WhatsApp testa novo recurso que pode ‘bloquear’ fake news em grupos – Planeta Tera

Depois de muitos novos recursos que buscam acabar com a chamada “indústria das fake news”, finalmente o WhatsApp anunciou algo que pode ser afetar significativamente o compartilhamento de spam e fake news no aplicativo. Em breve, os administradores dos grupos poderão bloquear o envio de mensagens encaminhadas frequentemente.

“Como isso vai funcionar”, você pergunta. Simples: há algumas semanas, descobrimos que o app começou a contar e identificar mensagens encaminhadas frequentemente, o que já dará aos usuários um alerta de que o conteúdo pode ser spam (mensagens compartilhadas em massa, geralmente não solicitadas) e/ou fake news (notícias falsas). Agora, o WABetaInfo noticiou que um recurso encontrado na versão beta 2.19.97 (Android) permitirá aos admins bloquear mensagens deste tipo em seus grupos.

Opção estará disponível em breve (Foto: Reprodução/WABetaInfo)

Ao entrar nas configurações de um grupo, será possível ver a opção [Mensagens frequentemente encaminhadas], sendo possível permitir ou não o envio. Se você administra um grupo em que as pessoas não costumam compartilhar conteúdo duvidoso, não há motivo para ativar o bloqueio, porque isso também pode terminar bloqueando memes ou áudios engraçados, por exemplo.

Infelizmente, esta ainda não é a ferramenta definitiva no combate às fake news, já que há uma forma de burlar o bloqueio (copiando o texto e mandando como uma nova mensagem, ao invés de encaminhar), mas com este novo recurso, o WhatsApp mantém a liberdade de decisão (e controle) com os usuários, fechando cada vez mais o cerco.

Novo seletor de áudio

Se você já está usando a versão beta 2.19.89, pode conferir o novo sistema de envio de áudios. Agora, ao selecionar o envio de áudios, a nova interface permite ouvi-los antes de mandar, e também selecionar vários. Confira o visual:

Atualmente não há comentários.