Até domingo, e a partir de agora mais do que nunca, as gangues dos votos vão atuar desesperadamente em Maceió e nas cidades do interior. O objetivo que elas têm a cumprir é claro e definido: eleger o maior número possível de bandidos para as prefeituras e Câmaras de Vereradores. O papel de cada um de nós também há de ser, da mesma maneira, cristalino e objetivo: combater os assassinos sociais (expressão cunhada pelo delegado José Pinto de Luna), sem lhes dar tréguas.

Como isso é possível? Inicialmente deixando de lado o entendimento estúpido que se estabeleceu entre nós de que "não temos nada a ver com isso". Temos, sim. Da mesma forma que a população mais pobre e/ou desinformada (há muita gente de grana que desconhece o mundo em volta) somos todos vítimas da espécie predadora que, eleição após eleição, se multiplica no Executivo e Legislativo. A nossa omissão – de cada um de nós – pode significar, ao final, a cumplicidade com bandidos perigosos, exterminadores sem controle.

Eles roubam os cofres públicos; assaltam os postos de saúde, levando os medicamentos destinados aos que mais precisam; trocam o leite da criançada desnutrida pelo uísque de marca de que vão desfrutar; impedem que meninos e meninas vão à escola – quando deixam que a escola seja construída -; e lhes apontam um breve futuro no tráfico e na violência como única alternativa de sua vida-morte. E fazem tudo isto, o que é ainda mais perigoso, com a nossa permissão.

Ainda mais: depois de eleitos, os assassinos sociais são recebidos com reverência, e mais respeitados passam a ser quanto mais ricos ficam. Amorais ou imorais, pouco importa. Eles têm o dom que azedar o presente e e estragrar o futuro. Nunca apareceu na história do planeta uma espécie com maior capacidade de destruição.

São a degeneração absoluta do Homo sapiens. Eles fazem do sorriso o disfarce perfeito para o crime – e estão sempre prestes a cometer algum, porque é da sua natureza roubar, destruir, matar. Às vezes nos aparecem com o discurso de caçador – " Contra os políticos profissionais" -, mas apenas são mais do mesmo. Bichos pérfidos e cruéis.

Caçadores devemos ser nós, cada um de nós. Conhecendo algum deles, sabendo das suas ações, denuncie à OAB, à Justiça, à Polícia Federal – a quem você puder (veja relação de telefones abaixo). Se você tomou conhecimento de que  algum desses assassinos sociais – ou potenciais criminosos – está fazendo cadastro de eleitor, comprando voto, não se acovarde! Use de todos os meios legais possíveis para evitar que, mais uma vez, eles destruam famílias e futuros. É só isso que eles sabem e querem fazer.

Cada um deles que nós tiramos de circulação, ou impedimos de se tornar uma realidade assassina, representa a posspibilidade de melhorarmos a nossa cidade, Estado, país. Ao calarmos, só poderemos nos dizer, um pouco mais adiante, ao ver o jovem quase menino nos apontando a arma: "Este eu criei com a minha omissão". Sejamos caçadores agora, ou viremos caça depois.

Ligue para : OAB – 2121-3207

             Comissão Externa do Fórum Eleitoral  – 0800 723-7703
                                                                  – 0800 723-7704
                                                
             Polícia Civil : 0800 284-9390 

             Polícia Federal – 3216-6700 

Juíza proíbe circulação de candidatos em Palmeira, Igaci e Estrela de Alagoas, no domingo
OAB seleciona 70 sessões eleitorais para fiscalização no domingo
  • Marcia

    É uma pena Ricardo,que a maioria da população não tem consciência política,mais valeu o seu recado.Quem sabe um dia vamos conseguir mudar esse quadro.

  • luiz carlos valoes cordeiro

    ricardo mota voçe tem razão nesta materia e ai de nós se não fosse a intervenção do grande desembaargado e alguns juizes e ainda + o grande delegado dr pinto de luna com toda sua coragem,e imundo é que vota nesses bandidos e assassinos que vem roubando e matando sem serem punidos .

  • Kleber Lins

    Estou de pleno acôrdo, todos nós somos responsáveis pelos dos maus políticos, tanto por nos acovardarmos em denuncia-los, por receio de represálias ou mesmo por negligência, quanto pelo simples ato, simples e de graves conseqüencias sociais,de os elegermos.

  • leandro

    Ricardo, a gente vê tanto a divulgação de telefones para denúncias, mas até agora não vi nenhum candidato ter a candidatura anulada por compra de votos.

  • Pablo Pinheiro

    Saudações aos que tem coragem!!! A única esperança é a substituição lenta, porém, contínua dos Juízes, Promotores, Delegados e outros funcionários públicos que entraram pela janela.Eles são coniventes ao Genocídio Social de Alagoas. Mota, deixo aqui registrado minha adimiração.

  • Ricardo

    Gostaria muito se pelo menos a metade da imprensa alagoana tivesse esse mesmo pensamento. Fico feliz por ainda existir profissionais de qualidade. Em Junqueiro os velhos coroneis querem voltar de qualquer jeito e o crime rola a solta, mas a justiça vai tomar de conta.

  • Sergio

    É importante a divulgação em todas as mídias, principalmente a televisão aberta, dos telefones citados para denúncia.

  • Ruslan Queiroz

    A temporada, ja começou ano passado com a TATURANA, mas não pode cair no ESQUECIMENTO. Imagine com varios anos de desvios, quanto MORRERAM nas filas dos Postos de Saude? e por ai vai. A TEMPORADA NAO PODE ACABAR! Abs!

  • mara

    Que bom que ainda temos pessoas que orientam e mostram soluçoes para tantas barbaridades politicas que ja estamos cansados de presenciar no nosso cotidiano.valeu o recado.

