Ter boas histórias para contar é um presente da vida; saber fazê-lo é um dom. Raul Plassmann, comentarista de futebol, é um desses personagens que nos divertem narrando suas aventuras de atleta do esporte preferido no Brasil e em boa parte do mundo.

Goleiro de raro senso de colocação, Raul vestiu as camisas do Cruzeiro – da geração de Tostão, Dirceu Lopes e Wilson Piazza -, do Flamengo – de Zico, Adílio e Adão – e da Seleção Brasileira. Não foi  titular da magistral equipe nacional da Copa de 1982, que nos dava um imenso prazer de ver jogar, por conta de um descuido.

Em um dia de treino, sob o comando do fantástico e turrão Telê Santana, ele dormiu mais do que devia. Foi acordado por um integrante da comissão técnica, que lhe alertou para o atraso. Pensou que se tratava de uma brincadeira e escreveu um bilhete para o Mestre Telê, a quem mandou entregar: “Vale um treino”, assinando embaixo. Resultado: tivemos de sofrer com Valdir Peres.

Mas a saga do paranaense que se fez mineiro começara muito antes. Nos anos de 1960, Raul ganhou fama como “o goleiro da camisa amarela”. Puro acaso, conta o próprio. Ao chegar ao vestiário para trocar de roupa, viu que sua tradicional blusa cinza estava rasgada. Pediu ajuda aos companheiros, e um deles lhe apresentou um moleton da cor que ele consagrou e que a torcida atleticana demonizou. Ao entrar em campo, a galera adversária foi à forra: “Bicha, bicha”.

As mulheres adoraram ver aquele atleta louro, alto, bonito, que vestia calça saint-tropez, na sua moderna indumentária. Vieram as alcunhas – “Wanderlea” (no auge), sendo a mais difundida. A mãe de Raul não demorou a conhecer a nova imagem do filho, ao visitá-lo na machista Belo Horizonte. Tratou de não constranger a cria, até que um dia recebeu-o para o Natal, em Curitiba. Numa madrugada, o goleiro acordou e viu a progenitora ao pé da sua cama, ajoelhada, terço na mão, balbuciando algumas orações. Intrigado, Raul perguntou-lhe do que se tratava:

-Pode contar a verdade para a sua mãe. Eu estou preparada.

Explicou-se como podia e estava acostumado a fazer. Afinal, o pior já havia passado. Em um jogo, na Vila Belmiro, enfrentava nada menos do que o Santos de Pelé e mais dez. Isso já faria qualquer um tremer; sendo goleiro, pior ainda.

A partida estava equilibrada, afinal, vestiam a então belíssima camisa azul das Alterosas, Tostão, Natal e tantos outros craques. Mas do outro lado…

Pois é: havia um gênio que também sabia ser mau. Escanteio para o Santos, e o atento Raul se preparava para o perigo. Olhos bem abertos, passou em revista a sua área. Viu, de soslaio, cada um dos seus possíveis algozes, até que bateu de frente com o Rei Negro. Sorriso maroto, de canto de boca, Pelé acenou-lhe com uma sedutora piscadela. O goleirão desconcertou-se e não teve mais conserto: perdeu a pose e o jogo.

Ao apito final do juiz, ainda tentou pedir explicação para a provocação. Pelé: “Eu?!”  

CNJ recebe relatório preliminar do TJ sobre fraudes no DPVAT
Direitos Humanos para caolhos
  • Cara iê iê iê, é justo…

    É justar LULA pagar até 12/02/2010 R$ 779,59 Bilhões de Juros da Dívida Pública? É justo no seu governo + de 60.000 mortes/ano por Violência? É justo matar no Brasil mais do que em quaisquer guerra no mundo? É justo que no seu governo são mortos + de 36.000 Jovens/ano por Violência? É justo o governo LULA gastar em Segurança (Ministério da Justiça) apenas R$ 38,8 Bilhões e R$ 779,59 Bilhões com Juros? É justo ter no Brasil + de 30.000.000 de brasileiros passando Fome? É justo o LULA gastar apenas R$ 105,7 Bilhões no Combate a Fome e R$ 759,59 Bilhões no pagamento de Juros? É justo a defasagen de 86% nos salários do Aposentados que ganham acima de 1 salário mínimo? É justo o LULA ter uma aposentadoria acima de R$ 5.300,00 do INSS, sem pagar I.R. e superior ao teto máximo? Agora sabendo, LULA, responda se é justo? P/Arabutan

  • joaquim

    Outra vez, um belo texto.Quem teve o prazer, como nós, de ver a Canarinha de 82 comandada pelo Mestre TELÊ, sabe apreciar um bom futebol. O Raul sempre foi um excelente goleiro e, ao que parece, um bom caráter.

  • 3 = demais!

    Quem ouviu a candidata Marina Silva, com elogios rasgados a FHC + LULA, jamais poderia imaginar tamanho amor pelo neoliberalismo. Marina concordar com os avanços neoliberais, é o mesmo que concordar com a LRF – Lei de Responsabilidade Fiscal, aquela que tira da Cidadania (Educação, saúde, segurança…) recursos do orçamento para o superavit fiscal pagar Juros da Dívida, é o mesmo que concordar com os pagamentos de R$ 1,058 Trilhão de Juros da Dívida por FHC + LULA, de uma Dívida que em 1º/01/1995 era de R$ 61 Bilhões, hoje de R$ 2 Trilhões, certamente Marina Silva não está preparada para ocupar a Presidência da República Federativa do Brasil. É quando a emenda será pior do que o soneto!!! A sua entrevista na RedeTV, para um bom entendedor, Marina pautou na defesa do CAPITAL em detrimento ao TRABALHO! É senadora Marina Silva, o Brasil de hoje precisa de um presidente com determinação do fazer e do pensar grande! Gostaria de votar na candidata, mas diante dos fatos narrados, não por ser evangélica, pois sou católico, mas perdeu meu voto. P/Arabutan.

  • Terremoto no Brasil.

    Os dois piores terremotos na América do Sul foi no Brasil, os chamados de FHC e LULA, que em 15 anos de tremores e abalos na Cidadania, já morreram por Violência mais de 300.000 pessoas. É o brasileiro mergulhado na inércia, de braços cruzados vendo as Drogas e o Crime Organizado passar. O que me faz lembrar a frase do saudoso Dr. José Mindlin: “Um país só desenvolve com Cultura e Educação”. Só mudamos para melhor, se o eleitor que vota errado, votar certo em 2010. P/Arabutan

  • Desportista

    Parabéns!R.M., por este magnifico texto q vc mais uma vez nos relembra, pelo menos algo de interresante, já q o nosso estado esta mergulhado no mar de corrupção, com essa clase politica q ai se encontra e q nos envergonha como Alagoanos q amamos a nossa querida ALAGOAS.

  • Luiz Carlos Godoy

    Ué, e o meu comentário, não foi publicado por quê? Será porque discordei do autor do texto quando este afirma que “tivemos de sofrer com Valdir Peres”?! “Até tu, brutus?”

  • Marcos Maia

    Ricardo , estou deixando aqui meu parabens e que Deus te proteja.
    Abs
    Marcos Maia