Que os apps da “família Zuckerberg” – Facebook, Instagram e WhatsApp – estão fora do ar, você já sabe. O que ainda não se sabe é a causa oficial para a pane que deixou muita gente desesperada. Instáveis desde o início da tarde, as redes sociais estão sendo alvos de várias teorias.

Apps estão instáveis há horas (Foto: Reprodução/TVNZ)

Rapidamente, os usuários começaram a compartilhar mensagens, afirmando que a queda dos serviços teria sido resultado do ataque em uma escola de Suzano, e que a polícia estaria investigando as redes sociais – o que não faz sentido algum, até porque o problema está ocorrendo em vários lugares do mundo.

No Twitter, o Facebook se limitou a dizer que está ciente de que algumas pessoas estão tendo problemas para acessar os aplicativos, e que estão trabalhando para resolver a situação assim que possível. A rede social também negou a existência de um ciberataque: “confirmamos que o problema não está relacionado a um ataque DDoS (distributed denial of service)”.

Ao tentar logar no Facebook, é possível ver uma mensagem que fala sobre uma manutenção obrigatória. “No momento, o Facebook está fora do ar para uma manutenção obrigatória, mas deve voltar em alguns minutos.”

Uma suposição que, ao meu ver, faz mais sentido é de que a queda tenha ligação com o fato de a empresa Zuckerberg estar integrando os serviços de mensagens dos três apps, o que vai permitir que os usuários conversem entre si utilizando os directs do Instagram, o Messenger e o WhatsApp.

  • Joan

    Facebook pode não reconhecer, mas que parece um ataque DDoS, parece 😉

  • Kouishi

    Zuckerberg está criando uma criptomoeda própria pra os apps dele, pode ter a ver.

    • Bruno Felix

      Verdade! Bem observado, Kouishi. Tudo é possível, se tratando de Zuckerberg.

Deixe uma resposta Bruno Felix
Cancelar reply