Desde junho que o Tribunal de Justiça se debruça sobre as mudanças que deverão ser feitas na 17ª Vara Criminal da Capital.

O presidente do TJ, José Carlos Malta, criou uma comissão, na semana passada, para apresentar um esboço sobre a nova estrutura e composição da Vara.

Lembrando: ela será criada, assim como a anterior, através de um projeto de lei a ser apresentado à Assembleia Legislativa, provavelmente em agosto.

Uma das alterações possíveis é a saída do juiz Maurício Breda. Motivo: ele é titular, desde 2006, da 7ª Vara Criminal da Capital, que realiza julgamentos de crimes contra a vida, e não mais poderá acumular as duas funções:

“Eu gosto muito do tribunal do júri e esse sempre foi meu sonho como juiz. Ter de deixar isso para trás é muito difícil”.

A decisão ainda não está tomada, mas é possível que Breda não se candidate a ser um dos titulares da nova 17ª Vara Criminal da Capital.

Mesmo com todas as dificuldades, o magistrado conseguiu obter números expressivos, atingindo metas muito próximas ao que foi estabelecido pelo CNJ. O que é mais difícil por se tratar de uma Vara Criminal da Capital.

PRTB de Cícero Almeida faz arrastão no interior
Estaleiro Eisa: o filho bastardo de tantos pais
  • Paulo

    Ricardo,

    meu assunto é outro…
    diga-me onde trabalham 1.500 funcionarios da assembleia???
    É incrivel mas la mesmo devem trabalhar se muito 200 pessoas…

  • João Carlos A. Uchoa

    Sem nenhum favor, um exemplo de magistrado. Além de honesto, correto e austero, gosta do que faz. Trabalha e muito, sem nenhum demérito aos demais juízes, mas é só vislumbrar e comparar os processos em andamento na 7ª VCrim com as demais varas e será facilmente comprovado o que digo.Sem deixar de mencionar que há outros magistrados, com as mesmas virtudes que tiveram atrasos no andamento devido a problemas de saúde, mas são igualmente preparados.

  • Williams Roger

    A sociedade e a segurança pública só tem a perder! Esperamos que o substituto seja combatente também!

  • JEu

    Vai fazer muita falta na 17ª VC o Juiz Maurício Breda. Espero que o seu substituto não seja muito “manso”, ou a criminalidade do colarinho branco vai aumentar incontrolavelmente…

  • Ana Valença

    Espero que não aconteça a saída do Juiz Maurício Breda Filho da 17ª vara criminal da Capital ou da 7ª Vara. Com certeza só a sociedade alagoana perderia, diante da hombridade,celeridade, senso de Justiça, e acima de tudo honestidade… que pautam a vida e o caráter deste nobre e tão jovem Magistrado, que só enobrece a classe a que pertence!

  • Ana Valença

    Perder um Magistrado do quilate do Dr. Maurício César Breda Filho, tanto para a 7ª ou para a 17ª vara criminal, é sem sombra de dúvidas uma perda irreparável! Conhecedora do seu trabalho incansável pela celeridade processual, busca pela verdade, honradez e senso de Justiça, traços estes que norteiam seu caráter, e muito enobrece a classe a qual representa.

  • Ana Maria Pereira Valença

    Já postei quatro vezes e a postagem não sai, qual o problema, Ricardo?

  • REGINALDO

    UM JUIZ DE LETRAS MAIÚSCULAS. TRABALHADOR, ÍNTEGRO E PROBO. ESTE MAGISTRADO MAURÍCIO BREDA, DEVE SERVIR DE ESPELHO PARA OS DEMAIS. MESMO FUNCIONANDO NA VARA DO TRIBUNAL DO JÚRI, JÁ É UMA GARANTIA PARA A SOCIEDADE ALAGOANA. PARABÉNS MAGISTRADO E AO BLOG.

  • carlos

    17 vara,uma forte esperança contra à corrupção e os novos novos nomeados boa sorte e muito trabalho, coragagem e que não tenham rabo de palha.Os deputados que teimam em zombar da justiça os dias estão contados.O dep.JHC,que não conta com ajuda dos deputados chamados de “honesto”,tem o povo.O silêncio dos históricos é omissão o PT,mais uma vez decepciona!