Se a hora é de avançar no combate à corrupção (também), a proposta do Ministério Público de Contas, através de sua associação nacional, não podia ser melhor.

Em assembleia realizada este mês, os integrantes da entidade decidiram encaminhar ao Congresso Nacional uma PEC – Proposta de Emenda Constitucional – que venha dar alguma transparência aos Tribunais de Contas em todo o país.

O senador Wellington Dias, líder do PT, se comprometeu a apresentar a proposta: os conselheiros dos TCs devem passar a ser fiscalizados pelo CNJ, Conselho Nacional de Justiça.

Há forte resistência dos conselheiros em todo o país. Eles não querem aceitar a fiscalização do CNJ – e nenhuma outra que seja séria -, que já realiza esse trabalho junto a 22 mil juízes espalhados pelo território nacional.

Há uma exceção: o Tribunal de Contas do Estado do Pará.

A missão dos integrantes do MP de Contas é dar publicidade à proposta, principalmente nesse momento de avanços (forçados) do Congresso Nacional.      

Os procuradores do MP de Contas, em contrapartida, passariam a ser fiscalizados pelo Conselho Nacional do Ministério Público.

De como a fruta do plebiscito apodreceu tão depressa
O que Renan, Collor e Vilela têm em comum
  • jeconias justino

    Esse Brasil tem que mudar radicalmente mesmo. Como é que os TCs existem pra fiscalizar as prefeituras, trabalho que, aliás, não fazem nem um pouco bem, e não querem ser transparentes. O que eles querem esconder? Vc fez uma boa observação: só teremos mudanças verdadeiras, proveitosas pra população, se lutarmos por nossos direitos, pois não somos representados em nenhum dos poderes.

  • silva

    a hora dos corruptos chegou, esses sim, tem que ser rigorosamente fiscalizados, todos sabemos que a sugeira e a compra pelos prefeitos é absurda, acorda povo, movimento em cima deles, ai os podres vem a tona, seria ótimo que antonio sapucaia estivesse na ativa(aplausos pra ele).

  • Senae

    Que que isso!…você quer acabar com a mamata de lá? Não é àtoa que conselheiro faz 70 anos mas não larga o osso. Continua na folha dos comissionados.

  • REGINALDO

    POR OITO MILHÕES DE REAIS, O DEPUTADO DE CUIABÁ ESTÁ PRESO. EM ALAGOAS OS TATURANAS QUE PASSARAM A MÃO NOS 300 MILHÕES ESTÃO LIVRE IGUAL AOS PÁSSAROS.O INQUÉRITO DORME NO S T J. E OS 100 MILHÕES DO TRIBUNAL FAZ DE CONTAS DE ALAGOAS ? QUEM VAI RESPONDER ?

  • Alvarenga

    E o MP, caro Ricardo, quem fiscaliza? Apenas eles mesmos, com o CNMP? Quem vigia os vigilantes, afinal?

  • ferreira

    Resolveria o problema da corrupção nos Tribunais de Contas se os conselheiros e funcionários fossem escolhidos por mérito, através de concurso público sério…

  • REGINALDO

    SR. ALVARENGA: SOU DO RAMO DO DIREITO, QUEM FISCALIZA O MINISTÉRIO PÚBLICO EM ALAGOAS, É A CORREGEDORIA GERAL DO MINISTÉRIO PÚBLICO E A NÍVEL NACIONAL, A CORREGEDORIA NACIONAL DO MINISTÉRIO PÚBLICO. SE O AMIGO TIVER ALGUMA DENÚNCIA CONTRA A INSTITUIÇÃO LOCAL, SE DIRIJA A CORREGEDORIA NACIONAL QUE INTEGRA O CONSELHO NACIONAL DO MINISTÉRIO PÚBLICO.