Se você (assim como eu) nunca ouviu falar no cantor Project Youngin, é bem provável que veja o nome dele nas manchetes nos próximos dias. O rapper americano virou notícia recentemente após ser “baleado” durante uma live no Instagram. No vídeo, Youngin contava dinheiro enquanto anunciava seu próximo lançamento, “Thug Souljas”, quando é possível ouvir o som de tiros e o cantor deixa o celular cair.

Pois bem. Eis que um novo vídeo foi postado nas redes sociais, mostrando a cena do suposto ataque com a narração de Youngin: “Na vida, dizem que você não é uma lenda até que você vá embora. As pessoas realmente não amam você ou mostram apoio real até que você morra ou esteja na prisão. Isso tem que parar”. Em seguida, o rapper aparece sendo baleado, e – ACREDITE SE QUISER – ressurgindo do além para cantar no meio de um cemitério.

Na música, Youngin fala dos vários amigos que morreram em confrontos entre grupos rivais, um tema muito recorrente no rap americano (vide a disputa entre a Costa Oeste e a Costa Leste, exemplificados pelas trágicas mortes de Tupac Shakur e Notorious B.I.G., fato que virou tema de um documentário da Netflix). A relação que o cantor faz entre a morte e o sucesso também foi evidenciada pelo assassinato do rapper XXXTentacion, em junho. Morto com vários tiros enquanto saia de uma concessionária, o cantor “desconhecido” bateu o recorde de execuções de uma faixa em um único dia, com 10,4 milhões de reproduções da música “Sad!”, um dia depois de sua morte.

Confira o clipe de “Thug Souljas”:

Fonte: Rap+

Atualmente não há comentários.