No julgamento do TJ, no dia 16, em que os desembargadores aceitaram a denúncia contra o prefeito de Rio Largo, Toninho Lins, o procurador-geral de Justiça, Sérgio Jucá, fez um histórico das administrações desastrosas que passaram pela cidade nas últimas décadas.

O primeiro nome citado foi o de “Mário Vaca”, um triste personagem que também, ao modo, administrou Rio Largo, ainda na década de 1970. Ele foi afastado pela Justiça (caso raríssimo naquela quadra da vida política alagoana).

Pois bem: para a eleição do ano passado se uniram dois personagens importantes da política local para vencer a disputa, que parecia perdida.

De um lado, João Beltrão escalou o prefeito afastado, Toninho Lins. Do outro, Antônio Albuquerque contribuiu com Maria Elisa, outra que vive enrolada com a Justiça.

Deu no que deu: a dobradinha venceu as eleições com o apoio de um quarto do eleitorado local. Mas venceu.

Só que agora, o que era uma “amizade de infância” se desfez e, parece, que para valer.

Depois que Toninho Lins virou réu na Ação Penal do TJ, Maria Elisa, a vice no exercício do cargo de prefeita, já não fala a mesma língua do titular (que nem no banco fica mais).

Albuquerque, ao modo, “disponibilizou” um dos seus assessores diretos para acompanhar e aconselhar Maria Elisa. Ela só segue a cartilha do parlamentar do PT do B, que deve disputar uma vaga na Câmara Federal.

Ou seja: JB já não exerce seus poderes em terras de Rio Largo.

Outro aliado de Toninho Lins, o senador Fernando Collor, em tese também sairia perdendo. Mas não há quem garanta que o deputado de Limoeiro de Anadia não forme no time do ex-presidente em 2014.

A judicialização da Saúde e a 'máfia de branco'
O cerco a JHC na Assembleia e em Arapiraca
  • MARIO VIEIRA DOS SANTOS

    É POR ISSO QUE RIO LARGO É ESSE DESASTRE EM TERMO DE ADMINISTRAÇÃO,PARABÉNS POVO DE RIO LARGO,VCS SÃO EXEMPLO EM SABER ESCOLHER SEUS REPRESENTANTES,KKKKKKK!

  • SONIA PEIXOTO

    TUDO FARINHA DO MESMO SACO COMEM TUDO NO MESMO PRATO . NÃO ACREDITO MAIS NESSA GENTE.
    RIO LARGO SE ACABANDO PARECE UM LUGAR QUE TEVE UMA GUERRA POR CAUSA DESSA TURMINHA QUE SÓ BOTA O DINHEIRO NO BOLSO .

  • Carlos Toledo

    O Collor sair perdendo? Acho que não. Até porque lembro-me que nas últimas eleições para Estadual, o deputado Antonio Albuquerque apoio o Teo.

  • Thiago Sousa

    Toninho Lins sairá perdendo se não firmar com Collor, o senador tem realizado um ótimo trabalho para o nosso estado e tem grupo de aliados muito engajados que poderia fortalecer a estrutura do Toninho, eu no lugar dele pensaria muito antes de tomar essa decisão.

  • jeconias justino

    É interessante como as cidades são transformadas em verdadeiros currais eleitorais, com seus ” donos”, ora um, ora outro. Quem tem culpa nisso? É claro, a justiça, e também a população.

  • Lucas Farias

    Olha um exemplo do “ótimo trabalho” que os alienados e financiados apoiadores colloridos têm defendido:

    Collor quer diminuir poder de fiscalização do TCU

    http://congressoemfoco.uol.com.br/noticias/collor-quer-diminuir-poder-de-fiscalizacao-do-tcu/

  • Estupefata

    É verade, Jeconias Justino. E acrescento mais: Acho que o povo de Rio Largo merece porque…vá escolher mau os seus representantes assim…no inferno.
    Ôxi, quanto prefeito ruim…

  • JEu

    Rio Largo, com um ou com o outro, virou terra de ninguém…

  • Riolarguense

    Interessante, do modo como a matéria foi escrita fica parecendo que quem concorreu a eleição foi João Beltrão e Antônio Albuquerque. Uma piada! Os mesmos só querem usufruir do que Rio Largo pode proporcionar a eles na próxima eleição. É bom lembrar que os dois só foram à Rio Largo na campanha, no dia do lançamento da candidatura, falaram 1 minuto cada e pronto. Não apareceram mais. Quem ganhou a eleição não foi Antônio Albuquerque nem João Beltrão nem Collor nem Eliza, esta por sinal não conseguiria eleger nem a filha para vereadora. Quem ganhou foi Toninho, estão esquecendo disso, mas em breve todo mundo vai lembrar.

  • Paulo

    Nasci e me criei em Rio Largo tenho 43 anos. “Conheci” três prefeitos que foram realmente homens de bem. São eles: Walter Figueiredo,Tonhão e João Texeira. Depois desses,só entraram sugador do dinheiro publico.

  • carlos s.

    CARO RICARDO,

    pobre RIO LARGO, PODERIA SER DESENVOLVIDA, MAS, com essa turma…

    vota a30 contos, eh o resultado

  • Leonardo

    Parabéns Dra. Eliza pelo excelente trabalho que a senhora vem fazendo na nossa querida Rio Largo. Faço aqui um apelo: deixa e mulher trabalhar.

  • Fabiano Ramalho

    Caro amigo Paulo, vc ta totalmente certo, minha querida rio largo esta abandonada, depois de meu saudoso tio Walter, desconheço um prefeito que fez algo por rio largo, é uma verdadeira pena.

  • carlos

    O povo,hoje tem muitas informações de quem é quem!vota porque quer.Acha bonito seus minicípios terem donos!Toninho Lins de Beltrão,quis empregar o modelo lá Coruripe e não foi muito bom está enrolado com a justiça.O povo de Rio precisa superar todas estas adversidades,que esta cidade da grande Maceió,vem enfrentando há decadas!Acorda Rio Largo!

  • george firmo

    Estas alianças macabras,só tem destruido rio largo,o resultado e não ter ambulancias,carros novos parados por falta de pneus ou baterias e carro alugados de aliados,para roubar os cofres da prefeitura.