A emoção de estar no show da P!nk, o melhor do Rock in Rio 2019 – Popzeira

Ainda não consegui superar o impacto que foi o show e a presença da P!nk no Rock in Rio, um dos maiores festivais de música do mundo, que encerrou a edição de 2019 no último fim de semana.

Estive presente no dia mais agitado da edição que também contou com Anitta, Black Eyed Peas, Charlie Puth, Ludmilla, Duda Beat, Lexa, Ana Vitória e Saulo – e posso dizer com tranquilidade que a dona de “So What” fez o melhor show do festival em muito tempo.

Com suas músicas inspiradoras e de muita autoestima, a artista emocionou os espectadores presentes (onde muitos só conheciam seus principais hits) e os hipnotizou com suas performances circenses e lúdicas.

Um dos pontos altos da apresentação foi o encerramento, quando, presa em cabos de aço, P!nk flutuou boa parte do Parque Olímpico dando piruetas e se aproximando de fãs eufóricos. Devo dizer que o que foi transmitido na TV não foi nem 10% da energia que se sentia estando lá.

Outro momento foi durante a apresentação de “Perfect” (ou “Fucking Perfect”), uma das suas principais músicas sobre força e autoestima. Enquanto ela cantava, pude ver um jovem emocionado, que logo descobri ter autismo, ser abraçado por seus amigos um por um, seguido de um forte e demorado abraço coletivo.

Foi um show carregado de emoções e deslumbramentos. Tiveram músicas para se dançar mostrando nosso lado louco, a exemplo de “Hustle”, sofrer como em “Try” e soltar toda energia como em “Raise Your Glass”.

Atualmente não há comentários.