  • Catarina

    Sem maiores comentários!! Você acaba de conclamar o povo à mudar essa triste situação social de uma vez por todas. Que o seu apelo ecoe em nossas consciências na hora do voto!!

  • Edson Bezerra

    ….texto belo e mensagem contundente. Mais uma vez parabens pela ética e pelo brilhantismo das palavras….

  • eleitor inteligente

    Ricardo, parabéns p texto, é assim q se faz jornalismo: sério, imparcial,honesto e educativo. Vc fez a diferença neste processo eleitoral. Deu aula a alguns dos seus colegas, q procuraram confundir os eleitores, tornando-se um verdadeiro “cabo eleitoral” de um(a) determinado(a)candito(a).

  • manoel da silva

    Pra começar! Fim do Foro privilegiado para crimes comuns e da imunidade=impunidade e que gera + violência.A pátria é muito maior do que Taturanas, Gabirus, “REiNAN do Gado”, Gautama, mensalão.

  • Rodrigo Soares

    Ouso sugerir: Na era dos celulares com câmera, das câmeras digitais etc, o próprio cidadão, em vez de ligar para a Polícia, poderia ele mesmo produzir prova, para só então levar o caso ao conhecimento de tais órgãos. Os criminosos costumam agir rápido, e quando a polícia chega…

  • M ALMEIDA

    Além de fiscalizar o brasileiro tem que aprender a pressionar. De que adianta ligar pra uma dessas instituições e nada ser feito por elas? Definitivamente estamos imersos num mar de corrupção e de nenhum dos três poderes podemos esperar muita coisa. Estamos na lama…

  • Roberto Costa

    Importante esse chamamento. Existem coisas conquistadas que jamais serão doadas. A liberdade, a democracia, o direito de ter tendo a obrigação de ser são algumas delas. Só assim se fortalece as instituições. Todos somos responsáveis. Sem exceções.

  • W Silva

    Parabéns!Voce espelhou muito bem a realidade de nossa classe politica.A representatividade popular é uma verdadeira farsa.”Elegemos” um e empregamos o restante da família.Trata-se de um sistema falido, que merece ser repensado.

  • JOAQUIM JOSÉ

    Caro Ricardo, em Porto de Pedras os eleitores que querem eleger seus candidatos de forma democrática estão preocupados com a imparcialidade do Juiz Eleitoral, que é ligado intrisecamente ao atual Prefeito. É o momento de o TRE, diante das denúncias, designar um Juiz isento para a 33ª Zona.

  • Gilvan Mata

    Copiei o texto e já enviei para uma dezenas de amigos. Parabéns Ricardo!!

  • João Julio da Silva

    Caro Ricardo Mota, infelizmente em Alagoas e pricipalmente na capital esse expediente não funciona, por que os orgão fiscalizadores colocam uma vedação sobre os olhos e deixa correr a vontade, se quer pegar os compradores de votos de uma passada aqui no Trapiche.

  • Rubens Gomes de Albuquerque

    É oportuna a qualificação do Superintendente da Policia Federal, o Dr. Pinto de Luna que pode-se também denominar de “bandidos sociais”. Agora cabe a população ir começando a deixar de ser besta e exercer a sua cidadania de forma exemplar.

  • Rubens Gomes de Albuquerque

    muito pertinente seus comentários, esse vendedores de ilusões sómente irão diminuir de quantidade quando a populaçao começar a ter vergonha na cara e deixar de ser besta.Enquanto isto não acontecer a safadeza vai continuar.

  • Rubens Gomes de Albuquerque

    O homem de bem não tem chance de ser politico. Fazer politica neste país é missão de “bandidos sociais”, e o pior a população acredita. Vejam aqui em nosso estado, dezenas de candidatos indiciados em processos na Policia Federal e não estão nem aí.E os eleitores votam neles.Que vergonha!.

  • ESPERANÇA

    NÃO VOTEM EM INDÍCIADOS. NÃO VOTE EM QUEM RECEBE APOIO DE INDÍCIADOS. A PROXIMA VÍTIMA PODE SER VOCÊ.

  • jobson

    Vamos lutar para acabar com a imunidade parlamentar,deixar claro, a imunidade é apenas para expressão,e não para matar e roubar.Na hora de votar, analise bem o candidato, veja se estar ligado aos foras da lei, os verdadeiros bandidos.

  • Elisa

    O PIOR DE TUDO É QUANDO OS CAÇADORES VIRAM QUASE A UNANIMIDADE. DÁ UMA TRISTEZA ARRETADA DE VER QUE AQUELES QUE AGEM COM CORREÇÃO E ÉTICA SÃO PUNIDOS EXATAMENTE POR ISSO. MAS, UM DIA A CASA CAI, QUANTO MAIS ALTA A DISTÂNCIA, MAIOR É A QUEDA!

  • união e força

    BRASIL, PAÍS DA SUBJETIVIDADE, ATÉ A PRÓPRIA SOCIEDADE BRASILEIRA É SUBJETIVA, POIS MUITOS GOSTAM DA CORRUPÇÃO, NÃO GOSTAM DE OBSERVAR AS LEIS! O QUE EXISTE É UMA MÁSCARA NA CARA OU NO ROSTO DA NOSSA SOCIEDADE. NÃO EXISTE DEMOCRACIA NEM LIBERDADE, É TUDO DA BOCA PARA FORA! VIVA O AZULÃO!

  • elivaldo

    Ricardo, Sapucaia, Barenco, Luna, Helóisa… Quem destes eleitos para a cãmara pode ser incluído nesta listagem? quem serão, verdadeiramente, oposição a eventuais “perdas de verbas sociais federais” do prefeito?????

  • lucas guilherme

    ricardo manda um abraço pra dona quiteria [minha mãe]em rio largo