Se você tem uma linha telefônica pré-paga (das que é necessário “colocar créditos”) e tem alguma pendência cadastral, tem até o dia 18 de novembro para fazer o recadastramento e atualização de dados e evitar o bloqueio do serviço. A medida é parte do do projeto da Anatel para a criação de um cadastro nacional de usuários de telefonia celular pré-paga.

Evite bloqueio da sua linha (Foto: Reprodução/EBC)

A ideia em si parece invasiva (e provavelmente é), mas infelizmente não há alternativa. Quem quiser manter seu número terá que fazer o recadastramento. Esta é a última etapa do processo, e é válida para os estados de Alagoas, Amazonas, Amapá, Bahia, Ceará, Espírito Santo, Maranhão, Piauí, Rio Grande do Norte, Pará, Paraíba, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Roraima, Sergipe e São Paulo. Nos demais estados, o prazo foi encerrado no dia 15 de outubro.

É possível fazer o recadastro através da internet ou de ligação telefônica, e as próprias operadoras deverão entrar em contato através de SMS ou ligações. Caso queira garantir se está tudo OK, confira os links e números abaixo:

Algar – 1055
Claro – 1052
Oi – *144
Sercomtel – 1051
TIM – *144
Vivo – *8486

De acordo com a Agência Brasil, todos os dados serão reunidos em um site, a ser disponibilizado pela Anatel a partir de janeiro de 2020. Através do CPF, será possível consultar todas as linhas ativas e identificar eventuais fraudes.

 

Atualmente não há comentários.