enquanto, um nome disposto a ir às urnas e com chance de vitória. Uma derrota não seria bom para o Palácio República dos Palmares.

As alternativas seriam: o apoio a Cícero Almeida, o que parece improvável, ou uma dobradinha com Rui Palmeira, o que pode ser possível – embora ainda longe de ser definida.

O nome do vereador Kelmann, presidente da Câmara Municipal de Maceió, ainda é o mais cogitado para ser um possível vice – em se confirmando a aliança.

E Olavo?

Segundo um calheirista, a posição dele não é “a ferro e fogo” no caso.

Renan aos candidatos do PMDB: "Falar em dinheiro dá cadeia"
Renan pai refaz 'amizade de infância' com Michel Temer
  • carlos

    Um homem de muito “votos e carismático”.Veja como repercutiu sua opinião kkkk

  • ariana gomes

    CICERO AMEIDA É O MELHOR CANDIDATO PARA PREFEITURA DE MACEIO.