Os prefeitos terão dois dias, na próxima semana, para um saudável embate frente a frente com o governador Téo Vilela e seus secretários. Promovido pelo governo do Estado, o seminário “Estado e Municípios: ações estratégicas para o desenvolvimento”, a ser realizado entre quinta e sexta-feira, dará oportunidade aos dirigentes municipais de protestarem em conjunto contra as ações que consideram prejudiciais às prefeituras – redução de ICMS, transporte escolar etc. Estes têm sidos os temas dominantes nas reuniões da AMA , e como todos os secretários estaduais vão participar, não parece haver melhor momento para a discussão franca e aberta.

.

O encontro traz a Maceió o ministro Patrus Ananias, do Desenvolvimento Social, nome sempre lembrado para a sucessão do presidente Lula. Também o presidente do Tribunal de Contas da União, Ubiratan Aguiar, já confirmou presença.

Arcebistpo pode "empurrar" ações do governo na Segurança
Torcidas organizadas: futebol à Mussolini
  • Edinaldo Marques

    Essa inciativa merece aplausos. É uma oportunidade de discutir políticas públicas, estratégias coletivas e ações administrativas que possam beneficiar a população. O problema é a motivação principal de cada prefeito. Às vezes, o foco é o poder, ao invés de ser as necessidades do povo.

  • Pe José Alves Damasceno

    Pelo amor de Deus e pelo que voces esposa e filhos do meu amido Edécio têm a ele, não entreguem o seu acervo do Museu da Imagem e do Som, tampouco a nehum órgão público, seja municipal, federal e, muito menos, estadual. Esses bens representam a expressão da alma do querido Edécio.

  • luciana sarmento

    Esse governador é realmenten um homem íntegro,cada vez mais demonstra sua preocupação com a coletividade,é realmente o maior político do estado na atualidade.